Results for SAÚDE

Brasil Só Vacinou, Até Agora, 439 mil Pessoas Contra o Novo Coronavírus

 
Foto: Divulgação/Governo SP

Pelo menos 439.164 pessoas já foram vacinadas contra o novo coronavírus no Brasil, de acordo com levantamento da CNN.

Os dados, atualizados às 9h deste sábado (23), tem como base informações das prefeituras e dos governos estaduais que divulgaram balanço preliminar da vacinação.

O estado de São Paulo lidera a lista de imunização, com mais de 109 mil vacinados. Depois, aparece o Paraná, com 57,2 mil imunizados, a Bahia, com 56,8 mil, e o Rio de Janeiro, onde 51,3 mil pessoas já receberam a primeira dose da vacina.

Já os estados com a menor quantidade de vacinados são: Piauí (281 doses aplicadas), Rondônia (771) e Mato Grosso (952).

É importante ressaltar, no entanto, que nem todos os estados e municípios divulgaram informações sobre a campanha de imunização até o momento – o que significa que o número de vacinados pode ser maior.

Alguns estados informaram à CNN que aguardarão a concentração dos dados por parte do Ministério da Saúde, que prometeu divulgar uma plataforma até o final desta semana com o balanço da vacinação.

Até o momento, os estados que não divulgaram os dados (nem por meio do governo estadual, nem por meio da prefeitura da capital) são: Acre, Amapá, Minas Gerais, Pará, Roraima, Sergipe e Tocantins.

 

 

 

 

#Fonte: CNN Brasil

Brasil Só Vacinou, Até Agora, 439 mil Pessoas Contra o Novo Coronavírus Brasil Só Vacinou, Até Agora, 439 mil Pessoas Contra o Novo Coronavírus Reviewed by Canguaretama De Fato on 23.1.21 Rating: 5

Ministério Público Fiscaliza Eventuais Fura Fila nos Pontos de Vacinação Contra a Covid-19 no RN

 

Foto: Marcelo Justo/UOL

Equipes do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) fizeram nesta quinta-feira (21) visitas surpresa em locais de vacinação contra a Covid-19. O objetivo é averiguar se as pessoas que estão sendo vacinadas se enquadram no previsto no plano de vacinação.

Desde esta quarta-feira (20), o MPRN está recebendo denúncias de casos de pessoas que receberam a primeira dose da vacina mesmo sem se enquadrarem no que está preconizado no plano. Esses serão analisados individualmente para se investigar se houve o cometimento de crime ou ato de improbidade.

"O MPRN está atento às eventuais irregularidades na vacinação contra a Covid-19 e fará outras visitas surpresa nos pontos de vacinação em Natal e demais municípios do Estado. O objetivo é coibir o chamado "fura fila". Tomaremos todas as medidas judiciais e extrajudiciais possíveis para coibir ou, no caso de já ter sido cometida alguma frade, responsabilizar os agentes públicos envolvidos e os beneficiários. Vamos requisitar as listas dos vacinados, entre outras medidas. É lamentável que se veja esse tipo de ilícito num momento tão sensível e grave e vamos atuar com o maior rigor possível", declarou o procurador-geral de Justiça do RN, Eudo Leite.

De acordo com a Secretaria Estadual de saúde Pública (Sesap), a primeira fase da vacinação no Estado contempla apenas profissionais de saúde que estejam na linha de frente de combate ao coronavírus e ainda idosos residentes em instituições de longa permanência. Alguns planos municipais autorizam a vacinação de outros grupos de pessoas, o que será observado de forma individualizada pelo MPRN.

O MPRN disponibiliza o Disque Denúncia 127 para o recebimento de denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por Whatsapp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para disque.denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No Whatsapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.
Ministério Público Fiscaliza Eventuais Fura Fila nos Pontos de Vacinação Contra a Covid-19 no RN Ministério Público Fiscaliza Eventuais Fura Fila nos Pontos de Vacinação Contra a Covid-19 no RN Reviewed by Canguaretama De Fato on 21.1.21 Rating: 5

APLICATIVO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE QUE RECOMENDAVA CLOROQUINA ATÉ PARA BEBÊS É RETIRADO DO AR

 


Após receber críticas por recomendar medicamentos sem eficácia comprovada e que podem até agravar o quadro clínico de pacientes com suspeita de covid-19, a plataforma TrateCOV foi retirada do ar. O sistema foi lançado pelo Ministério da Saúde na semana passada, em Manaus, e era destinado à orientação de profissionais de saúde sobre possíveis tratamentos do novo coronavírus.

Em nota, o ministério alegou que o aplicativo havia sido “invadido e ativado indevidamente” e disse que a retirada foi “momentânea”. “Informamos que a plataforma TrateCOV foi lançada como um projeto-piloto e não estava funcionando oficialmente, apenas como um simulador”, reiterou.

O app foi criticado nos últimos dias por insistir em recomendar medicamentos cuja ineficácia para o tratamento do novo coronavírus já foi comprovada em estudos, caso da cloroquina e a hidroxicloroquina, por exemplo. Isso motivou uma recomendação e um pedido de retirada da plataforma do ar, abertos pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pelo deputado federal Marcelo Freixo (PSOL).

 

 

 

#Fonte: Estadão

APLICATIVO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE QUE RECOMENDAVA CLOROQUINA ATÉ PARA BEBÊS É RETIRADO DO AR APLICATIVO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE QUE RECOMENDAVA CLOROQUINA ATÉ PARA BEBÊS É RETIRADO DO AR Reviewed by Canguaretama De Fato on 21.1.21 Rating: 5

Canguaretama Recebe 258 Doses da Vacina contra Covid-19; Veja Quantas Doses Cada Município do RN Receberá

 

Doses da Coronavac chegam ao Rio Grande do Norte para início de vacinação contra Covid-19. — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Do G1 - O Rio Grande do Norte recebeu 82.440 doses da vacina contra Covid-19, na madrugada desta terça-feira (19), para começar a imunização contra Covid-19 no estado. Após a chegada, a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte divulgou uma lista com a distribuição das doses por município.

A Secretaria de Saúde do Estado ainda não informou quando a vacinação vai começar no Rio Grande do Norte. De acordo com previsões anteriores da pasta, a imunização deveria começar até 72 horas após a chegada do primeiro lote, com a distribuição aos municípios, iniciada durante a manhã desta terça (19).

As 82.440 doses enviadas ao RN serão suficientes para vacinar pouco mais de 39 mil potiguares, que terão duas aplicações com intervalo de 28 dias. De acordo com o governo, terão prioridades os idosos abrigados em instituições e os trabalhadores da saúde que atendem em UTIs, prontos-socorros e hospitais referenciados, por exemplo.

