Results for EDUCAÇÃO

Governo Repudia Reportagem Sobre Planos de Cobrar Mensalidade em Universidades Federais

MInistro da Fazenda, Fernando HaddadMInistro da Fazenda, Fernando Haddad (Foto: REUTERS/Carla Carniel)

O Ministério da Fazenda informou nesta segunda-feira (8) que a pasta "jamais" analisou a possibilidade de cobrar mensalidades em universidades públicas. A pasta divulgou uma nota para desmentir a reportagem “Governo cogita cobrar de alunos ricos em federais e mudar Fundeb para ajustar contas”, da Folha de S.Paulo

"Tais iniciativas jamais estiveram entre as medidas em análise pela pasta. O Ministério ressalta que não foi procurado pelo jornal, o que impediu uma manifestação oficial antes da publicação", diz a nota da pasta comandada por Fernando Haddad. 

O perfil da Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência da Presidência da República divulgou a nota nas redes sociais. "O governo federal não cogita cobrar mensalidade de qualquer aluno de universidades federais", destaca a postagem. 

 

 

#Fonte: Brasil247

Governo Repudia Reportagem Sobre Planos de Cobrar Mensalidade em Universidades Federais Governo Repudia Reportagem Sobre Planos de Cobrar Mensalidade em Universidades Federais Reviewed by CanguaretamaDeFato on 8.7.24 Rating: 5

SEEC Cria Projeto Se Liga no Enem para Aumentar Índices de Aprendizagem no RN

A Secretaria de Estado da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SEEC) instituiu, por meio da Portaria SEI n° 1796, de 13 de junho de 2024, o Projeto Se Liga no Enem com o objetivo de aumentar os índices de aprendizagem dos estudantes do Rio Grande do Norte. As informações constam no Diário Oficial do Estado.

Outro ponto que a secretaria planeja alcançar é a estabilidade dos alunos no projeto. Além disso, a ação pretende intensificar ações pedagógicas para fortalecer a participação dos estudantes no ENEM com aulas por vídeo.

O projeto será coordenado pela Subcoordenadoria de Ensino Médio (SUEM). Esta deve promover grupos de trabalho de acordos com a demanda da iniciativa. A equipe pedagógica do projeto será selecionada ou indicada pela coordenação.

 

 

#Fonte: Agorarn

SEEC Cria Projeto Se Liga no Enem para Aumentar Índices de Aprendizagem no RN SEEC Cria Projeto Se Liga no Enem para Aumentar Índices de Aprendizagem no RN Reviewed by CanguaretamaDeFato on 4.7.24 Rating: 5

Professores Universitários Retomam Atividades Após 70 Dias de Greve

Professores de universidades e de institutos federais de educação e governo federal começam, a partir desta quarta-feira (26), a retomar as atividades acadêmicas, encerrando cerca de 70 dias de greve. Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), as atividades acadêmicas serão normalizadas até o dia 3 de julho.

De acordo com o comando, a assinatura do acordo de fim do movimento, que estava marcada para hoje. foi adiada para amanhã (27) a pedido da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas (Fasubra). A solicitação visa dar tempo para a realização da assembleia que deverá confirmar a saída a dos técnicos administrativos da greve.

A presidente da Associação dos docentes da Universidade de Brasília (Adunb), Eliene Novaes, informou à Agência Brasil que as aulas foram retomadas hoje com um “intenso debate sobre o calendário acadêmico”, bem como sobre o resultado do movimento que, segundo a entidade, traz ganhos para os professores e avanço na reposição salarial.

“O governo apresentou uma proposta de reposição salarial de 9% a partir de janeiro de 2026, e de de 3,5% a partir de abril de 2026, além da reposição dos níveis da carreira. Além desses pontos, temos outros ganhos que são resultados dessa greve. São pontos que dizem respeito à reestruturação da carreira, a direito dos aposentados, a direito de progressão e promoção docente”, disse a representante dos professores da UnB.
Cronograma

A definição do cronograma para retorno pleno das atividades, durante a reunião do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UnB, está prevista para quinta-feira (27) à tarde. “Vamos reestruturar toda a programação de compensação de aulas de reposição das aulas durante o período de greve. Esse calendário é fundamental para assegurarmos, a estudantes e professores, todo direito ao ensino e às ações desenvolvidas”, explicou a dirigente.

A proposta apresentada pelo governo - acatada pelo comando nacional de greve - foi a de reajuste zero em 2024, devido às limitações orçamentárias. Para compensar, foi oferecida uma elevação do reajuste linear de 9,2% para 12,8% até 2026,, sendo 9% em janeiro de 2025 e 3,5% em maio de 2026.

A Adunb informa que a recomposição orçamentária das universidades federais é apenas uma das demandas do movimento paredista. A entidade tem criticado a defasagem nos orçamentos e a intervenção no pleno funcionamento das universidades. 
 
 
 
#Fonte: AgenciaBrasil
Professores Universitários Retomam Atividades Após 70 Dias de Greve Professores Universitários Retomam Atividades Após 70 Dias de Greve Reviewed by CanguaretamaDeFato on 26.6.24 Rating: 5

Professores de Universidades e Instituições Federais Encerram Greve

Professores e técnicos administrativos das universidades e institutos federais estavam em greve desde abril. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Professores e técnicos administrativos das universidades e institutos federais estavam em greve desde abril. Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Professores de universidades e de institutos federais de educação e governo federal chegaram a um acordo, encerrando a greve iniciada há cerca de 60 dias. O termo de acordo foi fechado no nesse domingo 23 e será assinado na quarta-feira 26.

