Results for EDUCAÇÃO

Retomada das Aulas na Rede Estadual do RN Deve Ocorrer em 1º de fevereiro de 2021 de Forma Híbrida

 

Foto/Reprodução

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte prevê a retomada das aulas em formato híbrido - com atividades presenciais e não presenciais - a partir de 1º fevereiro de 2021.

A data está em uma portaria publicada nesta quinta-feira (22) no Diário Oficial do Estado, que define como deverá ser a conclusão do ano letivo de 2020.

De acordo com a pasta, porém, a volta depende de como estará a situação epidemiológica no estado, no período.

Ainda de acordo com a Secretaria de Educação, a determinação é de que até o próximo dia 18 de dezembro, todas as unidades escolares e todos os professores desenvolvam atividades não presenciais relativas aos períodos de suspensão das atividades.

O objetivo será alcançar pelo menos 75% da carga horária mínima de 800 horas do ano letivo de 2020, independentemente do quantidade de dias letivos indicados no calendário escolar.

A carga horária correspondente aos 25% restantes do ano letivo de 2020 será cumprida no período de 1º de fevereiro a 12 de março de 2021, "com a efetivação do ensino híbrido", associando atividades presenciais e não presenciais.

Ao G1, a pasta confirmou que o início do ano letivo de 2021 é previsto para logo após esse período, na segunda quinzena de março.

O calendário, no entanto, ainda está em fase de conclusão.

Retomada das Aulas na Rede Estadual do RN Deve Ocorrer em 1º de fevereiro de 2021 de Forma Híbrida Retomada das Aulas na Rede Estadual do RN Deve Ocorrer em 1º de fevereiro de 2021 de Forma Híbrida Reviewed by Canguaretama De Fato on 23.10.20 Rating: 5

11 estados já reabriram escolas públicas estaduais ou têm previsão de retomar aula presencial

 Foto: Getty Images

Quase sete meses após o fechamento das escolas devido à pandemia do novo coronavírus, em março deste ano, 11 redes de ensino públicas estaduais já retomaram as atividades presenciais ou têm uma previsão para a volta às salas de aula ainda em 2020. O levantamento foi realizado pelo UOL junto às secretarias estaduais de educação.

Os dados foram obtidos entre os dias 6 e 9 de outubro. No Amazonas, em Pernambuco e em São Paulo, já houve retorno de pelo menos parte dos alunos para as escolas das redes públicas estaduais. Outros oito estados planejam a retomada para o mês de outubro: Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Os demais 15 estados e o Distrito Federal continuam sem previsão para a volta das atividades presenciais nas redes estaduais em 2020. O RN é um deles.

Em alguns dos estados, as decisões valem também para as escolas particulares. Em outros, fica a cargo de cada município definir se há condições para a reabertura dos colégios privados.

Particulares

No gráfico abaixo, é possível verificar a situação nas diferentes localidades. Para o levantamento da situação de reabertura das escolas particulares pelos estados do país, o UOL utilizou dados disponibilizados pela Fenep (Federação Nacional de Escolas Particulares).

Em São Paulo, por exemplo, as escolas foram abertas, em princípio, apenas para atividades extracurriculares, de acolhimento e reforço. Nos demais estados, os alunos já voltaram a ter aulas letivas.

Tanto na rede particular como nas redes públicas de todos os estados, o retorno deve acontecer de forma gradual e obedecendo a uma série de critérios sanitários: entre eles, o estabelecimento de turmas menores, mantendo o distanciamento social, e a obrigatoriedade do uso de máscara por alunos, funcionários e professores.

 

 

 

 

#Fonte: UOL

11 estados já reabriram escolas públicas estaduais ou têm previsão de retomar aula presencial 11 estados já reabriram escolas públicas estaduais ou têm previsão de retomar aula presencial Reviewed by Canguaretama De Fato on 12.10.20 Rating: 5

Justiça mantém decreto que suspende aulas presenciais na rede pública do RN

 Crédito da foto: SVM Aulas estão suspensas desde o início da pandemia em março

A 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal negou pedido feito por um advogado de Natal em uma ação popular para que a Justiça suspendesse os efeitos do decreto estadual que determinou a suspensão das aulas presenciais na rede pública de ensino estadual. O autor argumentou que o dispositivo se encontra contaminado por de vício de legalidade por desvio de finalidade. Segundo a decisão, a interferência do Judiciário, neste caso, se revelaria incabível e precipitada.