Segundo a Secretaria de Saúde do RN, o quantitativo de doses encaminhado aos municípios foi calculado com base na estimativa populacional por município repassada pelo Ministério da Saúde para cada grupo contemplado na primeira etapa, considerando uma distribuição proporcional.

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, o primeiro grupo prioritário no estado consiste em 37.848 profissionais de saúde, 1.400 pessoas com 60 anos ou mais em instituições e 10 pessoas com deficiência também institucionalizadas.

Município - Total de doses

  • Acari - 136
  • Assu - 421
  • Afonso Bezerra - 94
  • Água Nova - 50
  • Alexandria - 164
  • Almino Afonso - 95
  • Alto do Rodrigues - 120
  • Angicos -108
  • Antônio Martins - 91
  • Apodi - 313
  • Areia Branca - 209
  • Arês - 125
  • Augusto Severo - 73
  • Baía Formosa - 88
  • Baraúna - 144
  • Barcelona - 62
  • Bento Fernandes - 64
  • Bodó - 54
  • Bom Jesus - 138
  • Brejinho - 98
  • Caiçara do Norte - 67
  • Caiçara do Rio do Vento - 56
  • Caicó - 750
  • Campo Redondo - 97
  • Canguaretama - 258
  • Caraúbas - 189
  • Carnaúba dos Dantas - 127
  • Carnaubais - 92
  • Ceará-Mirim - 600
  • Cerro Corá - 104
  • Coronel Ezequiel - 68
  • Coronel João Pessoa - 76
  • Cruzeta - 100
  • Currais Novos - 495
  • Doutor Severiano - 64
  • Parnamirim - 2.800
  • Encanto - 77
  • Equador - 65
  • Espírito Santo - 94
  • Extremoz - 291
  • Felipe Guerra - 85
  • Fernando Pedroza - 52
  • Florânia - 89
  • Francisco Dantas - 62
  • Frutuoso Gomes - 72
  • Galinhos - 59
  • Goianinha - 194
  • Governador Dix-Sept Rosado - 108
  • Grossos - 90
  • Guamaré - 241
  • Ielmo Marinho - 102
  • Ipanguaçu - 135
  • Ipueira - 60
  • Itajá - 82
  • Itaú - 60
  • Jaçanã - 87
  • Jandaíra - 67
  • Janduís - 75
  • Januário Cicco - 103
  • Japi - 71
  • Jardim de Angicos - 62
  • Jardim de Piranhas - 97
  • Jardim do Seridó - 145
  • João Câmara - 240
  • João Dias - 52
  • José da Penha - 72
  • Jucurutu - 180
  • Jundiá - 64
  • Lagoa d'Anta - 99
  • Lagoa de Pedras - 72
  • Lagoa de Velhos - 54
  • Lagoa Nova - 108
  • Lagoa Salgada - 109
  • Lajes - 87
  • Lajes Pintadas - 65
  • Lucrécia - 70
  • Luís Gomes - 93
  • Macaíba - 572
  • Macau - 229
  • Major Sales - 65
  • Marcelino Vieira - 81
  • Martins - 85
  • Maxaranguape - 100
  • Messias Targino - 69
  • Montanhas - 88
  • Monte Alegre - 158
  • Monte das Gameleiras - 56
  • Mossoró - 3.981
  • Natal - 12.235
  • Nísia Floresta - 149
  • Nova Cruz - 289
  • Olho-d'Água do Borges - 83
  • Ouro Branco - 65
  • Paraná - 71
  • Paraú - 67
  • Parazinho - 74
  • Parelhas - 206
  • Rio do Fogo - 102
  • Passa e Fica - 121
  • Passagem - 64
  • Patu - 126
  • Santa Maria - 56
  • Pau dos Ferros - 410
  • Pedra Grande - 65
  • Pedra Preta - 57
  • Pedro Avelino - 74
  • Pedro Velho - 131
  • Pendências - 125
  • Pilões - 68
  • Poço Branco - 99
  • Portalegre - 103
  • Porto do Mangue - 80
  • Serra Caiada - 98
  • Pureza - 71
  • Rafael Fernandes - 64
  • Rafael Godeiro - 58
  • Riacho da Cruz - 59
  • Riacho de Santana - 53
  • Riachuelo - 73
  • Rodolfo Fernandes - 67
  • Tibau - 81
  • Ruy Barbosa - 58
  • Santa Cruz - 430
  • Santana do Matos - 120
  • Santana do Seridó - 54
  • Santo Antônio - 222
  • São Bento do Norte - 55
  • São Bento do Trairí - 73
  • São Fernando - 55
  • São Francisco do Oeste - 58
  • São Gonçalo do Amarante - 563
  • São João do Sabugi - 105
  • São José de Mipibu - 478
  • São José do Campestre - 127
  • São José do Seridó - 74
  • São Miguel - 222
  • São Miguel do Gostoso - 78
  • São Paulo do Potengi - 160
  • São Pedro - 61
  • São Rafael - 92
  • São Tomé - 141
  • São Vicente - 77
  • Senador Elói de Souza - 66
  • Senador Georgino Avelino - 54
  • Serra de São Bento - 75
  • Serra do Mel - 106
  • Serra Negra do Norte - 75
  • Serrinha - 73
  • Serrinha dos Pintos - 63
  • Severiano Melo - 93
  • Sítio Novo - 68
  • Taboleiro Grande - 63
  • Taipu - 120
  • Tangará - 131
  • Tenente Ananias - 97
  • Tenente Laurentino Cruz - 65
  • Tibau do Sul - 117
  • Timbaúba dos Batistas - 51
  • Touros - 219
  • Triunfo Potiguar - 64
  • Umarizal - 118
  • Upanema - 147
  • Várzea - 61
  • Venha-Ver - 61
  • Vera Cruz - 138
  • Viçosa - 56
  • Vila Flor - 62
Canguaretama Recebe 258 Doses da Vacina contra Covid-19; Veja Quantas Doses Cada Município do RN Receberá Canguaretama Recebe 258 Doses da Vacina contra Covid-19; Veja Quantas Doses Cada Município do RN Receberá Reviewed by Canguaretama De Fato on 20.1.21 Rating: 5

EXEMPLO!! Prefeita do RN Decreta Toque de Recolher e Proíbe até Banho de Açude para Conter Avanço da Covid-19

 

Foto/Reprodução

A Prefeitura de Serrinha dos Pintos, município localizado na região do Alto Oeste Potiguar, decidiu adotar uma medida drástica para conter o aumento no número de casos de Covid-19, a infecção provocada pelo novo coronavírus.

A prefeita da cidade, Bárbara Teixeira (Progressistas), decretou uma espécie de toque de recolher pelas próximas duas semanas.