Segundo o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), o fim da greve se inicia nesta segunda-feira 24, devendo se consolidar plenamente até 3 de julho.

 

 

“Reunido em Brasília neste fim de semana, o Comando Nacional de Greve informa que, finalizada a sistematização dos resultados deliberados nas assembleias da base nos estados entre os dias 17 e 21 de junho, a categoria docente definiu pela assinatura do termo de acordo apresentado pelo governo, a ser realizada em 26 de junho, bem como pela saída unificada da greve a partir de tal data, até 3 de julho”, informou, em nota, o Andes.

Avanços

Em comunicado, a entidade diz que, apesar de as propostas apresentadas pelo governo não atenderem “adequadamente ao conteúdo de nossas justas demandas”, o movimento será encerrado. No entanto, acrescenta, os termos “refletem avanços que só foram possíveis graças à força do movimento paredista. Para além do que já conquistamos, nos últimos retornos que tivemos do governo federal, a conjuntura aponta para os limites desse processo negocial”.

O Andes acrescentou que a greve “alcançou seu limite e que estamos no momento de seguir a luta por outras frentes”, acrescentou.

A proposta apresentada pelo governo – acatada pelo Comando Nacional de Greve – foi a de reajuste zero em 2024, devido às limitações orçamentárias. Para compensar, foi oferecida uma elevação do reajuste linear, até 2026, de 9,2% para 12,8%, sendo 9% em janeiro de 2025 e 3,5% em maio de 2026.

 

 

 

#Fonte: Agorarn

Professores de Universidades e Instituições Federais Encerram Greve Professores de Universidades e Instituições Federais Encerram Greve Reviewed by CanguaretamaDeFato on 24.6.24 Rating: 5

Professores se Reúnem com Reitor da UFRN para Discutir Volta ao Trabalho

UFRN Reitoria Foto Reprodução

Novas reuniões devem acontecer na próxima semana para discutir reposição. Foto: Reprodução

A diretoria do ADURN-Sindicato comunicou à Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sobre a decisão dos docentes pelo encerramento da greve da categoria. O ofício foi entregue ao reitor José Daniel Diniz, nesta sexta-feira 21.

O encerramento da greve foi decidido por meio de plebiscito eletrônico realizado nos dias 19 e 20 de junho pelo site do ADURN-Sindicato. Nele, foi registrada a participação de 1.760 docentes, dos quais 61,48% votaram pelo retorno das atividades, 36,59% pela continuidade do movimento grevista e 1,93% se abstiveram.

No documento entregue à Reitoria, o sindicato solicitou que seja oportunizado momento de negociação para reposição das horas não trabalhadas no período de greve. Após a entrega do ofício, a direção do sindicato e membros do seu Conselho de Representantes se reuniram com a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGESP/UFRN), Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD/UFRN) e representações estudantis.

Na ocasião, foi discutida a viabilidade do retorno das aulas na universidade, tendo em vista as especificidades de cada curso e, sobretudo, dos(as) estudantes. Após um amplo debate, foi decidido, portanto, que a reitoria enviará um comunicado na próxima segunda-feira 24, acerca deste retorno gradual das atividades. A previsão ainda é de que o ADURN-Sindicato se reúna novamente com as pró-reitorias na segunda, 24.

Nesse sentido, a UFRN fará o reajuste no calendário acadêmico, com a ampliação do primeiro período letivo, para possibilitar o cumprimento da carga horária dos componentes curriculares.

Consequentemente, como o período 2024.1 estava, inicialmente, previsto para ser finalizado em 6 de julho, novos prazos serão estabelecidos, após a realização de uma análise técnica e a deliberação pelo Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (Consepe).

Com o compromisso de negociar e acolher soluções que beneficiam e melhoram a carreira docente, o PROIFES-Federação aceitou a proposta aditiva apresentada pelo Ministério da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, que antecipa o reajuste previsto para maio de 2026, para abril do mesmo ano.

 

 

#Fonte: Agorarn

Professores se Reúnem com Reitor da UFRN para Discutir Volta ao Trabalho Professores se Reúnem com Reitor da UFRN para Discutir Volta ao Trabalho Reviewed by CanguaretamaDeFato on 22.6.24 Rating: 5

Educação em Tempo Integral Vai Fortalecer Desenvolvimento Social de Alunos no RN, Dizem especialistas

TIAEntre outros pontos, especialistas indicam que ensino em tempo integral trará impactos positivos para os estudantes, como a ocorrência de um contato maior com os professores - Foto: Reprodução

Com a sanção da lei que estabelece a Política de Educação em Tempo Integral na rede estadual de ensino, as escolas devem ter jornada escolar ampliada no Rio Grande do Norte.

Professora do Centro de Educação (CE) da UFRN e membro do Comitê Territorial de Educação Integral do Estado, Rute Alves conta que a Lei 11.804/2024 tem a perspectiva de ampliar a estrutura curricular das escolas com o objetivo de proporcionar um desenvolvimento integral dos alunos. “Para isso faz-se necessário considerar as diferentes dimensões dos sujeitos, ou seja, as dimensões artística, cognitiva, cultural, emocional, física e política. A educação escolar deve favorecer o respeito às diferenças, o desenvolvimento da autonomia e o protagonismo estudantil”, disse.

Para Rute, o ensino em tempo integral também influencia no desenvolvimento social dos estudantes e auxilia para que eles possam ter um maior alcance das potencialidades de cada aluno, além de promover a inclusão de estudantes com deficiência. “A formação humana, em seu sentido pleno, trabalha a construção de uma sociedade mais consciente na direção da responsabilidade e sustentabilidade de forma ampla, a compreensão sobre seus direitos e papel social”, completou.