O advogado ajuizou a ação contra o Estado do Rio Grande do Norte, com o objetivo de invalidar o Decreto Estadual nº 29.989/2020, que determinou a manutenção da suspensão das aulas presenciais na rede pública de ensino estadual, diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Alegou que a disposição normativa contida no decreto não leva em consideração os dados técnicos que apontam para o reduzido número de óbitos e o baixo nível de contágio entre crianças em idade escolar, além da própria diminuição da taxa de transmissibilidade da doença no âmbito estadual.

Destacou, ainda, que outras atividades de menor importância já tiveram a sua execução liberada pelo Governo Estadual, enquanto que a realização das aulas presenciais, as quais traduzem um serviço básico de educação, seguem prejudicadas.

Análise

Ao analisar a demanda, o magistrado esclareceu ser preciso considerar que o ato normativo foi editado como meio de combate à propagação do novo coronavírus, figurando, portanto, como uma medida de proteção à saúde, a qual se enquadra na competência comum da União, dos Estados e dos Municípios, na forma do art. 23, inciso II, da Constituição Federal.

Dessa forma, diante da finalidade da edição do ato normativo, o juiz Bruno Montenegro considerou perfeitamente legítima a regulamentação dessa matéria pelo Poder Executivo Estadual. Ele também destacou, inclusive, que o Supremo Tribunal Federal se pronunciou, na apreciação de questão correlata, nesse mesmo sentido. “Sob essa perspectiva, e em conformidade com a posição do Supremo Tribunal Federal acerca da matéria, não vislumbro qualquer pecha que possa atribuir os rótulos de inconstitucionalidade ou de ilegalidade ao decreto hostilizado”, consignou.

Ao ponderar sobre os requisitos para o deferimento da medida, o juiz salientou que não visualizou a plausibilidade do direito invocado para justificar a concessão da medida liminar requerida. Explicou que o autor sustentou que a redução do índice de contágio da doença, atrelada ao baixo número de óbitos entre crianças com idade escolar seriam suficientes para determinar o retorno imediato das aulas presenciais na rede pública de ensino.

Entretanto, destacou que a análise da pretensão autoral não pode ser levada a cabo de maneira dissociada do contexto fático vivenciado pela sociedade civil no presente momento, acometida que está por um quadro grave e preocupante de saúde pública, ocasionado pela disseminação do novo coronavírus.

Pandemia

Lembrou o magistrado que a pandemia Covid-19 adquiriu magnitude global, e o Brasil não fugiu à regra, tendo sido desafiado a enfrentar focos de disseminação da doença em todas as regiões do país. E que, com base nesse cenário, foi decretado inclusive situação de calamidade pública em nível nacional.

Neste sentido, alertou que a referida situação demanda a consulta constante aos traços da cautela e da ponderação, além da adoção de medidas enérgicas por parte do Poder Público, as quais devem ser tomadas de modo coordenado.

Justiça mantém decreto que suspende aulas presenciais na rede pública do RN Justiça mantém decreto que suspende aulas presenciais na rede pública do RN Reviewed by Canguaretama De Fato on 11.10.20 Rating: 5

Conselho Nacional de Educação Dá Aval para Aulas Remotas até 2021

 O Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou resolução que permite o ensino remoto nas escolas públicas e particulares até 31 de dezembro de 2021, conforme o Estadão adiantou mais cedo. 

Desta forma, as redes de ensino podem organizar calendários, com reposições de aulas perdidas e avaliações, não apenas até o fim do ano.

Conselho Nacional de Educação Dá Aval para Aulas Remotas até 2021 Conselho Nacional de Educação Dá Aval para Aulas Remotas até 2021 Reviewed by CanguaretamaDeFato on 7.10.20 Rating: 5

MEC Publica Edital do Fies com 50 mil Vagas Remanescentes; Inscrições Abrem no dia 6

 Foto: Reprodução/Fies/MEC

O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta terça-feira (29) o edital para preencher 50 mil vagas remanescentes do Financiamento Estudantil (Fies). As inscrições serão abertas em 6 de outubro no site oficial do Fies (http://fies.mec.gov.br/)

As vagas remanescentes são aquelas que “sobraram” ao longo dos processos seletivos, seja por desistência dos candidatos ou por falta de documentação. No segundo semestre de 2020, 0 Fies havia ofertado 30 mil vagas para financiamentos.