De acordo com o decreto, publicado nesta segunda-feira 18 no Diário Oficial dos Municípios, a circulação de pessoas pela cidade está proibida entre 22h e 4h. Quem for flagrado circulando na rua durante a madrugada terá de apresentar justificativa.

Não está especificada a eventual punição em caso de descumprimento.

EXEMPLO!! Prefeita do RN Decreta Toque de Recolher e Proíbe até Banho de Açude para Conter Avanço da Covid-19 EXEMPLO!! Prefeita do RN Decreta Toque de Recolher e Proíbe até Banho de Açude para Conter Avanço da Covid-19 Reviewed by Canguaretama De Fato on 20.1.21 Rating: 5

FAÇA O SEU!! RN Mais Vacina Passa dos 400 mil Cadastros em 48h

 Foto: Divulgação

Em 48 horas, a plataforma RN Mais Vacina já conta com mais de 400 mil potiguares cadastrados. O sistema, construído pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN), objetiva facilitar o monitoramento das aplicações da vacina da Covid-19 no Rio Grande do Norte.

A adesão crescente da população reflete todo o compromisso e seriedade investidos pelo Governo do Estado em criar uma ferramenta transparente que mostra todo o processo de assegurar o uso da vacina de forma justa e eficaz.

“Durante todo o período da pandemia, o Governo não tem medido esforços em construir estratégias que mitiguem o impacto do novo coronavírus, as ações versaram desde a abertura de novos leitos até a entrega de máscaras, contratação e convocação de mais profissionais da saúde, elaboração do Regula RN e agora o RN Mais Vacina”, ressaltou a subsecretária de Planejamento e Gestão da Sesap, Lyane Ramalho.

A subsecretária ainda destacou que a preparação para iniciar a campanha de vacinação. “Esse sistema cumpre um papel essencial de dar equidade ao processo e mostrando toda a nossa responsabilidade em cumprir nosso papel de construir dispositivos inovadores em saúde, mas além disso já vínhamos nos organizando com a aquisição de seringas e agulhas, capacitação de vacinadores e instalação da rede de frio”, disse.

O cadastro no sistema permitirá que cada cidadão tenha seu cartão virtual, recebendo notificações das datas, dentro do calendário nacional de vacinação, em que o grupo em que se enquadra receberá a vacina, além de todas as informações do processo.

Para realizar o registro, basta acessar maisvacina.saude.rn.gov.br/cidadao/, inserir alguns dados pessoais e informações quanto a grupo de risco e comorbidades. Mesmo que essa primeira etapa de vacinação seja restrita aos grupos prioritários, a Sesap orienta que todas as pessoas façam o cadastro, auxiliando na criação de um banco de dados com o perfil dos norte-rio-grandenses.

FAÇA O SEU!! RN Mais Vacina Passa dos 400 mil Cadastros em 48h FAÇA O SEU!! RN Mais Vacina Passa dos 400 mil Cadastros em 48h Reviewed by Canguaretama De Fato on 20.1.21 Rating: 5

FELICIDADE!! TÉCNICA DE ENFERMAGEM É A PRIMEIRA PESSOA A RECEBER A VACINA CONTRA A COVID-19 NO RN

Enfermagem Maria das Graças Pereira de Oliveira — Foto: Alexandre Lago

Maria das Graças Pereira de Oliveira, de 57 anos, que atua como Técnica de Enfermagem no Hospital Giselda Trigueiro há mais de 30 anos e trabalhou na linha de frente de combate à pandemia, foi a primeira pessoa a ser vacinada no RN.

A imunização ocorreu na manhã desta terça-feira(19), na Escola de Governo, na zona Sul de Natal, em ato simbólico celebrado por autoridades do Governo do Estado e profissionais de saúde.

Nesta primeira etapa, serão vacinados os idosos institucionalizados, trabalhadores desses abrigos, além de profissionais da saúde na linha de frente de combate a covid, assim como trabalhadores da saúde da família e sua equipe de atenção básica.

Além da  técnica de enfermagem Maria das Graças Pereira de Oliveira,  foram vacinados inicialmente,  a técnica de enfermagem Edilma Pereira da Silva, de 49 anos e que atua no Hospital de Campanha de São Gonçalo do Amarante; a médica obstetra Geny Souza de Santana, que tem 67 anos e atua na maternidade Divino Amor, em Parnamirim; a técnica de enfermagem Renata de Souza Carneiro Martins da Silva, de 29 anos, que atua em Extremoz; a enfermeira Antônia Pinheiro da Silva Araújo, de 54 anos, que atua na Estratégia Saúde da Família, na Comunidade Indígena de Lagoa do Tapará, em Macaíba; e a enfermeira Maria de Lourdes Nascimento de Morais, de 54 anos, que trabalha em Ceará-Mirim; e o médico Giorgione Guerra Cabral de 31 anos, que atua no Hospital de Campanha de Natal.

O primeiro lote de vacina contra a Covid-19 – a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan junto à Sinovac – chegou ao Rio Grande do Norte na madrugada desta terça-feira (19). O esperado voo com as doses do imunizante desembarcou no Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante por volta de 1h. Do aeroporto, as 82.440 doses foram transportadas para a Central de armazenamento e distribuição instalada na Unicat (Unidade Central de Agentes Terapêuticos), em Natal.

Este primeiro lote vai atender 39.258 potiguares com duas doses da vacina, aplicadas entre um intervalo de 28 dias.

O ato de vacinação teve a presença, além da governadora Fátima Bezerra, de secretários de saúde e prefeitos, além de membros do Governo do Estado.

FELICIDADE!! TÉCNICA DE ENFERMAGEM É A PRIMEIRA PESSOA A RECEBER A VACINA CONTRA A COVID-19 NO RN FELICIDADE!! TÉCNICA DE ENFERMAGEM É A PRIMEIRA PESSOA A RECEBER A VACINA CONTRA A COVID-19 NO RN Reviewed by Canguaretama De Fato on 19.1.21 Rating: 5

Ministro Pazuello Mente ao Dizer que Saúde Nunca Indicou Remédios Contra a Covid-19


O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, mentiu hoje ao dizer que a pasta nunca indicou nenhum medicamento para o tratamento da covid-19. Logo depois de sua posse, em 20 de maio, o ministério lançou um protocolo que sugeria a prescrição de hidroxicloroquina e cloroquina aos infectados, ainda que não haja nenhuma comprovação da eficácia desses remédios contra o coronavírus.

"A senhora nunca me viu receitar, dizer, colocar para as pessoas tomarem este ou aquele remédio. Nunca. Não aceito a sua posição. Eu nunca indiquei medicamentos a ninguém, nunca autorizei o Ministério da Saúde a fazer protocolos indicando medicamentos", disse o ministro a uma jornalista durante coletiva no Palácio do Planalto.