No entanto, com a medida também existem possíveis dificuldades a serem enfrentadas pelos professores e escolas da rede pública. Rute Alves cita, entre eles, o desafio estrutural das instituições de ensino. “As escolas não foram construídas para atender turno único e também vejo a dimensão formativa, pois a concepção de educação na perspectiva integral ainda é carente de discussão e aprofundamento nos currículos acadêmicos e, consequentemente, na prática educativa”, afirmou.

Ela destaca que é essencial ter uma melhoria de condições estruturais das escolas, bem como promover a formação adequada de gestores e educadores que atuam na comunidade escolar. “Ampliar o tempo de permanência dos estudantes na escola não significa manter os alunos por sete, oito horas presos em salas de aulas, mas possibilitar as trocas e interações com os territórios. As parcerias intersetoriais e o uso do território são estratégias importantes para o desenvolvimento de uma educação inclusiva e humanizadora”, finalizou.

Professor da rede estadual de ensino e membro titular da comissão que redigiu a minuta de Lei das Escolas de Tempo Integral no estado, Hemerson Medeiros afirma que um outro desafio para que as escolas tenham jornada ampliada é o financiamento direto, que leva em consideração a quantidade de alunos na escola. “Em uma escola integral, o número de estudantes é mais reduzido do que uma escola regular, levando a um subfinanciamento ao longo dos anos, gerando sucateamento das estruturas escolares e dificuldade nas manutenções de capital e custeio”.

Hemerson defende, no entanto, que os impactos serão positivos para os estudantes, que poderão ter um contato maior com os professores. “Oportuniza também uma maior interação entre os próprios estudantes, favorecendo estudos em grupos, projetos, clubes e afins. Uma maior interação e integração na escola permite ao jovem uma maior vivência, não só em sala de aula, mas nos diversos espaços de convivência que, o tempo maior na escola, oportuniza. A escola integral também trabalha com a expectativa do jovem autônomo”, declarou.

Ele disse, ainda, que o governo estadual garantiu que haverá fomento por parte do governo federal e argumentou que os recursos devem ser “melhor gerenciados para que se cheguem com mais celeridade nas escolas para garantir melhorias na infraestrutura, no financiamento direto e na formação continuada de toda a equipe escolar”.

 

 

 

#Fonte: Agorarn

Educação em Tempo Integral Vai Fortalecer Desenvolvimento Social de Alunos no RN, Dizem especialistas Educação em Tempo Integral Vai Fortalecer Desenvolvimento Social de Alunos no RN, Dizem especialistas Reviewed by CanguaretamaDeFato on 21.6.24 Rating: 5

Professores Universitários em Greve Avaliam Proposta do Governo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que o governo federal vai investir em melhorias na infraestrutura de todas universidades federais / Foto: Agência BrasilO presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que o governo federal vai investir em melhorias na infraestrutura de todas universidades federais / Foto: Agência Brasil


O comando nacional da greve dos professores universitários, ligado ao Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes), solicitou que os docentes façam assembleias locais até sexta-feira 21 para avaliação das propostas apresentadas pelo governo federal à categoria.

Em formulário encaminhado às seções sindicais, secretarias regionais e aos comandos locais de greve, o Andes indaga se os professores devem “assinar, ou não”, as proposições do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) e pelo Ministério da Educação; e se a categoria deve “continuar a greve ou construir sua saída coletiva” junto ao sindicato.

O formulário tem que ser respondido até o meio-dia da próxima sexta-feira. As respostas irão subsidiar a reunião do comando nacional de greve que ocorrerá no fim de semana em Brasília. Segundo o sindicato, a greve iniciada em abril ocorre em 64 das 69 universidades

Em texto encaminhado aos professores, o comando informa os pontos da proposta do governo para a categoria: recomposição parcial do orçamento das universidades e institutos federais; implementação de reajuste de benefícios (auxílio-alimentação, auxílio-saúde suplementar e auxílio-creche), “apesar de ainda não haver equiparação com os benefícios dos demais poderes”; e elevação do aumento linear oferecido até 2026 “de 9,2% para 12,8%, sendo 9% em janeiro de 2025 e 3,5% em maio de 2026”.
Proposta do governo

De acordo com o governo, com o reajuste linear de 9% concedido ao funcionalismo federal em 2023, o aumento total ficará entre 23% e 43% no acumulado de quatro anos. O MGI ressaltou que o governo melhorou a oferta em todos os cenários e que os professores terão aumento acima da inflação estimada em 15% entre 2023 e 2026.

A proposta anterior previa reajuste zero em 2024, 9% em 2025 e 3,5% em 2026. Somado ao reajuste linear de 9% concedido ao funcionalismo federal no ano passado, o aumento total chegaria a 21,5% no acumulado de quatro anos.

No final de maio, o MGI informou ter apresentado a proposta final e considerava “encerrada” a negociação de ajuste salarial, mas informava, no entanto, que “o governo permanecia aberto para diálogo sobre pautas não salariais”. Também naquele mês, o MEC recompôs o orçamento para a educação superior estabelecendo mais recursos para custeio de despesas: R$ 279,2 milhões para universidades e R$ 120,7 milhões para institutos federais.

Na última sexta-feira, o Ministério da Educação se comprometeu a revogar, após o término da greve, a Portaria 983, de novembro de 2020 – que elevou a carga horária mínima semanal dos docentes.