O Fies é um programa de financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas e, atualmente, possui duas categorias: a primeira, oferece vagas com juros zero para os estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos. Já a segunda, chamada P-Fies, é direcionada para os estudantes com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.

O edital de vagas remanescentes atende somente à primeira modalidade.

Entidades do ensino superior privado têm afirmado que a pandemia poderá impactar no aumento da evasão escolar, devido à falta de emprego e diminuição de renda dos alunos matriculados ou das suas famílias.

Outro fator que ameaça o setor é o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Previsto para novembro, as provas serão realizadas em janeiro e fevereiro de 2021, com resultados divulgados em março. A alteração no cronograma poderá atrasar o ingresso de 3,5 milhões de universitários no ensino superior privado, de acordo com um levantamento da Abmes.

A estimativa se refere ao número de estudantes que se inscrevem no Enem de olho na nota de desempenho. Além de permitir a disputa de vagas em universidades públicas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o Enem é usado nas instituições particulares como forma de vestibular, para concessão de bolsas de estudo, ou descontos progressivos nas mensalidades. Para concorrer às bolsas do Fies, também é preciso ter feito o exame a partir de 2010.

 

 

 

#Fonte: G1

MEC Publica Edital do Fies com 50 mil Vagas Remanescentes; Inscrições Abrem no dia 6 MEC Publica Edital do Fies com 50 mil Vagas Remanescentes; Inscrições Abrem no dia 6 Reviewed by Canguaretama De Fato on 29.9.20 Rating: 5

OPORTUNIDADE: UFRN Abre Edital para Vagas 270 vagas Residuais dos Cursos de Graduação

 

Foto: Reprodução

O Processo Seletivo para Reocupação de Vagas Residuais para ingresso nos cursos de graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) estará com inscrições abertas de 23 de setembro a 14 de outubro. Realizada pelo Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) da UFRN, a seleção disponibiliza 270 vagas do período letivo 2020.2 para os campi de Natal, Caicó, Currais Novos e Santa Cruz.

As vagas residuais são geradas por cancelamentos de curso e serão distribuídas conforme o edital. Podem participar da seleção estudantes com vínculo ativo em curso de graduação pertencente à Instituição Nacional de Ensino Superior e autorizado pelo Ministério da Educação (MEC); portadores de diploma ou certificado de conclusão de graduação; além de ex-alunos de graduação da UFRN que tiveram seu programa cancelado por abandono de curso, por decurso de prazo máximo para conclusão ou por insuficiência de desempenho acadêmico.

A seleção será realizada em duas etapas, sendo a primeira denominada de Avaliação do Resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e a segunda etapa será a Avaliação Institucional e Acadêmica. As inscrições devem ser efetuadas, de 23 de setembro a 14 de outubro, exclusivamente pela internet. O candidato deve ter Cadastro de Pessoa Física (CPF) e documento de identificação, bem como deve preencher todos os campos do Formulário de Inscrição. Confira o edital e a agenda do candidato na página da Comperve.

 

 

 

 

#Fonte: UFRN

OPORTUNIDADE: UFRN Abre Edital para Vagas 270 vagas Residuais dos Cursos de Graduação OPORTUNIDADE: UFRN Abre Edital para Vagas 270 vagas Residuais dos Cursos de Graduação Reviewed by Canguaretama De Fato on 21.9.20 Rating: 5

GOVERNO DO RN OFICIALIZA SUSPENSÃO DAS AULAS PRESENCIAIS NA REDE PÚBLICA EM 2020

 

Com o encerramento do prazo estipulado em agosto pelo Decreto Estadual nº 29.928, o Governo do Estado publica neste sábado (19) a nova diretriz que suspende as aulas presenciais na rede pública estadual em 2020 e autoriza o retorno das atividades na rede privada de ensino e nas Instituições de Ensino Superior (IES) a partir do dia 5 de outubro no Rio Grande do Norte.

O documento, assinado pela governadora Fátima Bezerra e pelos secretários de Estado Cipriano Maia (Saúde Pública), Getúlio Marques (Educação) e Raimundo Alves (Gabinete Civil), regulamenta a decisão anunciada no dia 8 de setembro.

De acordo com o decreto, a suspensão das aulas presenciais na rede estadual “não poderá impor prejuízos ao calendário acadêmico dos estudantes, especialmente daqueles que estão cursando o último ano do ensino fundamental e do ensino médio, incluindo a educação de jovens e adultos”. A determinação do Governo é de que a carga horária deverá ser cumprida por meio de estratégias alternativas de ensino.

