Results for TURISMO

Canguaretama: GOVERNADORA DO RN, FÁTIMA BEZERRA SE REÚNE COM PREFEITOS, PREFEITAS E REPRESENTANTES DE 23 MUNICÍPIOS PRAIANOS



Dando continuidade às ações com o objetivo de reforçar o cumprimento dos protocolos de retomada das atividades econômicas nas cidades litorâneas do Rio Grande do Norte, a governadora Fátima Bezerra se reuniu com prefeitos, prefeitas e representantes de 23 municípios praianos na tarde desta quinta-feira (30). 

A pauta da reunião foi o alinhamento das ações de apoio à fiscalização planejadas para o próximo final de semana para evitar aglomerações nas praias e proximidades, conforme já registrado em finais de semana anteriores. A meta é reduzir ainda mais a taxa de transmissão e de novos casos da Covid-19 e fazer com que as ações do Estado sejam cada vez mais eficientes.

Para isso, novamente, por meio do Pacto Pela Vida, o Governo do RN vai disponibilizar diversas equipes da Força de Segurança do Estado (Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros) para apoiar e fortalecer os efetivos de policiais e de agentes de saúde dos municípios.

Na oportunidade, Fernando Mineiro, secretário de Gestão de Projetos e Metas do Governo, coordenador da articulação do Pacto pela Vida, falou que ações das forças de segurança também deverão acontecer no interior, “especialmente nas áreas de barragem e lagoas, onde recebemos notícias que a população tem procurado bastante e de modo desordenado”, pontuou.
O secretário estadual de Saúde Pública, Cipriano Maia, reiterou aos participantes que, embora o Estado esteja em um momento de fazer jus à conquista da redução dos índices de transmissão e ao declínio de casos e óbitos por coronavírus, registrados na maioria das regiões, não vivemos um momento de relaxamento, pois a pandemia não acabou. “Precisamos ficar mais alertas do que já estamos, pois se não contermos a tendência da população em se aglomerar, corremos sérios riscos do aumento de casos”, enfatizou.
Estiveram presentes os seguintes prefeitos:  Iraneide Xavier Cortez Rodrigues Rebouças (Areia Branca), Adeilson Gomes de Oliveira (Baía Formosa), Maria de Fátima Borges Marinho (Canguaretama), Joaz Oliveira Mendes da Silva (Extremoz), Túlio Bezerra Lemos (Macau) e Francisco de Assis Pinheiro de Andrade (Touros).

Também estiveram presentes representantes das prefeituras de Parnamirim, Ceará Mirim, Natal, São Miguel do Gostoso, Georgino Avelino, Galinhos, Guamaré, Tibau do Sul, Caiçara do Norte, Maxaranguape, Nísia Floresta, Porto do Mangue, Pedra Grande, Rio do Fogo, São Bento do Norte e Tibau.
Canguaretama: GOVERNADORA DO RN, FÁTIMA BEZERRA SE REÚNE COM PREFEITOS, PREFEITAS E REPRESENTANTES DE 23 MUNICÍPIOS PRAIANOS Canguaretama: GOVERNADORA DO RN, FÁTIMA BEZERRA SE REÚNE COM PREFEITOS, PREFEITAS E REPRESENTANTES DE 23 MUNICÍPIOS PRAIANOS Reviewed by Canguaretama De Fato on 31.7.20 Rating: 5

PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO SUSPENDE FESTA DE RÉVEILLON; CARNAVAL TAMBÉM ESTÁ AMEAÇADO

 
Prefeitura do Rio suspende festa de réveillon; carnaval também está ameaçado Foto: Fernando Maia/EFE/Riotur

pandemia do novo coronavírus levou a Prefeitura do Rio de Janeiro a cancelar a tradicional festa de réveillon, que costuma atrair milhões de pessoas para a orla de Copacabana, na zona sul da cidade. O carnaval também está sob risco, caso não uma vacina contra a covid-19 não esteja disponível até fevereiro.
“Com relação ao réveillon, esse modelo tradicional que conhecemos e que praticamos na cidade há anos, assim como o carnaval, não é viável neste cenário de pandemia, sem a existência de uma vacina”, justificou a Prefeitura, em nota.
No texto, o governo municipal menciona que os festejos pela chegada de 2021 podem acontecer de diferentes formas, que não a tradicional. A Riotur, empresa de turismo do município, apresentará ao prefeito Marcelo Crivella nos próximos dias outros formatos possíveis para o evento da virada, sem presença direta de público, com transmissão pela televisão e plataformas digitais, “preservando prioritariamente a segurança das pessoas e considerando também uma atmosfera de reflexão e esperança diante de tantas perdas sofridas”.

A Riotur afirma que todas as possibilidades em análise teriam viabilidade financeira focada 100% na iniciativa privada, uma vez que os recursos municipais teriam como prioridade o combate à pandemia.

Quanto ao carnaval de 2021, a Riotur informa que, atendendo ao pedido da Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), não abriu a venda de ingressos para o setor turístico do Sambódromo. O órgão aguarda a próxima assembleia da Liesa, que definirá o rumo dos desfiles e comunicará à Prefeitura do Rio, diz a nota.

Tampouco há definição para o carnaval de rua no Rio, “já que o planejamento deste evento é naturalmente complexo e, no cenário atual, requer cuidados especiais”, lembra a Riotur.

“A festa reúne milhões de pessoas e, durante o período da folia, há uma intensa movimentação pela cidade, incluindo o aumento do uso do transporte público durante um extenso período de tempo. Para decisões, precisamos de uma análise de toda a situação, incluindo o número de casos, a evolução no tratamento da doença, a prevenção e a criação de uma vacina, visando sempre a segurança de todos. Vale lembrar ainda que o carnaval é um feriado nacional e envolve outras esferas, e não apenas a municipal, sendo, portanto, uma discussão muito mais ampla, que inclui principalmente resultados de estudos científicos”, informou.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou, no dia 17 de julho, o cancelamento do réveillon na Avenida Paulista. O evento de virada de ano atraiu 2 milhões de pessoas na última edição, das quais 41% não residiam na capital. A festa de ano-novo costuma incluir apresentações musicais e queima de fogos.

carnaval de rua e os desfiles das escolas de samba de São Paulo estão adiados para uma data ainda a ser definida em 2021. Há propostas para que as festividades ocorram no fim do mês de maio ou em julho.