Também na semana passada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que o governo federal vai investir em melhorias na infraestrutura de todas universidades federais (R$ 3,17 bilhões), hospitais universitários (R$ 1,75 bilhão) e na criação de dez novos campi nas cinco regiões do país (R$ 600 bilhões). O total é de R$ 5,5 bilhões do novo PAC.
 
 
#Fonte: AgenciaBrasil
Professores Universitários em Greve Avaliam Proposta do Governo Professores Universitários em Greve Avaliam Proposta do Governo Reviewed by CanguaretamaDeFato on 18.6.24 Rating: 5

Enem 2024 recebe mais de 5 milhões de inscritos e supera marca da edição anterior


Foto: Ilustraticva/Reprodução

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 recebeu 5.055.699 inscrições, um aumento de 8% em relação à edição do ano passado. A informação foi confirmada pelo ministro da Educação, Camilo Santana, neste sábado. As inscrições encerram na sexta-feira e a prova será aplicada nos dias 3 e 10 de novembro.

Além disso, o ministro também informou que a partir das 9h deste domingo, as inscrições para os estudantes do Rio Grande do Sul serão reabertas, por conta da calamidade pública no estado em decorrência das enchentes. O sistema ficará aberto entre 16 e 21 de junho.

O Ministério da Educação (MEC) ainda estuda um novo calendário para esse público, que também terá a isenção da taxa de inscrição garantida. A gratuidade da taxa é válida, inclusive, caso o estudante tenha tido a justificativa de ausência reprovada na edição de 2023.

O ministro da Educação informou que a avaliação sobre possíveis mudanças na data de aplicação serão feitas oportunamente, a depender da evolução da situação da região.

Calendário do Enem 2024

  • Inscrições: de 27/5 a 14/6/2024
  • Pagamento da taxa de inscrição: de 27/5 a 12/6/2024
  • Pedido de tratamento pelo nome social: de 27/5 a 7/6/2024
  • Solicitação de atendimento especializado: de 27/5 a 7/6/2024
  • Resultado das solicitações de atendimento especializado: 17/6/2024
  • Recurso para pedidos negados: de 17/6 a 21/6/2024
  • Resultado do recurso: 27/6/2024
  • Divulgação dos locais de prova: data a ser marcada
  • Aplicação do Enem: 3 e 10/11/2024
  • Divulgação do gabarito: 20/11/2024
  • Divulgação do resultado: 13/1/2025




#Fonte: O Globo

Enem 2024 recebe mais de 5 milhões de inscritos e supera marca da edição anterior Enem 2024 recebe mais de 5 milhões de inscritos e supera marca da edição anterior Reviewed by CanguaretamaDeFato on 15.6.24 Rating: 5

Ufersa Publica Novo Edital de Concurso Público para Servidores Técnicos

ufersa Foto: Eduardo Mendonça

Inscrições vão acontecer no período de 24 de junho a 6 de agosto. Foto: Eduardo Mendonça

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) divulga nesta sexta-feira 14 mais um concurso para servidores técnico-administrativos. Desta vez são 10 vagas, sendo 4 para nível médio, na categoria técnico de enfermagem e, 6 vagas para nível superior, distribuído nas categorias: Engenheiro Agrônomo, Economista, Nutricionista, Médico Veterinário, Bibliotecário e, Técnico em Assuntos Educacionais.

As inscrições vão acontecer no período de 24 de junho a 6 de agosto, no site da Comperve (https://comperve.ufrn.br/), empresa responsável pela realização do certame. As inscrições serão feitas no formato online, com o candidato acessando o site da Comperve. A taxa de inscrição é de R$ 60 para o nível médio e R$ 100 para o nível superior.

Para o cargo de nível médio (D) os vencimentos correspondem ao valor de R$ 2.667,19, acrescidos de vantagens, benefícios e adicionais previstos na Legislação. Já na categoria de nível superior (E), os vencimentos correspondem a R$ 4.556,92, acrescidos de vantagens, benefícios e adicionais previstos na Legislação.

Os candidatos que se inscreverem vão se submeter a prova escrita de Língua Portuguesa, com 10 questões; Legislação, também com 10 questões; Conhecimentos Específicos, com 30 questões e, uma Redação. As provas serão aplicadas no dia 15 de setembro.

 

 

#Fonte: Agorarn

Ufersa Publica Novo Edital de Concurso Público para Servidores Técnicos Ufersa Publica Novo Edital de Concurso Público para Servidores Técnicos Reviewed by CanguaretamaDeFato on 14.6.24 Rating: 5

Enem 2024: Prazo para Inscrições Termina na Sexta-feira (14)

Termina na próxima sexta-feira (14) o prazo para inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O Ministério da Educação pede aos candidatos que fiquem atentos ao cronograma que foi alterado, de forma a ajustar datas, de forma a garantir a participação dos estudantes do Rio Grande do Sul, prejudicados pelas enchentes que, desde o final de abril, atingem o estado.

Para se inscrever, os estudantes devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro na conta gov.br. A taxa de inscrição é de R$ 85, e deve ser paga até 19 de junho. O Inep aplicará as provas em 3 e 10 de novembro, nas 27 unidades federativas.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as solicitações de atendimento especializado e tratamento por nome social também vão até 14 de junho.

“Com essa decisão, nós queremos ampliar ainda mais as oportunidades para que os jovens façam o Enem, que é a porta de entrada para a graduação. Estudantes do Rio Grande do Sul e de todo o Brasil agora têm mais uma semana para se inscrever, pela Página do Participante. Quem está concluindo o ensino médio em escola pública não paga taxa de inscrição”, informou, por meio de nota, o ministro da Educação, Camilo Santana.