Assim como o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Pazuello já defendeu o uso de cloroquina contra a covid-19 em diversas oportunidades. Em 21 de julho, por exemplo, o ministro citou o antimalárico e a ivermectina, que também não tem eficácia comprovada contra a doença, quando falava sobre "tratamento precoce".

À época, apesar da existência do protocolo, Pazuello disse que era apenas uma "orientação", não uma diretriz. Segundo ele, o Ministério da Saúde apenas apresentou quais medicamentos estão sendo usados, quais estão dando resultados e qual a melhor dosagem e momento de uso.

"Temos a hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina listadas, e cabe ao médico prescrever qual é o medicamento adequado naquela fase e para aquele paciente", afirmou ele durante visita ao Rio Grande do Sul.

Depois, ao lado de Bolsonaro, ele voltou a recomendar o uso de cloroquina no tratamento da covid-19. A declaração foi feita em transmissão ao vivo em 22 de outubro (assista abaixo), um dia depois de Pazuello ser diagnosticado com a doença. Tanto ele como o presidente, que também já foi infectado, apareceram sem máscara.


"Atendimento" precoce

Durante a coletiva de hoje, Pazuello também negou que o Ministério da Saúde tenha defendido o "tratamento precoce" contra a covid-19, ainda que no sábado (16) o Twitter tenha ocultado uma publicação da pasta que falava justamente sobre isso por considerá-la "enganosa" e "potencialmente prejudicial".

"Não confundam o atendimento precoce com definição de que remédio tomar. Por favor, compreendam isso e não coloquem mais errado. Nós defendemos e incentivamos e orientamos que a pessoa doente procure imediatamente o posto de saúde, procure o médico. O médico faz o diagnóstico clínico desse paciente, esse é o atendimento precoce", disse o ministro.

Tratamento é uma coisa, atendimento é outra. Como leigos, às vezes nós falamos o nome errado. Mas nós temos que saber exatamente o que nós estamos querendo dizer. Atendimento precoce, é esse o nosso objetivo.Eduardo Pazuello, ministro da Saúde

Segundo Pazuello, cabe ao médico definir os medicamentos que vai prescrever ao paciente, e a Saúde "não tem protocolos sobre isso" — o que não é verdade. O protocolo lançado em 20 de maio foi atualizado em 15 de junho e continua disponível no site da pasta.




#Fonte: Do UOL, em São Paulo
Ministro Pazuello Mente ao Dizer que Saúde Nunca Indicou Remédios Contra a Covid-19 Ministro Pazuello Mente ao Dizer que Saúde Nunca Indicou Remédios Contra a Covid-19 Reviewed by CanguaretamaDeFato on 19.1.21 Rating: 5

E CANGUARETAMA?? DEZESSEIS MUNICÍPIOS DO RN CONFIRMAM CANCELAMENTO DO CARNAVAL 2021, DEVIDO PANDEMIA

 

Em decisão conjunta a Associação dos Municípios da Microrregião do Seridó Oriental-AMSO divulgou nota, nesta segunda-feira (18), através do presidente Fernando Bezerra, que é prefeito de Acari, informando que os municípios não organizarão ou farão qualquer investimento para a realização do Carnaval em 2021. As prefeituras reconhecem a importância cultural da festa dentro do calendário de eventos, fortalecendo a economia, mas são conscientes do decreto apresentado pelo Governo do Estado que indica regras quanto aos eventos e aglomerações na pandemia da Covid-19.

Veja a nota:

Os Municípios, representados pelas Prefeituras adiante relacionadas, em consonância com a orientação das autoridades sanitárias em relação a pandemia do COVID19, acompanhando a recomendação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte quanto a eventos e consequentes aglomerações, mesmo reconhecendo a importância das festas populares para a economia e para a cultura, lamentam informam que não organizarão ou farão qualquer investimento para a realização do Carnaval no presente exercício de 2021.

Informam, também, no que se refere a licenças municipais, que não autorizarão a realização de festas e eventos similares durante o período do calendário dedicado aos festejos de Carnaval.

Pedem a população em geral que redobre a atenção em relação aos protocolos de higiene, distanciamento e uso frequente de máscaras, considerando a gravidade da pandemia do COVID19.

Currais Novos, sede da AMSO, no dia 18 de janeiro de 2021.

 

Prefeitura Municipal de Acari

Prefeitura Municipal de Bodó

Prefeitura Municipal de Campo Redondo

Prefeitura Municipal de Carnaúba dos Dantas

Prefeitura Municipal de Cerro Corá

Prefeitura Municipal de Cruzeta

Prefeitura Municipal de Currais Novos

Prefeitura Municipal de Equador

Prefeitura Municipal de Florânia

Prefeitura Municipal de Jardim do Seridó

Prefeitura Municipal de Lagoa Nova

Prefeitura Municipal de Ouro Branco

Prefeitura Municipal de Parelhas

Prefeitura Municipal de Santana do Seridó

Prefeitura de São Vicente

Prefeitura Municipal de Tenente Laurentino Cruz

E CANGUARETAMA?? DEZESSEIS MUNICÍPIOS DO RN CONFIRMAM CANCELAMENTO DO CARNAVAL 2021, DEVIDO PANDEMIA E CANGUARETAMA?? DEZESSEIS MUNICÍPIOS DO RN CONFIRMAM CANCELAMENTO DO CARNAVAL 2021, DEVIDO PANDEMIA Reviewed by Canguaretama De Fato on 18.1.21 Rating: 5

RN RECEBE LOTE COM 82.440 DOSES DA CORONAVAC

 

Foto: Reprodução/Twitter

O Rio Grande do Norte foi contemplado com  82.440 doses da Coronavac, distribuídas pelo Ministério da Saúde na manhã desta segunda-feira, em ato simbólico, com a presença do ministro Eduardo Pazuello e de governadores estaduais, no Centro de Distribuição Logística do Ministério da Saúde, localizado nas proximidades do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, São Paulo.

Oficialmente, a vacinação começaria na terça-feira (19), mas o ministro Eduardo Pazuello autorizou que os governadores iniciem a vacinação ainda nesta segunda.  “Depois de ouvir os governadores, chegamos à decisão de que estamos distribuindo hoje as vacinas aos Estados e a gente pode colocar a ideia que hoje no final do expediente os Estados comecem a vacinar no município principal. Acho que a gente pode começar hoje no final do expediente”.