#Fonte: Estadão
PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO SUSPENDE FESTA DE RÉVEILLON; CARNAVAL TAMBÉM ESTÁ AMEAÇADO PREFEITURA DO RIO DE JANEIRO SUSPENDE FESTA DE RÉVEILLON; CARNAVAL TAMBÉM ESTÁ AMEAÇADO Reviewed by Canguaretama De Fato on 26.7.20 Rating: 5

RN: REABERTURA DE HOTÉIS NA PIPA ANIMA EMPRESÁRIOS E CUIDADOS SÃO REFORÇADOS CONTRA NOVO CORONAVÍRUS

Após o decreto que regulamentou a reabertura gradual do comércio e empreendimentos, os empresários na praia da Pipa, um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte, se mostraram animados após o primeiro fim de semana com a volta dos serviços.

Além disso, nas redes sociais, muitos comentários destacavam os cuidados seguindo os protocolos de saúde e sanitário especificados para a prevenção ao novo coronavírus. A higienização já acontecia desde a chegada de funcionários e hóspedes bem como nos locais de acomodação, restaurante.

Isso tem acontecido em empreendimentos que são associados ao Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN). O gerente geral do Hotel Marinas, Eduardo Simonetti disse que conseguiu lotar o empreendimento “dentro dos protocolos de segurança, ou seja, 50% da ocupação. Mas foi tudo muito tranquilo o que nos deixou bastante satisfeitos com nossa equipe”.

Ele comentou que a preocupação de alguns hóspedes quanto ao protocolo de saúde chamou atenção. “Estamos cumprindo todas as medidas e usando álcool gel, máscaras, luvas, protetor facial além de aferir a temperatura e temos também o oxímetro (aparelho usado para medir a saturação de oxigênio no sangue e a frequência cardíaca)”, afirmou.

Para a gerente geral do Bosque da Praia, Quinta do Rio e Sibaúma Flats, Marina Brito, os turistas colaboraram e respeitaram o distanciamento social e o uso de máscaras, inclusive nos empreendimentos.

Segundo ela, foi percebido que todos os empreendimentos que abriram as portas tiveram o cuidado de seguir as recomendações com os protocolos e limite de ocupação.

Diante disso, os empresários estão bem animados com os próximos fins de semana e assim, aos poucos, irem retomando – dentro das recomendações do decreto – o funcionamento e a ocupação dos empreendimentos localizados em Pipa e na região de Tibau do Sul.
RN: REABERTURA DE HOTÉIS NA PIPA ANIMA EMPRESÁRIOS E CUIDADOS SÃO REFORÇADOS CONTRA NOVO CORONAVÍRUS RN: REABERTURA DE HOTÉIS NA PIPA ANIMA EMPRESÁRIOS E CUIDADOS SÃO REFORÇADOS CONTRA NOVO CORONAVÍRUS Reviewed by Canguaretama De Fato on 23.7.20 Rating: 5

RN é o Primeiro Destino do Brasil a Receber Selo de Turismo Seguro internacional

 
Empenhada em atender as melhores formas de se adaptar ao novo normal do turismo e dedicada a atingir os mais atuais protocolos de segurança sanitária de destinos turísticos, a Empresa Potiguar de Promoção Turística – EMPROTUR foi em busca do reconhecimento do WTTC – Conselho Mundial de Viagens e Turismo, com a requisição do selo de viagem segura criado pela entidade (Travel Safety Stamp).

O Rio Grande do Norte passou a ser o primeiro estado brasileiro a receber o selo que tem o respaldo da Organização Mundial do Turismo e de mais de 200 CEOs das principais empresas de turismo do mundo, tais como: Hilton, Radisson Hospitality, Marriott International, Expedia, InterContinental Hotels Group, Grupo Accor, Grupo Trip.com, Hyatt, Booking.com, entre outros.

O presidente da EMPROTUR, Bruno Reis, contou que o objetivo da ação é posicionar o Rio Grande do Norte como a melhor e mais segura opção de viagem. “É importante que o trade tenha confiança e credibilidade na venda do nosso destino para os turistas terem a melhor experiência de viagem por aqui”.

Para a secretária de turismo do RN, Aninha Costa, a referência do selo internacional traduz o trabalho que vem sendo realizado de forma profissional e participativa. “Para obtenção deste importante reconhecimento, contamos com a participação ativa do Sistema Fecomercio por meio do SENAC, Sebrae, Secretaria Estadual de Saúde do RN, todas as entidades do trade turístico potiguar e o conselho dos cinco polos turísticos do estado. Um trabalho realizado de forma conjunta buscando gerar os benefícios reais aos turistas e transformar o RN em um destino que planeja a atividade com seriedade e profissionalismo para colaborar com a retomada da economia em nosso estado“.

Importante destacar que para o selo ser validado, os protocolos precisam atender a requisitos que equilibrem segurança e viabilidade. Nesse sentido, são aceitos somente aqueles que propõe as devidas regras sanitárias, de saúde, desinfecção, distanciamento e segurança em equilíbrio com a viabilidade dos negócios de todos os tamanhos, de forma que possam ser realisticamente executadas.

SELO DO RN
Essa iniciativa se soma à criação do selo local, chamado Turismo + Protegido, que tem como objetivo capacitar os profissionais do setor e promover os serviços turísticos do Rio Grande do Norte. Lançaremos uma plataforma para que os viajantes tenham acesso às empresas do estado que fizerem adesão voluntária ao selo.
RN é o Primeiro Destino do Brasil a Receber Selo de Turismo Seguro internacional RN é o Primeiro Destino do Brasil a Receber Selo de Turismo Seguro internacional Reviewed by Canguaretama De Fato on 1.7.20 Rating: 5

BRASIL BARRADO! União Europeia Libera Turistas de 15 países, e Barra brasileiros, americanos, russos e indianos

Foto: KENZO TRIBOUILLARD / AFP
A União Europeia confirmou oficialmente nesta terça-feira que brasileiros e americanos serão barrados na reabertura das fronteiras externas do bloco, no dia 1° de julho, após mais de três meses fechadas. De início, o processo gradual permitirá apenas a visita de pessoas residentes em um grupo de 14 países que conseguiram controlar a pandemia de Covid-19 em seus territórios. Nas Américas, apenas Uruguai e Canadá foram incluídos no seleto rol.

A escolha da lista e seus critérios foram alvo de intensas discussões durante o final de semana, mas os 27 países-membros do bloco ratificaram o acordo nesta terça por maioria qualificada. Os países selecionados são: Argélia, Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Japão, Geórgia, Marrocos, Montenegro, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Tailândia, Tunísia e Uruguai.

A China seria o 15º país e seus cidadãos também poderão ter seu ingresso permitido, mas para isso Pequim precisará liberar a entrada de europeus em seu território, já que a reciprocidade é uma das condições exigidas por Bruxelas.