O Ministério da Educação divulgou balanço contabilizando que praticamente 100% dos concluintes do ensino médio da rede pública estão inscritos no Enem em estados como Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

No Rio Grande do Sul, embora a rede de ensino ainda esteja em recuperação das enchentes, mais de 70% dos formandos da rede pública estão inscritos, segundo o MEC.
Enem

Criado em 1998, o Enem avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica e também é a principal porta de entrada para a educação superior no país.

Os resultados da avaliação podem ser usados para acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e ao Programa Universidade para Todos (ProUni) e também são aceitos em instituições privadas e de outros países de língua portuguesa que tenham acordo com o Brasil.

Os estudantes que não concluíram o ensino médio também podem participar na condição de treineiros, para autoavaliação nos anos anteriores ao término da educação básica.








#Fonte: AgenciaBrasil
Enem 2024: Prazo para Inscrições Termina na Sexta-feira (14) Enem 2024: Prazo para Inscrições Termina na Sexta-feira (14) Reviewed by CanguaretamaDeFato on 13.6.24 Rating: 5

Em nova assembleia, servidores técnico-administrativos da UFRN decidem manter greve; paralisação iniciou em 14 de março

oto: divulgação/Sintest

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) decidiram, em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (12), continuar a greve.

A decisão foi tomada após a avaliação da proposta apresentada pelo Ministério da Educação na terça-feira (11) para a reestruturação da carreira dos técnicos das instituições de ensino superior.

A proposta mantém a política de não conceder aumento em 2024, com reajustes previstos de 9% em janeiro de 2025 e 5% em abril de 2026. Além disso, o tempo de progressão será reduzido de 18 para 12 meses, com aceleração a cada cinco anos, permitindo que um servidor chegue ao topo da carreira em 15 anos.

Os servidores técnico-administrativos defendem que o reajuste seja iniciado a partir deste ano. A greve da categoria foi deflagrada em 14 de março. Além dos técnicos, os docentes da UFRN também estão paralisados. A suspensão das aulas foi iniciada em 3 de abril.

O movimento é organizado pelo Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação do Ensino Superior do Rio Grande do Norte (Sintest). Uma nova assembleia está marcada para a próxima quarta-feira (19), às 9h, no auditório da Reitoria da UFRN.





#Fonte: Novo Notícias

Em nova assembleia, servidores técnico-administrativos da UFRN decidem manter greve; paralisação iniciou em 14 de março Em nova assembleia, servidores técnico-administrativos da UFRN decidem manter greve; paralisação iniciou em 14 de março Reviewed by CanguaretamaDeFato on 12.6.24 Rating: 5

Com Professores em Greve, Ufersa Suspende Calendário Acadêmico

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) suspendeu o calendário acadêmico dos cursos de graduação, a partir desta segunda-feira (10). A decisão foi tomada durante reunião extraordinária do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe).

Na última terça-feira (4), os professores da instituição aprovaram a greve geral, em maioria por 195 votos, contra 94, ainda foram contabilizadas sete abstenções, durante a assembleia.

Também foi definido pelo Consepe a manutenção do calendário acadêmico dos cursos de pós-graduação e também pela manutenção do calendário do internato de medicina. Em relação ao funcionamento da biblioteca, atendendo uma sugestão da direção do Sistema de Biblioteca da Ufersa, o funcionamento ficará restrito a sala de estudos, que funcionará em horário especial: de segunda a sexta-feira, no horário das 7h da manhã às 22h, e no sábado, das 7h às 12h.

Sobre à suspensão do funcionamento dos restaurantes universitários, a Ufersa comunicou que a decisão será tomada após reunião com a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proae). 

 

 

 

#Fonte: Tribunadonorte

Com Professores em Greve, Ufersa Suspende Calendário Acadêmico Com Professores em Greve, Ufersa Suspende Calendário Acadêmico Reviewed by CanguaretamaDeFato on 11.6.24 Rating: 5

MEC Suspende Criação de Cursos a Distância até 2025 e Fixa Prazo Para Criar Novas Regras; Veja


O ex-governador do Ceará e atual ministro da Educação Camilo Santana - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Medida foi divulgada por meio da portaria 528, publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), na sexta-feira 7, e assinada pelo ministro Camilo Santana (PT)

O Ministério da Educação (MEC) suspendeu a criação de novos cursos de graduação a distância, bem como criação de novas vagas e polos EaD (Ensino à Distância), até 10 de março de 2025.

A medida foi divulgada por meio da portaria 528, publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), na sexta-feira 7, e assinada pelo ministro Camilo Santana (PT).
O MEC faz uma revisão do marco regulatório da educação a distância, o que irá prever novos referenciais de qualidade para oferta de graduação remotas. O prazo para esse trabalho é 31 de dezembro de 2024.

Nos últimos anos, o EaD disparou no Brasil (são 4,3 milhões de alunos), como alternativa de cursos mais baratos e com potencial de atender a uma população que precisa conciliar trabalho e estudo.

Por outro lado, parte dessas graduações é alvo de questionamentos de especialistas diante da baixa qualidade, a estrutura precária para as classes remotas e de apoio ao aluno.

Outra crítica é a oferta limitada de experiências práticas, o que prejudica a formação dos novos profissionais. No mês passado, o MEC deu aval à nova regra que prevê pelo menos 50% de aulas presenciais para licenciaturas (cursos de formação de professores).

“Fica suspensa a criação de novos cursos de graduação na modalidade EaD, o aumento de vagas em cursos de graduação EaD e a criação de polos EaD por instituições do Sistema Federal de Ensino, inclusive por universidades e centros universitários, até 10 de março de 2025”, diz o artigo 4º da portaria.