A previsão é que as vacinas cheguem ao Estado na tarde de hoje, e que as primeiras doses sejam aplicadas no fim da tarde, simultaneamente, em todo o país, marcando o início da campanha nacional de imunização.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou neste domingo, 17, por unanimidade, o uso emergencial das vacinas Coronavac e da Universidade de Oxford contra a covid-19. A campanha de vacinação será iniciada com a Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantã em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

“Este é o marco inicial da vacinação ocontra o coronavírus no País”, afirmou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, diante dos governadores, nesta segunda-feira. “Hoje, nós distribuiremos todas as vacinas aos estados”, completou.

A distribuição das doses disponíveis da vacina será feita com o apoio de aviões da FAB e das companhias aéreas Azul, Gol, Latam e Voepass. A distribuição, segundo o ministro, será feita para “pontos focais” já previamente definidos em cada estado. Idosos que vivem em asilos, indígenas e profissionais de saúde da linha de frente são os primeiros a receber o imunizante.

O País dispõe de 6 milhões de doses da Coronavac. O governo paulista pretende manter no estado cerca de 1,4 milhão para o estado. O volume não cobre as prioridades. Outros dois milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca fabricada na Índia estão com a compra acertada pelo ministério, mas ainda sem data para chegar ao Brasil. Além disso, o aval da Anvisa só vale para essas 8 milhões de doses, mas não para as demais a serem produzidas já no Brasil.

Veja a quantidade de vacinas que será distribuída para cada Estado nesta segunda-feira:

Região Norte – 296.520 doses

Rondônia – 33.040
Acre – 13.840
Amazonas – 69.880
Roraima – 10.360
Pará – 124.560
Amapá – 15.000
Tocantins – 29.840

Região Nordeste – 1.200.560 doses

Maranhão – 123.040
Piauí – 61.160
Ceará – 186.720
Rio Grande do Norte – 82.440
Paraíba – 92.960
Pernambuco – 215.280
Alagoas – 71.080
Sergipe – 48.360
Bahia – 319.520

Região Sudeste – 2.493.280 doses

Minas Gerais – 561.120
Espírito Santo – 95.440
Rio de Janeiro – 487.520
São Paulo – 1.349.200

Região Sul – 681.120 doses

Paraná – 242.880
Santa Catarina – 126.560
Rio Grande do Sul – 311.680

Região Centro-Oeste – 415.880 doses

Mato Grosso do Sul – 61.760
Mato Grosso – 65.760
Goiás – 182.400
Distrito Federal – 105.960

Fonte: Estadão

RN RECEBE LOTE COM 82.440 DOSES DA CORONAVAC RN RECEBE LOTE COM 82.440 DOSES DA CORONAVAC Reviewed by Canguaretama De Fato on 18.1.21 Rating: 5

Veja quem será vacinado a partir desta segunda-feira contra a Covid-19 no Brasil

 Foto: HVesna/Pixabay

O Ministério da Saúde fez nesta segunda-feira (18) a entrega simbólica de mais de 4,6 milhões de doses da Coronavac aos estados para iniciar a vacinação contra o novo coronavírus em todo o país.

Dessa forma, a vacinação no país será adiantada pelo governo federal e pelos governos estaduais.

Além disso, a pasta aguarda a chegada de 2 milhões de doses da vacina de Oxford, também já aprovadas para uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para ser incorporada nessa primeira fase de vacinação.

Quando começa a vacinação?

A previsão inicial era que a imunização nos estados começasse na quarta-feira (20). Na manhã desta segunda, os governadores chegaram a um acordo para adiantar esse prazo para terça-feira (19), às 14h.

Na cerimônia de entrega das vacinas, porém, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, mudou novamente o prazo e disse que com a chegada das vacinas nos estados até 14h a imunização poderá começar já nesta segunda-feira (18) a partir das 17h.

“Fica combinado que a gente distribui tudo hoje e começa [a vacinação] ao final do dia, em princípio, às 17h. A gente marca não antes das 17h, mas se alguém tiver delongas, faz parte da missão”, disse o ministro, na cerimônia.

“Quem puder, começa às 18h, mas o importante é que comece hoje, ao final do dia. Esse é nosso combinado”, continuou Pazuello.

E quem serão os primeiros vacinados?

De acordo com informações divulgadas pela Saúde no domingo (17), os primeiros vacinados serão trabalhadores da Saúde (34% deles), população indígena em seus territórios, pessoas com deficiência institucionalizadas e pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas.

Dentre esses grupos, os que receberão a maior quantidade das vacinas neste primeiro momento serão os profissionais da saúde – com mais de 2,2 milhões de imunizados em todo o país –, seguido pelos indígenas – 431 mil –, pelos idosos – cerca de 156 mil – e, por fim, pelos deficientes – pouco mais de 6 mil imunizados.

Já o plano nacional de imunização divulgado pelo governo federal em dezembro informava que o grupo prioritário de brasileiros para receber a vacina contra a Covid-19 inclui, ao todo, 54 milhões de pessoas.

O primeiro grupo, segundo o plano, é formado pelos trabalhadores de saúde (quase 5,9 milhões de pessoas), seguidos pelas pessoas com 80 anos de idade ou mais (4,2 milhões).

Na época da divulgação do plano, no entanto, o governo não previa a inclusão de deficientes já nessa primeira fase de vacinação.

Mas São Paulo já começou a vacinar?

Sim, mas apenas alguns profissionais da saúde. No domingo (17), a primeira enfermeira foi vacinada em São Paulo minutos depois de a Anvisa autorizar o uso emergencial. Além dela, outros 111 profissionais da saúde foram imunizados no estado.

A vacinação, mais ampla para esse público-alvo, no entanto, só deve começar nesta segunda-feira (18), em seis hospitais de referência do estado: os hospitais das Clínicas da USP da capital e de Ribeirão Preto, o de Campinas (Unicamp), o de Botucatu (Unesp), o de Marília (Famema) e o Hospital de Base de São José do Rio Preto (Funfarme).

A orientação do governo paulista é que os municípios priorizem os profissionais da saúde, especialmente aqueles que estão na linha de frente do combate à pandemia – que somam, ao todo, cerca de 60 mil pessoas.

Veja quem será vacinado a partir desta segunda-feira contra a Covid-19 no Brasil Veja quem será vacinado a partir desta segunda-feira contra a Covid-19 no Brasil Reviewed by Canguaretama De Fato on 18.1.21 Rating: 5

COMEÇOU!! Enfermeira de São Paulo é a Primeira Pessoa Vacinada no Brasil Contra a Covid-19

 I

A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, se tornou neste domingo, 17, a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 no Brasil. Ela foi imunizada com a CoronaVac, desenvolvido pelo Instituto Butantan, em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Com a aprovação pela maioria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) neste domingo, do uso emergencial do fármaco, Calazans e outros profissionais de saúde indicados por hospitais públicos e que trabalham na linha de frente do combate à Covid-19 estão sendo vacinados pelo governo de São Paulo.