Brasileiros, americanos, russos e indianos — alguns dos maiores visitantes estrangeiros do bloco — continuarão vetados. Isto porque não se englobam nos três critérios traçados pelos europeus: que a tendência de contágios esteja estável ou decrescente; que sejam respeitados critérios internacionais de testagem, vigilância, contenção e rastreio de novos casos; e que o número de casos por 100 mil habitantes seja inferior à média europeia no dia 15 de junho.

Nas duas primeiras semanas deste mês, segundo o “The New York Times”, o bloco teve 16 novos casos por cada 100 mil habitantes, enquanto a estatística brasileira estava em 190 e a americana, em 107. Hoje, os dois países são os mais afetados pela pandemia: têm, respectivamente, 2,5 milhões de casos, com 126 mil mortes, e 1,3 milhão de casos, com 58 mil mortes.

Os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump tiveram posições semelhantes em relação ao vírus, minimizando seu impacto, duvidando de informações científicas e fazendo pressão para a retomada das atividades econômicas. Trump ainda permitiu, em meados de março, que a força-tarefa da Casa Branca para a Covid-19 divulgasse recomendações de isolamento social. Bolsonaro, no entanto, teve dois ministros da Saúde que se demitiram porque ele discordava das orientações defendidas por eles para conter a pandemia.

Outros países além dos 14 escolhidos também se englobariam nessas condições, mas se optou por uma lista mais seleta e política para permitir o acordo. A confiabilidade das estatísticas de diversas nações foi um impasse durante a discussão, deixando de fora diversas nações africanas, americanas e asiáticas, como a Venezuela, Angola, Cuba e Vietnã. A decisão de excluir os americanos também foi vista como uma crítica à maneira como o governo de Trump vem lidando com a pandemia.

Fechadas desde março
O critério da reciprocidade também parece ter sido usado arbitrariamente: a condição é aplicada aos chineses, mas não aos argelinos, cujo país mantém suas fronteiras fechadas. A lista será revisada a cada duas semanas, com possíveis inclusões ou exclusões, a depender da situação epidemiológica.

A lista, segundo fontes do jornal El País, provocou tensões entre os integrantes da UE: cada um defendia a abertura para países diferentes, em meio a preferências políticas e ao medo de que um erro desencadeie um novo surto de Covid-19. A corrida contra o relógio para aprovar a medida vem em meio ao início da alta temporada do verão, fundamental para o turismo no Velho Continente.

O texto aprovado nesta terça não passa de uma recomendação, o documento legal mais forte do bloco, mas deverá ser adotado unanimemente. Como as fronteiras da Zona Schengen são abertas, um viajante pode passar livremente de um país para o outro, o que implicaria uma responsabilidade coletiva.

Na prática, no entanto, os 27 países-membros se comprometeram a autorizar apenas cidadãos dos 14 países listados, mas poderão aplicar regras ainda mais restritas caso julguem necessário. Cada país poderá também determinar se irá impor restrições adicionais, como autoquarentenas para turistas. A recomendação da UE não se aplica à Irlanda ou à Dinamarca, países que têm um status especial no que diz respeito às suas fronteiras. No caso britânico, que passa por um período de transição pós-Brexit, a aplicação será voluntária.

Até o dia 16 de março, cidadãos de 67 países podiam visitar a União Europeia livremente, e outros 105 poderiam solicitar vistos. Frente à pandemia de Covid-19, da qual foi epicentro entre março e abril, o bloco tomou a medida sem precedentes de fechar suas fronteiras, buscando evitar medidas unilaterais. As fronteiras internas começaram a ser reabertas em 15 de junho, à medida que nações como Itália, França e Espanha, que já foram o epicentro da pandemia, começaram a controlar o número de novas contaminações e mortes.




#Fonte: O Globo
BRASIL BARRADO! União Europeia Libera Turistas de 15 países, e Barra brasileiros, americanos, russos e indianos BRASIL BARRADO! União Europeia Libera Turistas de 15 países, e Barra brasileiros, americanos, russos e indianos Reviewed by Canguaretama De Fato on 30.6.20 Rating: 5

No RN, 42% dos Negócios do Turismo Temem Não Reabrir se Isolamento Durar Por Mais Tempo

Créditos: Adriano AbreuHotel Ocean Palace foi o primeiro a anunciar a suspensão das atividades durante a pandemia em Natal e não há ainda perspectiva de quando será a reabertura

Mar, sol e dunas, que por muito tempo foram os principais atrativos para o turismo no Rio Grande do Norte, podem não ser suficientes para garantir uma recuperação do setor hoteleiro no momento pós-pandemia. A cadeia, composta por 52 setores da economia interligados no Estado, foi uma das mais afetadas pela crise da covid-19, e deve ser uma das últimas a se recuperar plenamente. Pesquisa realizada pela Empresa Potiguar de Promoção Turística, a Emprotur, aponta que 84% das empresas tiveram uma queda superior a 75% no faturamento, das quais 79% correspondem a Microeempreendedores Individuais. Do total, 42% (189 dos 450 pesquisados) dos que atuam na área do turismo acreditam que não serão capaz de sobreviver se o isolamento social perdurar por mais tempo, e 30% (135) estimam suportar apenas mais 30 dias. Dos hotéis, 57% tiveram registro de cancelamento em 100% das reservas, e 77% de pelo menos 75%.

Segundo o diretor do hotel Ocean Palace, o primeiro a anunciar a suspensão das atividades durante a pandemia em Natal, Ruy Gaspar, cerca de 20 mil empregos já foram perdidos no setor, e os autônomos são os mais afetados. Estimativa, segundo ele, é do Sindicato de Hoteis, Restaurantes, Bares e Similares do RN. Dentre os bares e restaurantes do Estado, que somam cerca de 5 mil, de acordo com a sede local da Associação de Brasileira Bares e Restaurantes, cerca de 2 mil estão em risco de fechar às portas definitivamente, a maior parte deles (cerca de 800) na capital potiguar.

Ruy Gaspar afirma que o cenário é de pessimismo diante da falta de previsão para a reabertura. "Fomos os primeiros a fechar, e havíamos anunciado a reabertura para setembro. Agora, não tenho mais nenhuma perspectiva de abrir de fato em setembro. Estou totalmente pessimista. Se continuar como está, o setor pode não se recuperar", afirma o diretor, que já ocupou a Secretaria de Turismo do Rio Grande do Norte. "As pessoas que foram demitidas em abril e maio ainda têm o dinheiro da rescisão, mas esse dinheiro está acabando. Veja o caso dos bugueiros, que são autônomos. Como essas pessoas estão vivendo?", diz Ruy Gaspar.