O decreto ainda aponta uma ressalva. A Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC), em conjunto com o Gabinete Civil, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e os conselhos estaduais de Educação e de Saúde, pode estabelecer atividades presenciais em situações excepcionais. As eventuais atividades podem ser implementadas de maneira regional e individualizada, levando em consideração os dados epidemiológicos de cada região e as adequações estruturais das escolas.

REDE PRIVADA

Com relação à rede privada de ensino e as Instituições de Ensino Superior (IES), além da autorização do retorno no próximo dia 5, o decreto pontua que devem ser mantidas as atividades não presenciais para alunos, professores e funcionários que se encontrem no grupo de risco, que vivam com integrantes do grupo de risco e para aqueles cujos responsáveis optarem pela modalidade não presencial.

GOVERNO DO RN OFICIALIZA SUSPENSÃO DAS AULAS PRESENCIAIS NA REDE PÚBLICA EM 2020 GOVERNO DO RN OFICIALIZA SUSPENSÃO DAS AULAS PRESENCIAIS NA REDE PÚBLICA EM 2020 Reviewed by Canguaretama De Fato on 19.9.20 Rating: 5

Estudante de Medicina do Interior do RN é Preso Suspeito de Fraude em Vestibular

 

Foto/Reprodução

Um estudante de medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) se apresentou nesta terça-feira (15) à Delegacia Especializada de Capturas (Decap), em Natal. Ele é suspeito de participação no esquema de venda de vagas em cursos de medicina e estava foragido. A prisão preventiva é um desdobramento da chamada Operação Asclépio Verita, deflagrada pela Polícia Civil de Assis, em São Paulo, que prendeu envolvidos em cinco estados.

O homem tem 25 anos e é natural de Apodi, na região Oeste do RN. Ele foi interrogado durante seis horas e confessou a participação na fraude, de acordo com o delegado Odilon Teodósio, titular da Decap.

"Ele revelou que entrou para essa organização criminosa porque se viu na necessidade de fazer manutenção financeira própria, e achou que o ganho era expressivo. Conheceu alguns destes que foram presos à época de residência universitária. Se empolgou e chegou a fazer provas em três universidades - Faculdade de Medicina do ABC Paulista, em São José dos Campos e na Faculdade Tiradentes, de Jaboatão dos Guararapes", disse Odilon.

O delegado lembrou que, no esquema, estudantes de medicina e médicos faziam vestibulares (provas) no lugar de outras pessoas, com uso de identidade falsa, com o objetivo de garantir a aprovação em cursos de medicina de universidades particulares bem conceituadas. "Esse grupo era formado por estudantes de medicina e alguns até formados em medicina. Eles fizeram várias provas Brasil afora. Esses alunos que acessavam as universidades chegavam a pagar até R$ 80 mil para esse grupo organizado", falou.

"Nas cidades onde iam, faziam as provas com o nome de terceiro. Quando aprovado, quem assumia era o aluno 'fantasma'. Esse trabalho chegava a render a quem fazia as provas até R$ 20 mil no fim de semana, fora as passagens de avião. Isso se espalhou pelo Brasil", completou.

Odilon Teodósio ressaltou que "grande parte do esquema era feito no Rio Grande do Norte". "O indivíduo que fazia a prova no lugar do aluno recebia uma identidade falsa, feita aqui em Natal. Quem fazia essa identidade já foi identificado, a polícia está procurando. Já tem mandado de prisão", lembrou.

Sobre os outros presos no Rio Grande do Norte durante a operação, Odilon conta que "a maioria cumpriu prisão temporária de cinco e dez dias, foram interrogados pelos delegados que vieram de São Paulo", e depois foram liberados pela justiça. Destacou também que agora vem a fase de análise do grande volume de material que foi apreendido com os envolvidos.

 

 

 

#Fonte: G1

Estudante de Medicina do Interior do RN é Preso Suspeito de Fraude em Vestibular Estudante de Medicina do Interior do RN é Preso Suspeito de Fraude em Vestibular Reviewed by Canguaretama De Fato on 16.9.20 Rating: 5

Ex-engraxate, Compra a dona da UNP no Brasil por R$ 4 bilhões

 

Neste domingo, 13, foi anunciado que o “Grupo Ser Educacional” assumirá todas as operações da Universidade internacional “Laureate”. O valor estimado da transação é 4 bilhões de reais.