 

 

 

#Fonte: G1

COMEÇOU!! Enfermeira de São Paulo é a Primeira Pessoa Vacinada no Brasil Contra a Covid-19 COMEÇOU!! Enfermeira de São Paulo é a Primeira Pessoa Vacinada no Brasil Contra a Covid-19 Reviewed by CanguaretamaDeFato on 17.1.21 Rating: 5

LABORATÓRIO INDIANO SÓ DEVE ENVIAR VACINAS AO BRASIL EM DUAS SEMANAS, DIZ CEO

 

O diretor-executivo do laboratório indiano Serum Institute, Adar Poonawalla, disse nessa sexta-feira (15) que a Índia só deve enviar ao Brasil as doses da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford daqui a duas semanas. A informação foi divulgada pelo jornal The Times Of India.

Na entrevista, Poonawalla afirmou que a prioridade do laboratório sempre foi a vacinação da população local. “Nossa primeira prioridade sempre foi nosso próprio país. Assim que cuidarmos disso, podemos começar a exportar as doses da vacina para outros países a todo vapor”, disse.

O governo brasileiro ainda não apresentou esse prazo. Em nota, o Ministério das Relações Exteriores se furtou a dizer que o recebimento das vacinas, produzidas pelo laboratório indiano, vai demorar mais que o esperado. Isso porque o governo indiano alega “problemas logísticos” para atender à demanda do Brasil ao mesmo tempo em que inicia a campanha nacional de vacinação, agendada para sábado (16.jan).



Fonte: Poder360

LABORATÓRIO INDIANO SÓ DEVE ENVIAR VACINAS AO BRASIL EM DUAS SEMANAS, DIZ CEO LABORATÓRIO INDIANO SÓ DEVE ENVIAR VACINAS AO BRASIL EM DUAS SEMANAS, DIZ CEO Reviewed by CanguaretamaDeFato on 16.1.21 Rating: 5

COVID-19: VACINAÇÃO NACIONAL TERÁ CARTEIRA DIGITAL E IDENTIFICAÇÃO PELO CPF

 

A vacinação nacional contra a covid-19, prevista para ter início na quarta-feira (20), conforme anunciado pelo ministro da Saúde Eduardo Pazuello durante reunião com prefeitos na quinta-feira (14), contará com carteira digital, para registro da dose da vacina, e possibilidade de ser imunizado apenas apresentando o CPF.

“Melhorias no aplicativo Conecte SUS Cidadão vão permitir que a pasta monitore as doses da vacina contra o coronavírus e garanta maior segurança à população imunizada”, afirmou o ministério, por meio de nota. O acesso à carteira de vacinação será por meio do aplicativo do Conecte SUS.

As medidas fazem parte de um processo de modernização do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) e facilitará o controle do Ministério da Saúde, evitando que uma mesma pessoa tome vacinas de laboratórios diferentes.

“É importante que todos contribuam com essas informações. Hoje, nós temos uma, duas, três vacinas possíveis a serem aplicadas. E quando tiver três, quatro ou 10? Se nós não tivermos o controle, o paciente pode tomar a vacina de uma dose tipo A e nós temos que evitar que ele tome uma segunda dose da vacina B”, explicou Jacson Venâncio de Barros, diretor do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS).

O sistema ainda permitirá o monitoramento de reações adversas. A identificação, na hora da vacinação, será realizada por meio do CPF ou do Cartão Nacional de Saúde (CNS). Quem não estiver cadastrado no SUS poderá fazer o resgitro no momento do atendimento, segundo a pasta.

“O DATASUS desenvolve um certificado de vacinação em formato PDF e com QRCode de validação para manter a garantia de segurança do documento emitido”, diz a nota.

 

 

 

 

#Fonte: R7

COVID-19: VACINAÇÃO NACIONAL TERÁ CARTEIRA DIGITAL E IDENTIFICAÇÃO PELO CPF COVID-19: VACINAÇÃO NACIONAL TERÁ CARTEIRA DIGITAL E IDENTIFICAÇÃO PELO CPF Reviewed by Canguaretama De Fato on 15.1.21 Rating: 5

...CONTRA O TEMPO! Prefeitos Dizem que Ministro da Saúde, Anunciou Início da vacinação no Brasil para o dia 20 de Janeiro

 

Foto: Sérgio Lima/Poder360

Após uma reunião com o Ministério da Saúde nesta quinta-feira (14), prefeitos disseram que, de acordo com o ministro Eduardo Pazuello, a vacinação contra a Covid-19 começará em todo o país na quarta-feira (20) da semana que vem.

As mensagens dos prefeitos foram postadas em redes sociais. Procurado pelo G1, o Ministério da Saúde ainda não confirmou a data.

“De acordo com @ministropazuelo, próxima segunda chegam as 2 milhões de doses da Astrazeneca para estados. Há também as 6 milhões da Coronavac. Anvisa liberando domingo, distribuem na terça para iniciar na quarta, dia 20. Ou seja: 8 milhões de doses para janeiro”, escreveu o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), em uma rede social.

As prefeituras de Campinas, de Cuiabá e de Maringá também saíram da reunião informando que o governo marcou a data do dia 20.

Pazuello recebeu mais de 130 prefeitos. A maioria participou virtualmente.

Doses

A Frente Nacional dos Prefeitos disse ainda que, na reunião, Pazuello apresentou a seguinte previsão de quantas doses de vacina o país terá nos próximos meses:

Janeiro: 8 milhões

Fevereiro: 30 milhões

Abril: 80 milhões

Equipamento

O presidente da frente, Jonas Donizete, ex-prefeito de Campinas, disse que a maioria das cidades tem quantidade suficiente de agulhas e seringas para iniciar a vacinação.

“A gente vai passar para o ministro uma ideia de como estão as cidades. E para isso eu fiz uma conversa antes com os prefeitos. A notícia boa para a população é que a maioria das cidades está preparada para a vacinação, com seringas, agulhas”, afirmou.

 

 

 

 

#Fonte: G1

...CONTRA O TEMPO! Prefeitos Dizem que Ministro da Saúde, Anunciou Início da vacinação no Brasil para o dia 20 de Janeiro ...CONTRA O TEMPO! Prefeitos Dizem que Ministro da Saúde, Anunciou Início da vacinação no Brasil para o dia 20 de Janeiro Reviewed by Canguaretama De Fato on 14.1.21 Rating: 5

Recuperar-se de Covid Pode Dar Imunidade por 5 Meses, mas Não Evita Transmissão, diz estudo

 Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Adultos de até 54 anos recuperados de infecção por coronavírus apresentam imunidade por ao menos cinco meses, indica estudo divulgado nesta quinta-feira (14) pelo governo britânico.