Artur Fontes, presidente da seção local da Abrasel, afirma que “a maior parte dos restaurantes está gastando e esgotando seus capitais de giro e suas reservas para conseguir garantir o pagamento da folha. Eles tentaram se adequar, mas a situação é muito difícil. Junho com certeza será o pior mês dentre todos até o momento, porque às reservas e garantias começam a acabar, e os créditos não estão chegando na ponta de fato”, afirma. A Abrasel estima que, em três meses de pandemia, o setor de alimentação fechou 3 mil empregos em aproximadamente 400 bares e restaurantes de Natal – 20% dos 2 mil estabelecimentos.

De acordo com um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a expectativa é de que o segmento só consiga recuperar sua capacidade ociosa em, no mínimo, 12 meses - para o turismo doméstico. Para o internacional, no entanto, o tempo estimado é de 24 meses. Estima-se que, no Estado, desde o dia 13 de março, 1,4 mil demissões já foram formalizadas e mais de 2 mil contratos foram suspensos, e 30% das vagas formais perdidas durante a crise podem não ser recuperadas de forma definitiva ainda em 2020. 

A Emprotur aponta que o setor tem influência de mais de 50% da arrecadação de 12% dos municípios potiguares. Nesse contexto, duas regiões se destacam no Estado: a Costa das Dunas, na qual 56% dos municípios afirmam que o turismo representa até 10% de sua arrecadação, e a região Serrana do Estado, onde 50% afirma que a participação do setor também significa até 10% da arrecadação local. 

Setor aposta em capacitação para novos protocolos de higiene
Apesar dos desafios, o turismo no Rio Grande do Norte possui condições propícias para aquilo que deve se tornar mais popular no segmento após a crise: biodiversidade e atrativos naturais com um clima favorável à prática de atividades ao ar livre, uma das apostas do setor, mas que vão demandar uma qualificação daqueles que atuam na área para as novas regras sanitárias.

Passar aos turistas uma sensação de segurança, tanto no atendimento em saúde que podem necessitar como nas barreiras sanitárias, e focar nos potenciais turistas de estados vizinhos, como Paraíba e Ceará, também são algumas das saídas pensadas pelos empresários para os primeiros estágios de recuperação, como explica o presidente do Sindicato de Hoteis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte, Habib Chalita. 
 
 
 
 
#Fonte: Tribuna do Norte

No RN, 42% dos Negócios do Turismo Temem Não Reabrir se Isolamento Durar Por Mais Tempo No RN, 42% dos Negócios do Turismo Temem Não Reabrir se Isolamento Durar Por Mais Tempo Reviewed by Canguaretama De Fato on 28.6.20 Rating: 5

NORDESTE TERÁ PREJUÍZO DE MAIS DE R$ 1 BILHÃO SEM FESTAS DE SÃO JOÃO

Casa Museu Mestre Vitalino localizado no Alto do Moura, em Caruaru  Foto: Leo Caldas/Folhapress

As bandeirolas não foram penduradas nas praças que seriam palco do arrasta-pé. A cerveja e o licor que seriam consumidos com voracidade entre um forró e outro ficaram nas prateleiras. E as barracas que venderiam pratos típicos como bolos e canjicas sequer abriram as portas.

O cancelamento e adiamento das festas de São João em função da pandemia do novo coronavírus deve resultar em um prejuízo de pelo menos R$ 1 bilhão na economia dos principais estados do Nordeste.
A estimativa refere-se apenas às maiores festas juninas de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Bahia. Mas o impacto é muito maior, já que são realizados arraiás de pequeno porte em quase todas as cidades nordestinas.
As cidades de Caruaru (PE) e de Campina Grande (PB), que realizam as duas festas de São João mais famosas do Brasil, deixaram de movimentar, juntas, R$ 400 milhões durante o período junino. Em Mossoró (RN), a festa previa uma movimentação de R$ 94 milhões, impacto frustrado pela pandemia.

Além da festa em si, o ciclo junino impacta toda uma cadeia produtiva, que inclui a produção de pratos típicos, licor artesanal, fogos de artifício, transporte aéreo, rodoviário, hotelaria e até aluguel por temporada de casas.

A safra começa ainda em maio, com a realização de festas privadas, o São João movimenta R$ 200 milhões e gera uma receita de ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) em junho que supera o mês de dezembro.

Em Caruaru, que atrai cerca de três milhões de pessoas durante o ciclo junino, o cancelamento da festa teve um impacto forte na geração de postos de trabalho. Ao todo, cerca de 12 mil empregos diretos e indiretos eram gerados na cidade nesta época do ano.
“Tínhamos sete funcionários só para vender comidas típicas durante o São João na cidade cenográfica que era montada em Caruaru. Sem a festa, o impacto é enorme. Planejamento foi por água abaixo”, diz o comerciante Henrique Lira e Silva, que há 20 anos lucrava com o São João.
A rede hoteleira da região, que tem ocupação de 100% durante os meses de maio e junho, está praticamente fechada. O presidente da ABIH-PE (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco), Eduardo Cavalcanti, afirma que a rede hoteleira no agreste e sertão do estado está funcionando com taxa de ocupação entre 5% e 10%.

Em Gravatá, cidade que atrai muitos turistas durante os festejos juninos, há apenas dois hotéis e uma pousada funcionando. Em Caruaru, grandes hotéis demitiram funcionários ou deram férias coletivas.

Na famosa feira de Caruaru, ainda fechada em razão da pandemia do novo coronavírus, alguns comerciantes que vendiam roupas e decorações juninas tentam driblar a restrição. Mas não havia clientes.

Na Bahia, onde as principais festas são pulverizadas em várias cidades de médio porte, o governo estima que o São João movimenta cerca de R$ 550 milhões na economia.

Já as 60 maiores festas privadas de São João, São Pedro e Santo Antônio arrecadaram cerca de R$ 110 milhões e atraíram cerca de 500 mil pessoas.
“Existe toda uma cadeia produtiva que foi interrompida. Não é só o dinheiro que deixa de circular, mas todos os negócios que deixam de ser gerados”, avalia o economista Gustavo Pessoti, diretor de indicadores da SEI, órgão de estudos econômicos e sociais ligado à secretaria do Planejamento da Bahia.
Ele destaca que, levando em conta tamanho da economia da Bahia, o impacto econômico não do cancelamento da festa não é representativo. A perda total estimada representaria cerca de 1% de Produto Interno Bruto.

Por outro lado, diz, há uma perda enorme do ponto de vista cultural, turístico e de geração de empregos. A Bahia costuma gerar entre 40 mil e 50 mil postos de trabalho temporários no mês de junho.