O adquirente é o paraibano José Janguiê Diniz, ex-engraxate, nascido em 21 de março de 1964, no distrito de Santana dos Garrotes, na Paraíba. Da infância pobre e rural dividiu o seu tempo de dificuldades entre o trabalho e a escola. Da persistência veio a firme vontade de vencer na vida.

Ele é o maior exemplo para os alunos das suas instituições de ensino. Aos 8 anos, montou o primeiro “empreendimento”: uma caixa de engraxate. Depois, trocou pela venda de laranjas. Os pais sempre o incentivaram a estudar. Formou-se em direito na Universidade Federal de Pernambuco.

Tornou-se juiz do trabalho. Graduou-se, ainda, em Letras na Unicap e ensinou na Faculdade de Direito de Olinda Escreveu vários livros sobre direito e educação. A origem do seu atual grupo educacional foi o “Bureau Jurídico”, curso preparatório para concursos públicos. Janguiê sempre teve visão global: investiu na realização de congressos nacionais e internacionais, na área jurídica.

Em 2003 criou a Faculdade Mauricio de Nassau no Recife e a partir daí não parou de crescer. O “Ser Educacional” mantém a UNINASSAU, UNINABUCO, UNAMA, UNIVERITAS e UNIVERITAS/UNG. É o maior grupo educacional do Norte/Nordeste. No RN funciona através da Faculdade UNINASSAU, em Natal; a Faculdade Nassau em Parnamirim e a Faculdade Uninassau, em Mossoró.

A negociação criará grupo de ensino superior, com cerca de 450 mil estudantes, mais de 100 campi universitários e 500 polos de ensino em 26 estados e DF. A compra da “Laureate” agregará cursos na área de saúde, especialmente em Medicina, além de 11 instituições de ensino.

Amplia a presença em quase todos os estados do Brasil.

Por justiça Janguiê Diniz merece homenagem ao adquirir a a “Laureate”, uma organização internacional de ensino, com várias unidades no mundo.

Sem dúvida, demonstração de extrema competência e arrojo. Merece a admiração, sobretudo dos seus conterrâneos nordestinos.

 

 

 

 

Fonte: BLOG DO NEY LOPES

Ex-engraxate, Compra a dona da UNP no Brasil por R$ 4 bilhões Ex-engraxate, Compra a dona da UNP no Brasil por R$ 4 bilhões Reviewed by Canguaretama De Fato on 14.9.20 Rating: 5

RN: Confira termo de Autorização que Precisará ser Assinado Pelos pais ou Responsáveis no Retorno das Aulas Presenciais em Escolas Privadas em Natal

 


Foto: Reprodução/DOM

Decreto municipal publicado nesta quinta-feira(10) na capital potiguar autoriza o retorno gradual e responsável das aulas presenciais da rede privada de ensino no âmbito do Município do Natal – desde que atendidas as regras estabelecidas no protocolo específico, assim como também prévia e expressa autorização dos responsáveis, conforme destaque. íntegra aqui.

VEJA MAIS: Confira decreto municipal em Natal que autoriza retorno aulas presenciais, e ainda o protocolo de segurança aos alunos, pais e escolas

RN: Confira termo de Autorização que Precisará ser Assinado Pelos pais ou Responsáveis no Retorno das Aulas Presenciais em Escolas Privadas em Natal RN: Confira termo de Autorização que Precisará ser Assinado Pelos pais ou Responsáveis no Retorno das Aulas Presenciais em Escolas Privadas em Natal  Reviewed by Canguaretama De Fato on 10.9.20 Rating: 5

Governadora Fátima Bezerra Anuncia que Aulas Presenciais na Rede Pública do RN Só Voltam em 2021

 

Foto/Reprodução

 Aulas em escolas privadas, no entanto, devem voltar no dia 5 de outubro

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), afirmou nesta terça-feira 8 que as aulas presenciais na rede pública de ensino só devem retornar em 2021. A decisão foi articulada junto às gestões municipais.

“Em 2020, as escolas darão continuidade às atividades não-presenciais, intensificando aulas online por plataformas digitais. O plano de retomada priorizará a preparação das estruturas físicas e pedagógicas para assegurar a segurança dos estudantes e dos profissionais”, disse a governadora.

No entanto, para as escolas particulares, continua valendo o indicativo de retorno para o dia 5 de outubro, desde que os colégios sigam as recomendações do comitê científico estadual para uma retomada segura. Segundo a versão preliminar do protocolo para a retomada, as atividades serão reiniciadas de forma gradual, por meio de rodízio.