Feito pelo PHE (sigla em inglês para Saúde Pública da Inglaterra), o estudo Siren avalia testes regulares de mais de 20 mil profissionais de saúde desde junho do ano passado. Os voluntários têm de 35 a 54 anos, o que não permite tirar conclusões sobre o efeito em idosos (cujas respostas imunológicas tendem a ser mais fracas e breves).

Segundo a líder do estudo, Susan Hopkins, é muito improvável que quem já teve a doença desenvolva infecções graves nas 20 semanas seguintes, “mas ainda existe o risco de adquirir uma infecção e transmitir a outras pessoas”.

A pesquisa, que se baseia em testes PCR (para detectar a infecção) e de anticorpos, encontrou níveis altos de vírus em pessoas que já haviam se recuperado da doença, o que indica que elas devem continuar seguindo as regras de proteção (evitar contatos, usar máscaras, lavar as mãos, entre outros), de acordo com o PHE.

Os pesquisadores alertam que, como o trabalho está em andamento, não é possível descartar que quem contraiu a doença na primeira onda não a contraia novamente. A análise também ocorreu antes da disseminação generalizada da nova variante identificada no Reino Unido, e os pesquisadores estudam agora se os anticorpos fornecem proteção contra essa cepa

O trabalho detectou, de 18 de junho a 24 de novembro, 44 reinfecções em potencial (2 “prováveis” e 42 “possíveis”) entre 6.614 participantes que já haviam tido teste positivo para anticorpos contra o Sars-Cov-2. Nenhum dos 44 casos de reinfecção em potencial foi testado por PCR durante a primeira onda, mas todos foram positivos para anticorpos cont

Considerando que todos os 44 casos fossem reinfecções comprovadas, os dados indicam que a imunidade adquirida naturalmente como resultado de contágio forneceu 83% de proteção contra a reinfecção, em comparação com os que não haviam tido a doença antes. A proteção foi de 94% contra reinfecção sintomática e de 75% contra reinfecção assintomática.

Se forem considerados apenas os dois casos “prováveis” (voluntários que tiveram sintomas claros de doença na primeira onda e foram contagiados durante o estudo), a proteção seria de 99%.

A pesquisa vai continuar a acompanhar os participantes por 12 meses para explorar quanto tempo a imunidade pode durar, a eficácia das vacinas e até que ponto as pessoas com imunidade são capazes de transportar e transmitir o vírus.

O Reino Unido vive um crescimento acelerado de casos e internações nas últimas semanas, depois que a variante encontrada em seu território se tornou dominante no país.

 

 

 

#Fonte: Valor

Recuperar-se de Covid Pode Dar Imunidade por 5 Meses, mas Não Evita Transmissão, diz estudo Recuperar-se de Covid Pode Dar Imunidade por 5 Meses, mas Não Evita Transmissão, diz estudo Reviewed by Canguaretama De Fato on 14.1.21 Rating: 5

Organização não governamental Human Rights Watch diz que Bolsonaro tentou sabotar combate à covid-19


Foto: Sérgio Lima/Poder360 

A Human Rights Watch divulgou nesta quarta, 13, a nova edição de seu relatório anual sobre a situação dos direitos humanos, analisando mais de cem países. No capítulo sobre o Brasil, a organização afirma que o presidente Jair Bolsonaro tentou sabotar os esforços para desacelerar a disseminação da covid-19 no Brasil em 2020 e tomou medidas que prejudicam diretamente os direitos humanos.

Com 761 páginas, o relatório ressalta que Bolsonaro minimizou a covid-19, chamando-a de “gripezinha” e disseminou informações incorretas, entre outras violações aos direitos humanos. “O governo Bolsonaro promoveu políticas contrárias aos direitos das mulheres e das pessoas com deficiência, enfraqueceu a aplicação da lei ambiental e deu sinal verde às redes criminosas que operam no desmatamento ilegal da Amazônia”, afirma a organização no documento.

De acordo com a Human Rights Watch, o papel das instituições nacionais para conter os retrocessos promovidos pelo presidente foi essencial. “O Supremo Tribunal Federal tomou decisões contra as tentativas da administração de Bolsonaro de retirar dos Estados a autoridade de restringir circulação de pessoas para conter a pandemia, de suspender a Lei de Acesso à Informação e de ocultar dados públicas sobre a pandemia”, diz o relatório.

Na coletiva de apresentação do relatório, a organização destacou momentos em que as instituições democráticas responderam à política de Bolsonaro que a HRS classifica como “anti-direitos”. Entre as respostas, além das decisões do STF, estão medicas como a determinação de obrigatoriedade de máscara em lojas e escolas feita pelo Congresso.

Para Anna Livia Arida, diretora da HRW no Brasil, Bolsonaro colocou a vida e a saúde dos brasileiros em “grande risco”: “O STF e outras instituições ajudaram a proteger os brasileiros e barrar muitas, ainda que não todas, políticas anti-direitos de Bolsonaro. Eles precisam permanecer vigilantes”.

EUA. A futura relação entre Bolsonaro e novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi citada na coletiva de apresentação do relatório da HRW. Diretor executivo da organização, Ken Roth afirmou que a posse de Biden vai impor dificuldades a Bolsonaro, que via o presidente Donald Trump como um aliado e com quem tinha discursos alinhados. “É um novo mundo, um novo ambiente político. Bolsonaro terá dificuldades”, afirmou.

Imprensa. O relatório destacou ainda a atuação da imprensa independente no País durante a pandemia. “A mídia impressa e televisiva desempenhou papel importante ao continuar informando o público, proporcionando um fórum para debate público e checando os poderes do governo, apesar da estigmatização, bullying e ameaças de ação judicial contra jornalistas por parte da administração Bolsonaro”.

Amazônia. Ainda que as instituições democráticas tenham tido um papel fundamental, algumas ações do governo Bolsonaro não puderam ser contidas e trouxeram resultados ruins, de acordo com o relatório, como a destruição, entre agosto de 2019 a julho de 2020, de cerca de 11 mil km² de floresta amazônica e o aumento de 16% nos incêndios na Amazônia em 2020.

“Ele culpa os povos indígenas, organizações não governamentais e moradores locais pela destruição, em vez de agir contra as redes criminosas que são a força motriz da ilegalidade da Amazônia”, disse Arida.





#Fonte: Estadão

Organização não governamental Human Rights Watch diz que Bolsonaro tentou sabotar combate à covid-19 Organização não governamental Human Rights Watch diz que Bolsonaro tentou sabotar combate à covid-19 Reviewed by CanguaretamaDeFato on 13.1.21 Rating: 5

Taxa de ocupação de Leitos Críticos na Rede Pública para covid no RN Nesta terça-feira é de 70,6%; pacientes internados são 301

 Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 70,6%, registrada no fim da manhã desta terça-feira (12). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 301.