Além dos setores de turismo e entretenimento, segmentos como o de alimentos e bebidas também tendem a ser impactados com o cancelamento da festa.

Patrocinadora das principais festas de São João do Nordeste, a Ambev não revela números sobre queda de vendas no período. Mas afirma que teve que mudar todo o seu planejamento para o São João por causa da pandemia.





#Fonte: Folha de São Paulo
NORDESTE TERÁ PREJUÍZO DE MAIS DE R$ 1 BILHÃO SEM FESTAS DE SÃO JOÃO NORDESTE TERÁ PREJUÍZO DE MAIS DE R$ 1 BILHÃO SEM FESTAS DE SÃO JOÃO Reviewed by Canguaretama De Fato on 25.6.20 Rating: 5

Manoa Parque Aquático “encerra as atividades” em Meio à Crise no RN

Foto/Reprodução

O empreendimento que sempre viveu no seu limite financeiro não aguentou 90 dias fechado e a perda da alta estação turística das férias de julho e até mesmo parte da alta temporada do verão.
O Blog do BG não conseguiu confirmar a informação com a administração do empreendimento através dos telefones que constam no site e na página do Facebook.

Mas falamos com um funcionário que ratificou o que nos foi passado pelo fornecedor e acrescentou: “aqui foram encerradas as atividades, são aproximadamente 70 funcionários demitidos sem indenização devido a situação financeira dramática da empresa. Inclusive fomos orientados a procurar a Justiça” que continuou dizendo: “estou muito triste porque praticamente todo mundo aqui é da região. E vamos trabalhar onde?”, lamentou.
Imagem: reprodução

Também conseguimos contato com o prefeito de Maxaranguape, Luiz Eduardo, que nos disse que as informações que chegam a prefeitura, infelizmente, são sim do encerramento das atividades, apesar do estabelecimento não ter procurado a prefeitura e nem ele ter tido contato com os proprietários.
Manoa Parque Aquático “encerra as atividades” em Meio à Crise no RN Manoa Parque Aquático “encerra as atividades” em Meio à Crise no RN Reviewed by Canguaretama De Fato on 21.6.20 Rating: 5

RN: Prefeitura Libera Reabertura de Pipa em 1º de julho, Mas Fixa Medidas de Prevenção

Foto: José Aldenir/Agora RN

A Prefeitura de Tibau do Sul vai liberar a reabertura do setor produtivo do destino turístico Pipa a partir do próximo dia 1 de julho.
O município de Tibau do Sul está fechado, em isolamento, como medida de enfrentamento ao novo coronavírus, desde março

A data foi anunciada após reunião com o Gabinete de Crise realizada na última segunda-feira (15), que considerou os encaminhamentos de uma sequência de quatro reuniões com o setor produtivo nos dias 20/3, 27/4, 15/5 e 1/6.
Para viabilizar essa reabertura, o Governo Municipal de Tibau do Sul elaborou uma cartilha com as medidas preventivas que deverão ser adotadas pelos diversos segmentos de todo o setor produtivo do destino turístico.

Os estabelecimentos autorizados a retomar as atividades com público devem seguir todas as medidas sanitárias para garantir a higiene, evitar aglomeração de pessoas para combater a disseminação do coronavírus, como manter distância de, no mínimo, 1,5 metro entre as pessoas; disponibilizar álcool em gel; marcar o distanciamento no solo; exigir o uso de máscaras por funcionários e clientes e dispensar do trabalho presencial funcionários com possíveis sintomas, que tenham doenças crônicas e/ou mais de 60 anos, entre outras medidas.

Todos os detalhes com as medidas seguem em anexo na cartilha, a qual será parte integrante do Decreto Municipal que será publicado.

O município de Tibau do Sul está fechado, em isolamento, como medida de enfrentamento ao novo coronavírus, desde março, tempo que entendeu-se suficiente para que a população se conscientizasse da responsabilidade social coletiva frente aos riscos de contaminação, além do que preparou a rede básica de saúde para os atendimentos voltados à emergência, dentre outras providências.

É importante mencionar que, havendo agravamento dos casos ou qualquer situação que apresente risco à coletividade, o Governo Municipal de Tibau do Sul poderá rever sua decisão a qualquer momento.
RN: Prefeitura Libera Reabertura de Pipa em 1º de julho, Mas Fixa Medidas de Prevenção RN: Prefeitura Libera Reabertura de Pipa em 1º de julho, Mas Fixa Medidas de Prevenção Reviewed by Canguaretama De Fato on 18.6.20 Rating: 5

Conheça o Protocolo Sanitário do Turismo do RN Para Retomada; ACESSE AQUI O PLANO

SFOTO: Emprotur
Como forma de tentar recuperar um dos principais setores econômicos do estado, sete entidades do trade turístico se reuniram para formular um Plano de Retomada do Turismo. A iniciativa visa a construção de uma série de ações integradas para garantir a saúde pública e organizar a retomada gradativa do turismo, preservando os empregos e auxiliando na segurança econômica e sanitária para uma atividade mais segura em todo o estado.

O Plano possui ciclos norteadores com capacitações sobre a implementação do protocolo para os profissionais que atuam na atividade turística, priorizando em sua primeira etapa os meios de hospedagem, bares e restaurantes e agências de receptivo. Ao todo, o projeto contempla seis fases e prevê 18 meses de atividades.

Em maio, foram concluídas as duas primeiras ações previstas: criação de um protocolo de segurança sanitária, liderado pela Secretaria de Turismo do Estado do Rio Grande do Norte, e um plano de treinamento para habilitar as empresas a atuarem de acordo com as novas recomendações de biossegurança.

O foco do Plano Básico de Segurança Sanitária é oferecer diretrizes de enfrentamento à COVID 19 para a retomada da atividade turística. A ideia do documento é definir um fluxo geral de atendimento a ser seguido pelas empresas do turismo, em casos de turistas com suspeita de COVID-19 ou que informem estar com sintomas da doença.

Além disso, também apresenta critérios mínimos gerais de higiene pessoal, segurança sanitária, distanciamento social e sanitização de ambientes a serem seguidas pelos segmentos relacionados à atividade turística.

E para auxiliar as empresas na implementação das mudanças, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac RN) irá ofertar capacitações online gratuitas, para trabalhadores do segmento.

“As capacitações que iremos ofertar em parceria com o Senac é o grande diferencial do Rio Grande do Norte nessa retomada da atividade turística. Seremos pioneiros nessa estratégia de destrinchar, por meios de cursos específicos, a funcionalidade dos protocolos e com isso nos prepararmos, de fato, para voltar a receber as pessoas de forma segura”, declara o presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística, Bruno Reis.