O MEC ressalva, porém, que a “suspensão de que trata o caput não se aplica aos cursos de instituições públicas do Sistema Federal de Ensino vinculados a políticas e programas governamentais”.

Para a discussão sobre como os cursos a distância devem funcionar, o MEC afirma que vai reestabelecer, ainda em junho, um processo de reuniões com gestores, especialistas, conselhos federais e representantes das instituições de educação superior sobre a oferta de cursos a distância.

Hoje, a maioria dos ingressantes no ensino superior do país entram pela modalidade remota.

“A ideia é aprofundar o debate iniciado no ano passado. Além da avaliação sobre as possibilidades e condições de oferta de cursos específicos, o MEC pretende promover um processo de diálogo público sobre aspectos relevantes que irão orientar a revisão das atuais regras de credenciamento e autorização de cursos, formas de avaliação, parâmetros de qualidade e diretrizes da educação a distância”, diz a pasta em nota.

Durante o processo de reconstrução do marco regulatório, o MEC diz que vai retomar o também o andamento de processos que haviam sido suspensos pela portaria 2.041, de 29 de novembro de 2023, que, na ocasião, suspendeu o processo de autorização de cursos superiores EaD.

Essa retomada dos processos vai servir para cursos que já tenham sido avaliados, com exceção de Direito, Medicina, Odontologia, Psicologia e Enfermagem.

“Aqueles cursos ainda não foram visitados, terão de aguardar a revisão dos instumentos de avaliação, a serem elaborados já em consonância com o novo marco regulatório”, afirmou o MEC, em nota.
 
 
#Fonte: Agorarn
MEC Suspende Criação de Cursos a Distância até 2025 e Fixa Prazo Para Criar Novas Regras; Veja MEC Suspende Criação de Cursos a Distância até 2025 e Fixa Prazo Para Criar Novas Regras; Veja Reviewed by CanguaretamaDeFato on 9.6.24 Rating: 5

Estudante de escola pública do RN é aprovada em 13 faculdades estrangeiras aos 18 anos de idade

Foto: Arquivo pessoal

A estudante potiguar Maria Luiza Carlos Maia Cabral, de 18 anos de idade, foi aprovada em processos seletivos de 13 faculdades estrangeiras, além de ter passado também no vestibular para estudar na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Com as opções, a jovem decidiu fazer o curso de Engenharia Elétrica na University of North Florida (UNF), dos Estados Unidos. O ano letivo para a estudante começa no mês de agosto, data em que ela já precisa estar no novo país.

“Eu escolhi UNF por ser uma faculdade que me deu mais opções no âmbito financeiro. Além de ser uma faculdade muito bonita, é uma faculdade cheia de oportunidades. Eles me deram uma bolsa que me permite ir para lá”, explicou.

A estudante cursou o ensino médio no Centro Estadual de Educação Profissional Professora Lourdinha Guerra, de Parnamirim, mesma escola na qual atua um professor potiguar medalhista de ouro nas Olimpíadas de Matemática.

A escolha para atuar na área de Engenharia Elétrica se deu por influência do pai. A mãe, por sua vez, a influenciou a aprender inglês e a buscar estudar fora do país.

“O meu pai segue essa área de energias renováveis, de energia elétrica e automação residencial. E eu segui a área por causa do meu pai. Já a área de querer viajar, fazer faculdade fora, aprender o inglês foi por causa da minha mãe, que é professora de inglês no ensino público”, contou.

Durante os processos seletivos, a estudante precisou fazer provas, apresentar atividades extracurriculares realizadas na escola, ser recomendado por professores, além de pontuar com medalhas estudantis conquistadas e menções honrosas.

Em 2022, a estudante já havia ganho uma bolsa de intercâmbio com tudo pago para Houston, no Texas, onde passou um mês. Nesse tempo, chegou a visitar a Nasa. Esse período aumentou o interesse de estudar fora do Brasil.

“Eu sempre tive esse interesse de sair da bolha que eu vivia, poder conhecer outros lugares, pessoas diferentes, então eu, desde pequena, sempre tive essa influência de não querer ficar naquele ninho do pai e da mãe. Eles sempre me incentivaram a correr atrás e viver minha vida”, disse.

A tia Maria Diana contou que a sobrinha Maria Luiza sempre teve exemplos importantes de mulheres na família para acreditar no sonho.

“Nós somos oito mulheres que viemos do interior do estado, de Almino Afonso, e sempre acreditamos na nossa base familiar, em Deus e nos estudos. Maria Luiza sempre teve o exemplo muito forte em relação a isso” contou a tia.

“A gente vai sentir muita falta, mas é uma saudade de alegria, de saber que ela está realizando sonhos”, completou.

A jovem abriu uma rifa para arrecadar recursos para conseguir comprar a passagem e custear as primeiras despesas da viagem.

Fonte: G1 RN

Estudante de escola pública do RN é aprovada em 13 faculdades estrangeiras aos 18 anos de idade Estudante de escola pública do RN é aprovada em 13 faculdades estrangeiras aos 18 anos de idade Reviewed by CanguaretamaDeFato on 8.6.24 Rating: 5

Inscrições no Enem 2024 São Prorrogadas até 14 de Junho

As inscrições no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram prorrogadas até o dia 14 de junho, anunciou o ministro da Educação, Camilo Santana, nas redes sociais. Inicialmente, terminariam nessa sexta-feira (7).