Até o momento desta publicação são 70 leitos críticos (UTI) disponíveis e 168 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 147 disponíveis e 133 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região Metropolitana de Natal apresenta 68,8% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 71,8% e a Região Seridó 74,3%.

Taxa de ocupação de Leitos Críticos na Rede Pública para covid no RN Nesta terça-feira é de 70,6%; pacientes internados são 301 Taxa de ocupação de Leitos Críticos na Rede Pública para covid no RN Nesta terça-feira é de 70,6%; pacientes internados são 301 Reviewed by Canguaretama De Fato on 12.1.21 Rating: 5

ANTES TARDE!! Governo Federal Cogita dar 1ª dose ‘em massa’ Para Reduzir Pandemia; Segunda Aplicação Seria Iniciada a Seguir

 Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo/Arquivo

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse nesta segunda-feira que o governo quer priorizar a primeira dose da vacina contra a covid-19 para fazer a imunização em massa da população. Somente depois dessa fase, seria iniciada a segunda aplicação no país.

Durante evento em Manaus, Pazuello deu essa informação quando se referia ao uso da vacina do laboratório AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

De acordo com ele, a primeira dose da vacina proporciona uma proteção de 71%, enquanto as duas aplicações combinadas levaria a imunização “para cerca de 90%.”

“É uma estratégia que a SVS (Secretaria de Vigilância em Saúde) vai fazer pra reduzir a pandemia. Talvez o foco seja não na imunidade completa, mas na redução da contaminação, e aí a pandemia diminui muito”, afirmou o ministro.

Pazuello fez um novo balanço de todas as vacinas que poderão ser utilizadas no país e voltou a dizer que somente a produção doméstica possibilitará a imunização em massa da população. “Ficou difícil para as importadas”, afirmou.

De acordo com o ministro, a análise de uso emergencial em andamento na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) corresponde a 6 milhões de doses de Coronavac importadas da China e outras 2 milhões de doses da vacina da AstraZeneca trazidas da Índia.

Pazuello acredita que, se a aplicação de todas essas doses começar ainda em janeiro, o Brasil terá a capacidade de liderar rapidamente o número de imunizações do mundo, considerando a capacidade instalada no Sistema Único de Saúde (SUS).

O ministro informou que, na avaliação do governo, a vacina do laboratório Janssen “é a melhor de todas”, mas que a capacidade de entrega é de apenas 3 milhões de doses em maio. Ele também reclamou do preço da vacina da Moderna (US$ 37 a dose) e das condições exigidas pela Pfizer.

Apesar da campanha contra as vacinas, promovida abertamente pelo presidente Jair Bolsonaro, Pazuello reconheceu que a população quer ser vacinada, mas defendeu que a imunização não seja obrigatória. “Lembrando que existem outros poderes na República”, afirmou.

Ele também voltou a dizer que a vacinação vai começar em todo o país no mesmo dia e horário, em um recado indireto a governadores que têm marcado data para o início da imunização. “Vai começar no ‘dia D’ e na ‘hora H’ em todos os Estados do Brasil.”

 

 

 

#Fonte: Com Valor

ANTES TARDE!! Governo Federal Cogita dar 1ª dose ‘em massa’ Para Reduzir Pandemia; Segunda Aplicação Seria Iniciada a Seguir ANTES TARDE!! Governo Federal Cogita dar 1ª dose ‘em massa’ Para Reduzir Pandemia; Segunda Aplicação Seria Iniciada a Seguir Reviewed by Canguaretama De Fato on 11.1.21 Rating: 5

Revista Veja diz que Bolsonaro culpa Ministro da Saúde, e Deputado Rodrigo Maia Chama Presidente de 'Covarde'



Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, em Brasília


A coluna Radar, publicada na revista Veja, afirma que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) culpa o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, pela perda de popularidade e atraso na campanha de vacinação do Brasil.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), compartilhou a notícia no Twitter e criticou diretamente o presidente: "Bolsonaro é covarde". Mais tarde, ele ainda apontou que Bolsonaro é o culpado pelas mais de 200 mil mortes em decorrência do coronavírus no Brasil."

Bolsonaro é covarde. https://t.co/c0bI9TRma3-- Rodrigo Maia (@RodrigoMaia) January 9, 2021

Bolsonaro: 200 mil vidas perdidas até agora. Você tem culpa.-- Rodrigo Maia (@RodrigoMaia) January 9, 2021

O jornalista Robson Bonin, no texto publicado no Radar, diz que Bolsonaro está irritado com as cobranças nas redes sociais pelo atraso da vacina contra a covid-19.

A coluna afirma que, na reunião ministerial desta semana, Bolsonaro chegou a afirmar — meio brincando, meio à vera — que a pandemia "baqueou Pazuello e ele não dá conta de mais nada".

Segundo a revista, apoiadores do presidente dizem que o discurso que sustentava Pazuello no cargo acabou. A fala inflamada do general na última quinta-feira (7), criticando a imprensa, teria agradado ao chefe do Executivo, mas aliviado só um pouco a impressão.

Pazuello ocupou o cargo interino de ministro da Saúde após a saída de Nelson Teich, em 15 de maio de 2020. Em setembro, o general assumiu como efetivo.
Maia x Bolsonaro

Ontem, Maia já tinha entrado em conflito com Bolsonaro após o presidente falar sobre a união entre ele e deputados do PT em apoio à candidatura de Baleia Rossi (MDB-SP) à presidência da Câmara. Nos bastidores, Bolsonaro apoia a candidatura do deputado Arthur Lira (PP-AL), líder do Centrão.

"Não me surpreende que o presidente Bolsonaro critique a união de partidos em apoio à candidatura de Baleia Rossi à presidência da Câmara. Só compreendem o nosso gesto aqueles que defendem a democracia antes de tudo. Aqueles que respeitam diferenças e valorizam o diálogo", escreveu Maia, em seu perfil nas redes sociais.

Mais cedo, Bolsonaro questionou a união entre Rodrigo Maia e deputados do PT em apoio à candidatura de Rossi à presidência da Câmara. N

a ocasião, Bolsonaro citou o voto favorável de Maia ao impeachment de Dilma Rousseff (PT), em 2016, e caracterizou a suposta mudança de lado do deputado como um "jogo de poder".




#Fonte: UOL, em São Paulo
Revista Veja diz que Bolsonaro culpa Ministro da Saúde, e Deputado Rodrigo Maia Chama Presidente de 'Covarde' Revista Veja diz que Bolsonaro culpa Ministro da Saúde, e Deputado Rodrigo Maia Chama Presidente de 'Covarde' Reviewed by CanguaretamaDeFato on 10.1.21 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.