“A importância do Plano de Retomada das Atividades Turísticas se dá pela relação de confiança e credibilidade com o mercado. Após essa crise, as pessoas passarão a procurar os destinos que se sintam mais seguras. Este passa a ser um forte diferencial de competitividade. Os nossos empreendimentos turísticos passarão a cumprir todos os protocolos de segurança sanitária, com todos os trabalhadores do turismo fazendo capacitações gratuitas no Senac, a partir de junho, para conhecerem e atuarem dentro das normativas. Estamos articulando esse trabalho com diversos setores da sociedade.”, afirma Aninha Costa, secretária de turismo do RN.

Conheça o Protocolo Sanitário do Turismo do RN Para Retomada; ACESSE AQUI O PLANO Conheça o Protocolo Sanitário do Turismo do RN Para Retomada; ACESSE AQUI O PLANO Reviewed by Canguaretama De Fato on 3.6.20 Rating: 5

RN: Entidades do Trade Turístico Apresentam Protocolo Sanitário para Retomada das Atividades

Imagem: reprodução

Como forma de tentar recuperar um dos principais setores econômicos do estado, sete entidades do trade turístico se reuniram para formular um Plano de Retomada do Turismo. A iniciativa visa a construção de uma série de ações integradas para garantir a saúde pública e organizar a retomada gradativa do turismo, preservando os empregos e auxiliando na segurança econômica e sanitária para uma atividade mais segura em todo o estado.

Ao todo, o projeto contempla seis fases e prevê 18 meses de atividades. Em maio, foram concluídas as duas primeiras ações previstas: criação de um protocolo de segurança sanitária e um plano de treinamento para habilitar as empresas a atuarem de acordo com as novas recomendações de biossegurança.

O foco deste Plano Básico de Segurança Sanitária é oferecer diretrizes de enfrentamento à COVID 19 para a retomada da atividade turística. O documento define um fluxo geral de atendimento a ser seguido pelas empresas do turismo, em casos de turistas com suspeita de COVID-19 ou que informem estar com sintomas da doença.

Além disso, também apresenta critérios mínimos gerais de higiene pessoal, segurança sanitária, distanciamento social e sanitização de ambientes a serem seguidas pelos segmentos relacionados à atividade turística, notadamente os Meios de Hospedagem; Receptivos e Áreas de Visitação e Alimentos e Bebidas.

O projeto envolve ainda a implementação de um Selo que ateste que as organizações estão aptas a seguirem os protocolos de saúde definidos; e a elaboração de um Plano de promoção do destino RN.

E para auxiliar as empresas na implementação das mudanças, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac RN) irá ofertar capacitações online gratuitas, para trabalhadores do segmento. Inicialmente, serão 500 vagas, disponibilizadas através do Programa Senac de Gratuidade (PSG). As matrículas estarão disponíveis de 8 a 12 de junho, e as aulas terão início a partir do dia 15/06, no site do Senac RN.

Também está prevista a consolidação de um cronograma de implantação das medidas de retomada e alinhamento do governo na construção e execução de estratégias para o fortalecimento do turismo

A iniciativa é liderada pela Secretaria Estadual do Turismo (Setur), em parceria com o Sistema Fecomércio RN, por meio do Senac, a Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN), Sindicato das Empresas de Turismo do Rio Grande do Norte (Sindetur RN), e a Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária do RN (SUVISA-RN).

“A importância do Plano de Retomada das Atividades Turísticas se dá pela relação de confiança e credibilidade com o mercado. Após essa crise, as pessoas passarão a procurar os destinos que se sintam mais segura. Este passa a ser é um forte diferencial de competitividade. Os nossos empreendimentos turísticos passarão a cumprir todos os protocolos de segurança sanitária, com todos os trabalhadores do turismo fazendo capacitações gratuitas no Senac, a partir de junho, para conhecerem e atuarem dentro das normativas. Estamos articulando esse trabalho com diversos setores da sociedade.”, afirma Aninha Costa, secretária de turismo do RN.

O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, destacou que o setor de turismo é um dos que mais estão sofrendo com as restrições impostas pela pandemia do novo Coronavírus. “Foi o primeiro a fechar suas portas, e deve ser um dos últimos a ter seu funcionamento pleno restabelecido”, afirmou.

Para ele, o Plano de Retomada do Turismo do RN é importante porque os estabelecimentos precisam estar preparados para a retomada. “Os turistas que chegarem ao Rio Grande do Norte precisam se sentir seguros ao circular no nosso estado, ao se hospedar em nossos hotéis. Então, este Plano servirá não só para preparar o estabelecimentos e profissionais do turismo. Ele servirá para atestar ao visitante que aqueles locais e profissionais estão qualificados e preparados para recebê-lo. Este conjunto de ações previstas no documento, e que está sendo construídos a diversas mãos pelas entidades que fazem o setor aqui no estado, devem fazer com que o nosso destino saia mais fortalecido desta crise”, disse Queiroz.

O presidente da ABIH-RN, José Odécio Jr. também destacou a importância desse plano para a retomada do setor turístico, em especial da indústria hoteleira, que está com as portas fechadas desde março de 2020, e espera que essa iniciativa auxilie a reabertura das empresas de forma segura. “Esse plano de segurança sanitária é fundamental para pensarmos na reabertura das atividades do turismo do Rio Grande do Norte e tomar providências de higienização e controle, gerando mais segurança para os nossos colaboradores e hóspedes. Com esse trabalho que está se iniciando agora, e juntos com o apoio dessas instituições, damos um passo adiante com o nosso compromisso de combate a pandemia no sentido de estabelecer premissas básicas de cuidados sanitários, mesmo que esse protocolo ainda sofra alterações no decorrer do tempo e das avaliações. E mais do que nunca a parceria com o Senac que irá oferecer treinamentos para os nossos colabores é importantíssima, pois qualifica aqueles que estarão no dia a dia em contato com os turistas. Estamos todos de parabéns com essa iniciativa.”, comentou José Odécio.