O prazo já havia sido flexibilizado para os candidatos do Rio Grande do Sul, em razão do desastre climático que atinge o estado, mas foi agora ampliado para todo o Brasil. Para se inscrever, os estudantes devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro na conta gov.br.

“Estudantes do Rio Grande do Sul e de todo o Brasil agora têm mais uma semana para se inscrever pela Página do Participante”, escreveu Santana. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

A taxa de inscrição, no valor de R$ 85, poderá ser paga até o dia 12 de junho pelos estudantes não isentos. O pagamento pode ser feito por pix, cartão de crédito, débito, em conta corrente ou poupança e por boleto, emitido na Página do Participante, onde também consta o QR Code.

Os moradores do Rio Grande do Sul têm isenção desse valor. Os concluintes do ensino médio em escola pública também não pagam taxa de inscrição.

O Ministério da Educação divulgou balanço segundo o qual cerca de 100% dos concluintes do ensino médio da rede pública estão inscritos no Enem em estados como como Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

No Rio Grande do Sul, embora a rede de ensino ainda esteja em recuperação das enchentes, mais de 70% dos formandos da rede pública estão inscritos, segundo o MEC. A pasta não divulgou o número parcial de inscritos.
Enem

Criado em 1998, o Enem avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica e também é a principal porta de entrada para a educação superior no país.

Os resultados da avaliação podem ser usados para acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e ao Programa Universidade para Todos (ProUni) e também são aceitos em instituições privadas e de outros países de língua portuguesa que tenham acordo com o Brasil.

Os estudantes que não concluíram o ensino médio também podem participar na condição de treineiros, para autoavaliação nos anos anteriores ao término da educação básica.





#Fonte: AgenciaBrasil
Inscrições no Enem 2024 São Prorrogadas até 14 de Junho Inscrições no Enem 2024 São Prorrogadas até 14 de Junho Reviewed by CanguaretamaDeFato on 8.6.24 Rating: 5

Inscrições para o Enem 2024 terminam nesta Sexta-feira (7)

© Rafa Neddermeyer/Agência Brasil


Terminam na próxima sexta-feira (7) as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024. Interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar o cadastro na conta Gov.br. O prazo também vale para pedidos de atendimento especializado e tratamento por nome social. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

A taxa de inscrição custa R$ 85 e pode ser paga por boleto, pix, cartão de crédito e débito em conta corrente ou poupança até o dia 12 de junho. Os resultados de recursos sobre isenção da taxa foram divulgados no último dia 24, assim como de recursos que tratam das justificativas de ausência no Enem 2023 para candidatos que estavam isentos da taxa.
Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, em razão da situação de calamidade pública provocada pelas enchentes, a população terá um prazo extra para se inscrever no exame. Um calendário estendido ainda será divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Moradores de municípios gaúchos têm isenção da taxa de inscrição.
O exame

Criado em 1998, o Enem avalia o desempenho escolar dos estudantes ao término da educação básica. O exame é considerado como a principal porta de entrada para a educação superior no país.

Os resultados da prova podem ser usados para acesso ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e ao Programa Universidade para Todos (ProUni), além de serem aceitos em instituições privadas e de outros países de língua portuguesa que tenham acordo com o Brasil.

Estudantes que não concluíram o ensino médio podem participar do Enem na condição de treineiros, para autoavaliação nos anos anteriores ao término da educação básica. 
 
 
 
#Fonte: AgenciaBrasil
Inscrições para o Enem 2024 terminam nesta Sexta-feira (7) Inscrições para o Enem 2024 terminam nesta Sexta-feira (7) Reviewed by CanguaretamaDeFato on 5.6.24 Rating: 5

Servidores grevistas levam bolo e batem “parabéns” para marcar 2 meses de paralisação no IFRN; Veja Vídeo


Foto: Sinasefe / Reprodução

Servidores do câmpus Natal-Central do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) realizaram nesta segunda-feira (3) um ato para marcar os 60 dias da greve na instituição. Os servidores fizeram um piquete com aula pública na porta do câmpus, na Avenida Senador Salgado Filho.

categoria está em greve desde 3 de abril. O calendário acadêmico no IFRN está suspenso por causa da paralisação.

A atividade, que fez parte da programação do Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Federal, iniciou logo cedo com o Comando de Greve Unificado fechando os portões do câmpus e chamando a comunidade acadêmica para participar do ato em frente à unidade.

Após um café da manhã, o vereador e professor Robério Paulino (PSOL-Natal) ministrou uma aula pública sobre Orçamento Público. Logo em seguida, os servidores fizeram suas intervenções e finalizaram a atividade com os “parabéns” simbólicos com direito a bolo, para marcar os dois meses da greve.

A categoria pede reajuste salarial, recomposição do orçamento dos Institutos Federais, reestruturação das carreiras e revogação de medidas de educação aprovadas nos governos Michel Temer e Jair Bolsonaro.



#Fonte: Portal 98 FM

Servidores grevistas levam bolo e batem “parabéns” para marcar 2 meses de paralisação no IFRN; Veja Vídeo Servidores grevistas levam bolo e batem “parabéns” para marcar 2 meses de paralisação no IFRN; Veja Vídeo Reviewed by CanguaretamaDeFato on 4.6.24 Rating: 5

Com 225 Vagas para o RN, Senar Abrirá Seleção para Cursos Técnicos Gratuitos

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) inicia nesta segunda-feira (27) o edital para o Processo Seletivo da Formação Técnica EaD 2024.2. As inscrições vão até o dia 02 de julho.