“O desafio de reerguer o setor é enorme, pois de um lado existirão consumidores mais exigentes e preocupados com sua segurança e do outro, empresas com sérias dificuldades financeiras e com severas limitações de investimento. O trabalho conjunto iniciado nesta primeira etapa do projeto da retomada do turismo do RN mostra que é possível enfrentar este desafio. Somente com muita união, perseverança e empenho de todos, conseguiremos retomar os níveis de fluxo turístico de antes da pandemia”, ressaltou George Gosson, hoteleiro e presidente do Natal Convention Bureau.
RN: Entidades do Trade Turístico Apresentam Protocolo Sanitário para Retomada das Atividades RN: Entidades do Trade Turístico Apresentam Protocolo Sanitário para Retomada das Atividades Reviewed by Canguaretama De Fato on 31.5.20 Rating: 5

Espanha Amplia Relaxamento e Quer Volta de Turistas em Julho

Foto: © Reuters/Juan Medina/Direitos Reservados
A Espanha dá novos passos para sair de um dos confinamentos mais rigorosos da Europa nesta segunda-feira (25), com mais trânsito na ruas de suas duas principais cidades, a volta às aulas em algumas comunidades e o apelo do governo pelo retorno dos turistas estrangeiros, uma das principais fontes de renda do país.

O segundo país mais visitado do mundo fechou as portas e as praias em meados de março para enfrentar a pandemia de covid-19, mas o pior já passou, e prevê revogar em questão de semanas o isolamento de 14 dias que impõe aos recém-chegado do exterior, o que coincidirá com a livre circulação dos espanhóis por todo o território assim que o estado de alarme for suspenso.

“É coerente ir planejando as férias para vir à Espanha em julho”, disse a ministra do Turismo, Reyes Maroto, em entrevista à Rádio Onda Cero, repetindo a mensagem divulgada no fim de semana pelo primeiro-ministro, Pedro Sánchez, com o objetivo de salvar a temporada de verão de um setor que normalmente atrai 80 milhões de visitantes por ano.

A vida regressa às ruas da capital Madri, muito afetada pela crise sanitária, e é possível entrar no Parque del Retiro pela primeira vez em mais de dois meses, enquanto alguns terraços de bares e restaurantes voltam a subir a persiana.

“É ótimo, já estava com vontade. E meu cachorro também”, disse Anna Pardo enquanto caminhava sob o sol com seu animal de estimação pelo Retiro.

Passeando, fazendo exercícios e conversando, os madrilenhos cruzam as avenidas sombreadas do parque ou param para contemplar seu pequeno lago, no qual faltam os botes de remo de passeio habituais.

Nas ruas se vê um tráfego maior nesta segunda-feira. Embora agora os bares e restaurantes possam abrir seus espaços exteriores com metade da capacidade, poucos terraços voltaram a abrir de manhã em Madri – seus donos mediam a rentabilidade do negócio, atendendo somente alguns poucos clientes.

Embora a maioria dos alunos continue em casa estudando pela internet, alguns colégios do País Basco reabriram.

A Espanha registrou 235.772 casos e 28.752 mortes por covid-19 até agora. A taxa de contágio parece sob controle, e o número diário de mortes estava abaixo de 100 na última semana.

Os convites de Sánchez e Maroto aos turistas nacionais e estrangeiros deram um impulso forte de 14% às ações de grupos como a Meliá, rede hoteleira, uma das ações mais afetadas pela pandemia.

A metade do país, incluindo os arquipélagos turísticos das Canárias e Baleares, já se encontra na chamada fase 2, em que as restrições de movimento e comércio são ainda mais flexibilizadas.




#Fonte: Agência Brasil
Espanha Amplia Relaxamento e Quer Volta de Turistas em Julho Espanha Amplia Relaxamento e Quer Volta de Turistas em Julho Reviewed by Canguaretama De Fato on 25.5.20 Rating: 5

Hotel Barreira Roxa em Natal/RN Irá Abrigar Servidores da Saúde que Comprovem Conviver com Pessoas do Grupo de Risco ou Infectadas pelo Coronavírus na Mesma Residência

Foto: Reprodução/Youtube

NOTA CONJUNTA
O Governo do Estado do Rio Grande do Norte e a Fecomércio, que administra o Hotel Barreira Roxa por comodato do Estado, decidiram que o hotel irá abrigar servidores da saúde que comprovem conviver com pessoas do grupo de risco ou que tenham pessoas infectadas pelo novo coronavírus na mesma residência.

A decisão, válida durante o período da pandemia da Covid-19, tem como objetivo evitar que esses servidores precisem se afastar do trabalho em consequência de contato com familiares que possam estar contaminados pelos vírus, como também evitar expor o risco às pessoas de seu círculo familiar.

As secretarias estaduais de Saúde e do Gabinete Civil junto com administradores do Hotel Barreira Roxa estão acertando os detalhes para enquadrar o local ao cumprimento dos protocolos dos órgãos de saúde.

Hotel Barreira Roxa em Natal/RN Irá Abrigar Servidores da Saúde que Comprovem Conviver com Pessoas do Grupo de Risco ou Infectadas pelo Coronavírus na Mesma Residência Hotel Barreira Roxa em Natal/RN Irá Abrigar Servidores da Saúde que Comprovem Conviver com Pessoas do Grupo de Risco ou Infectadas pelo Coronavírus na Mesma Residência Reviewed by Canguaretama De Fato on 23.3.20 Rating: 5

Chegou ao Brasil: Coronavírus: Como Evitar o Contágio em Voos

Foto/Reprodução

As companhias aéreas estrangeiras têm suspendido voos para Wuhan, cidade que é o atual epicentro do surto de coronavírus. Porém, elas continuam voando para outros países que já têm casos comprovados da doença: atualmente, são mais de 500 ocorrências em 27 países.

Por esse motivo, os aeroportos e os aviões ainda são motivo de atenção no combate à propagação do vírus. Recentemente, agentes de saúde têm realizado exames nas áreas de desembarque e os passageiros têm usado máscaras sobre o nariz e a boca como forma de se protegerem da contaminação.

Porém, em entrevista ao Bloomberg, o médico e consultor da Associação Internacional de Transporte Aéreo, David Powell, afirmou que as tais máscaras não são a medida de prevenção mais indicada. 

Veja a seguir mitos e verdades sobre a propagação do coronavírus em voos.

As máscaras são a melhor forma de se proteger do coronavírus: mito.
Powell afirma que existem poucas evidências da efetividade das máscaras que protegem o nariz e a boca. Além disso, ao longo dos voos as peças vão se tornando muito úmidas e acabam se tornando um local propício para o desenvolvimento de vírus e bactérias.
É possível se contaminar encostando em assentos e apoios de braço dos aviões: mito.
Contrair o coronavírus pelo contato com partes da aeronave é altamente improvável, segundo o médico. Isso porque as limpezas usuais feitas pelas companhias aéreas normalmente já são suficientes para manter uma higienização de qualidade.
O ar da aeronave propaga a doença: mito.
Na verdade, o ar dos aviões ajuda a combater a propagação de qualquer vírus. Diferente do ar respirado no dia a dia, em aeronaves trata-se de uma combinação de ar fresco com ar recirculado, assim como é feito em salas de cirurgias.
A melhor forma de evitar o coronavírus é higienizando as mãos: verdade.
Segundo Powell, é difícil que o contágio aconteça pelo ar ou pelo contato com objetos. É muito mais provável que ele se dê pelo contato entre pessoas, principalmente quando alguém espirra e tosse. Dessa forma, a melhor forma de impedir que a doença se espalhe é lavando e secando as mãos com frequência. Caso isso não seja possível, o álcool em gel é uma boa alternativa. Quando tossir ou espirrar, é importante não cobrir o rosto com as mãos, e sim com algum material que possa ser descartado logo em seguida.
Existem lugares no avião que são melhores para evitar doenças: verdade.
Um estudo da Universidade de Emory, nos Estados Unidos, indicou que uma das maneiras de evitar qualquer doença contagiosa – não só o coronavírus – durante um voo, é se sentando perto da janela. Isso porque os passageiros que ficam longe do corredor se levantam menos e tem um contato significativamente menor com outros passageiros.
Status do coronavírus
Até a quarta-feira (26), mais de 80 mil pessoas foram infectadas e 2.708 morreram em decorrência da doença covid-19 (nome dado pela Organização Mundial da Saúde).
Na terça-feira, 25 de fevereiro, foi registrado o primeiro caso de coronavírus no Brasil, em São Paulo. Trata-se de um homem de 61 anos que esteve na região da Lombardia entre os dias 9 e 21 de fevereiro.




#Fonte: Viagem e Turismo
Chegou ao Brasil: Coronavírus: Como Evitar o Contágio em Voos Chegou ao Brasil: Coronavírus: Como Evitar o Contágio em Voos Reviewed by Canguaretama De Fato on 27.2.20 Rating: 5

RN: Veja a programação completa de shows, bloquinhos e desfiles do carnaval de Natal deste domingo (23)




Foto: Pedro Vitorino
Monobloco, Roberta Sá e a Banda Submarino Amarelo são algumas das atrações deste domingo (23) nos palcos montados para o carnaval em sete pontos de Natal. Além das atrações nos palcos, os foliões potiguares e turistas ainda podem participar dos blocos de rua e assistir às apresentações das escolas de samba do grupo A, na Ribeira.
Domingo de carnaval também é dia do tradicional desfile das Kengas, às 18h, no palco montado no centro histórico da capital potiguar. Após o desfile, a atração da noite será Glória Groove.
Confira a programação completa deste domingo (23):
Polo Ponta Negra
Priscila Braw – 20h

Monobloco – 22h
Polo Petrópolis
Banda Submarino Amarelo – 18h
Andiara Freitas – 20h
Roberta Sá – 22h
Polo Centro Histórico (Palco Beco da Lama)
Acorda Clubber TAJEUXFRANK e 08 Dj’s – 14h
João Batista do Fama (Palco Kengas) – 16h
Desfile das Kengas – Dj Samir – 18h
Glória Groove (Palco Kengas) – 20h
Polo Redinha
Igor Dantas – 19h
CPI da Folia – 21h
Polo Redinha (Palco Buiú)
Nara Costa – 20h30
Babado Novo – 22h30
Polo Oeste
Robson Paiva – 18h
Som e Balanço – 20h
Capilé – 22h
Polo Praia – Pranchão Praia
Banda Detroit – 15h
Polo Ribeira
Desfile das Escolas de Samba do Grupo A – 20h
Blocos
As Kengas – Local: Rua Gonçalves Lêdo, Bardallos Comida & Arte, Cidade Alta – Hora: Concentração ás 14h, saída às 15h
Bardallos – Local: Rua Gonçalves Lêdo, Bardallos Comida & Arte, Cidade Alta – Hora: 14h às 15h
Suvaco do Careca – Local: Praia Shopping, bairro de Ponta Negra – Hora: Concentração às 16h, saída às 18h
Se Brincar Eu Pego – Local: sai da frente do Illusion Hotel – Av. Praia de Pirangi – Hora: 18h
Submarino Amarelo – Local: Avenida Floriano Peixoto, Petrópolis – Hora: 16h
Liga da Folia – Local: Avenida Itapetinga, Gela ZN – Hora: 11h às 12h
As Kengas de Tambores – Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 11h, saída às 12h
As Raparigas – Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 12h, saída às 12h30
Sem preconceito eu vou – Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 16h, saída às 17h
Bloco do Seu Boga – Local: Avenida Ulisses Guimarães, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 15h30, saída às 16h
Banda do Siri – Local: Praça do Cruzeiro, bairro da Redinha – Hora: Concentração às 16h, saída às 17h
Língua Ferina – Local: Rua Vereador Cauby Barroca, bairro das Rocas – Hora: Concentração às 18h, saída às 19h
Guarafolia – Local: Rua Praia do Meio, bairro Guarapes – Hora: 15h à meia-noite
Pinto Pelado – Local: Rua Pereira Simões, bairro das Rocas – Hora: Concentração às 21h30, saída às 22h
Alegria das Dunas – Local: Rua Anequim, bairro Pajuçara – Hora: Concentração às 15h, saída às 16h
Mamadeira na boca – Local: Avenida Mário Negócio, bairro das Quintas – Hora: Concentração às 11h, saída às 14h
Estouradores de Tomate da Rua Monte Carlos – Local: Rua Monte Carlos, Praia do Meio – Hora: Concentração às 19h, saída às 20h
Só falta você – Local: 2º Travessa João XXIII, bairro de Mãe Luíza – Hora: Concentração ás 18h, saída às 20h
Carnaval de Mãe – Local: Rua Guanabara, bairro Mãe Luíza – Hora: 19h às 4h
Carnapraia – Local: quadra de esportes da Praia do Forte – Hora: 16h
Bloco Ualaah – Local: Rua Lourenço Wagner, bairro Planalto – Hora: 15h
Os Fuleiros do Barro Duro – Local: Rua João XXIII, bairro Mãe Luíza – Hora: 14h
Bloco do Mosquito – Local: Praça da Amizade, Parque dos Coqueiros – Hora: 16h
Arena Castanhola – Local: Rua Nova Central, bairro Quintas – Hora: 19h
G1
RN: Veja a programação completa de shows, bloquinhos e desfiles do carnaval de Natal deste domingo (23) RN: Veja a programação completa de shows, bloquinhos e desfiles do carnaval de Natal deste domingo (23) Reviewed by CanguaretamaDeFato on 23.2.20 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.