Para o Rio Grande do Norte, há 225 vagas disponíveis para os cursos de Zootecnia e Agricultura. As aulas são ministradas à distância, com encontros presenciais nos polos de ensino, aos sábados. 

As vagas para o curso técnico em Zootecnia serão distribuídas nos polos de São Paulo do Potengi (25), Jucurutu (25), Santo Antônio (25), Apodi (25), Pau dos Ferros (25), Jardim do Seridó (25), Parnamirim (25) e Mossoró (25). Para o curso de Agricultura, serão disponibilizadas mais 25 vagas, também para o polo de Parnamirim.
Para realizar a inscrição, o candidato deverá acessar o site do Senar e-Tec (etec.senar.org.br), acessar o menu “Processo Seletivo”, selecionar o submenu “Cursos a Distância” e ler o edital completo. Após isso, o candidato deverá escolher apenas um curso técnico e um polo presencial.

Tanto as inscrições quanto os cursos são gratuitos para os participantes. No ato da inscrição, devem ser anexados o histórico escolar, o certificado de conclusão do Ensino Médio, além de comprovantes de vínculo rural (apenas para o público prioritário). A prioridade de vagas é para produtores rurais ou pessoas com vínculo com a produção rural, seja empregatício e/ou familiar.
Etapas
A etapa I, de análise das inscrições, se estenderá de 02 a 04 de julho, quando será analisada toda a documentação apresentada. A etapa II é a de Classificação dos Candidatos, que vai de 10 a 31 de julho. Nesta fase, cujo processo será definido pelas regionais do Senar em cada estado, serão conhecidos os candidatos aprovados e, em seguida, será aberto o período de inscrições. Cada uma das etapas contará com um período para apresentação de recursos. 

Após todo o processo de seleção, as matrículas serão recebidas presencialmente nas secretarias dos polos de ensino escolhidos pelos candidatos no ato da inscrição.
Com 225 Vagas para o RN, Senar Abrirá Seleção para Cursos Técnicos Gratuitos Com 225 Vagas para o RN, Senar Abrirá Seleção para Cursos Técnicos Gratuitos Reviewed by CanguaretamaDeFato on 27.5.24 Rating: 5

ENEM 2024: Inscrições começam na segunda-feira, dia 27


Foto: Rafa Neddermeyer

Começa nesta segunda-feira (27) o período de inscrições para o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2024. O prazo vai até 7 de junho. Já a taxa de inscrição pode ser paga até 12 de junho.

Para se inscrever, os candidatos devem acessar a Página do Participante e logar com CPF e senha do portal do governo federal Gov.br.

O valor da taxa é de R$ 85 e pode ser pago por boleto (gerado na Página do Participante), Pix, cartão de crédito ou débito.

Candidatos que tiveram a isenção aprovada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) em 13 de maio ainda precisam se inscrever no exame.

No ato da inscrição, é necessário selecionar o idioma da prova de língua estrangeira: inglês ou espanhol.

Datas do Enem 2024

O Enem 2024 será aplicado em todo o país nos dias 3 e 10 de novembro.

Na primeira etapa da prova, com 5 horas e 30 minutos de duração, são avaliados os conhecimentos de redação, linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias.

No segundo dia do exame, de 5 horas de duração, serão aplicadas as provas de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. O resultado será divulgado em 13 de janeiro de 2025.

O Enem é usado principalmente como vestibular, por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada). No ano passado, foi porta de entrada para 127 instituições de ensino superior e, em 2024, serão ofertadas 264.360 vagas.





#Fonte: Estadão

ENEM 2024: Inscrições começam na segunda-feira, dia 27 ENEM 2024: Inscrições começam na segunda-feira, dia 27 Reviewed by CanguaretamaDeFato on 26.5.24 Rating: 5

Professores da UFRN decidem manter greve após recusar proposta do governo


Foto: Divulgação

Os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) decidiram manter a greve após plebiscito realizado de 8h de ontem às 17h desta quinta-feira (23), conforme prevê o Estatuto do ADURN – Sindicato da categoria.

Cerca de 1.826 docentes expressaram sua posição na consulta. Desses, 53,07% se posicionaram contra a proposta e 45,34% se posicionaram a favor. Se abstiveram na votação 1,59% dos participantes. A decisão do plebiscito será encaminhada em ofício ao PROIFES-Federação nesta sexta-feira (24).

Segundo Adurn, os docentes responderam à seguinte pergunta: “A Assembleia Geral, reunida no dia 21 de maio, decidiu pela rejeição da proposta do Governo apresentada no dia 15 de maio. A Assembleia Geral considerou que o reajuste nominal de 0% (2024), 9% (2025), 3,5% (2026), e os reajustes nos steps não atendem às demandas e aprovou o encaminhamento de pedido de reabertura de negociação. Você está de acordo com a decisão da Assembleia, de rejeição da proposta do governo?”. Foram apresentadas na tela três opções de resposta: “sim”, “não” e “abstenção”.

Todos os docentes da ativa, sindicalizados ou não, puderam participar. A greve em andamento é apontada pela categoria como saída para quase sete anos sem diálogo entre os servidores públicos e o Governo Federal. Somente em fevereiro de 2023 foi retomada a mesa de negociação. Além desta, duas outras mesas foram abertas com impacto direto na categoria docente, para discutir reajuste salarial, carreira, e a revogação de medidas adotadas nos últimos anos que comprometem a qualidade do ensino, pesquisa e extensão nas instituições federais de ensino.

Professores da UFRN decidem manter greve após recusar proposta do governo Professores da UFRN decidem manter greve após recusar proposta do governo Reviewed by CanguaretamaDeFato on 24.5.24 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.