Na manhã desta terça 8, representantes de escolas particulares e pais de alunos fizeram um protesto na praça Sete de Setembro, no centro da capital potiguar, para pedir a retomada das atividades presenciais.

Enquete

A decisão pelo retorno apenas em 2021 teve como um dos principais motivadores o resultado da enquete feita pela Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer do RN (SEEC) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação do RN (Undime-RN).

A pergunta era “As escolas devem retomar as atividades presenciais com os estudantes em 2020?”. A consulta ficou aberta ao público até sexta-feira 4 e a maioria das pessoas respondeu que prefere o retorno das aulas apenas com a vacina para Covid-19 disponível.

 

 

 

 

 

#Fonte: Agora RN

Governadora Fátima Bezerra Anuncia que Aulas Presenciais na Rede Pública do RN Só Voltam em 2021 Governadora Fátima Bezerra Anuncia que Aulas Presenciais na Rede Pública do RN Só Voltam em 2021 Reviewed by Canguaretama De Fato on 9.9.20 Rating: 5

PESQUISADORES DO RN DESENVOLVEM NOVO FÁRMACO PARA TRATAR GLAUCOMA

 

Pesquisadores potiguares desenvolveram novas composições para o tratamento do glaucoma, doença que pode levar o paciente à cegueira, se não for diagnosticada e tratada. A inovação é possível por meio da nanobiotecnologia, gerando um produto de absorção mais fácil na superfície ocular do que os fármacos convencionais.

A pesquisa foi realizada pelos professores do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da UnP (PPGB-UnP), Profa. Dra. Maria Aparecida Medeiros Maciel e Prof. Dr. Francisco Irochima Pinheiro, idealizadores do projeto, que desenvolveram composições oftálmicas a base de cloridrato de pilocarpina (CLPC) encapsulado por meio da nanobiotecnologia. Os novos formulados de CLPC têm liberação lenta e prolongada com maior adsorção e absorção na superfície ocular, além de minimizar os efeitos colaterais e adversos, se comparados aos fármacos tradicionais.

O glaucoma é considerado como a principal causa de cegueira irreversível no mundo, e isso ocorre por apresentar um quadro assintomático na maioria dos casos. É uma doença ocular caracterizada por alteração do nervo óptico que leva a um dano irreversível das fibras nervosas e, consequentemente, perda da visão. Essa lesão pode ser causada por um aumento da pressão ocular ou uma alteração do fluxo sanguíneo no nervo óptico.

Os medicamentos convencionais utilizados no tratamento do glaucoma ajudam no controle da pressão ocular e da doença, mas podem causar também muitos efeitos colaterais como dor de cabeça, ardor, coceira, vermelhidão e irritação nos olhos, o que leva muitos pacientes a abandonarem o tratamento. Esses fármacos tradicionais têm limitações de penetração na superfície ocular e, por serem administrados em elevadas concentrações causam efeitos adversos. Os nanobioformualdos desenvolvidos à base de CLPC, além de apresentar uma maior absorção na superfície ocular é atóxica, o que os torna menos invasivos ao tratamento do glaucoma.

A pesquisa conta com a parceria da empresa Ophthalmos S.A. especializada em desenvolver fórmulas e medicamentos oftalmológicos, com atuação no mercado farmacêutico desde 1983. A empresa aprovou a pesquisa e, ressaltou que o cloridrato de pilocarpina já é comercializado para uso oftalmológico na sua forma não encapsulada, tendo, portanto, credibilidade no mercado farmacêutico. Agora, eles vão atuar como parceiros nas pesquisas do fármaco na sua forma encapsulada.

Também integram as pesquisas, os professores doutores Francisco Humberto Xavier Júnior (PPGB-UnP) e Heryka Myrna Maia Ramalho (PPGB-UnP), juntamente com o doutorando Joherbson Deivid dos Santos Pereira do PPGB-Rede Renorbio (Nucleadora UFRN) e a colaboradora de pesquisas Dra. Maria Beatriz Mesquita Cansanção Felipe.

A patente dos novos formulados de CLPC encontra-se publicada neste mês de agosto na Revista da Propriedade Industrial (RPI), que é vinculada ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) e foi encaminhada pelo INPI, para a provação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

PESQUISADORES DO RN DESENVOLVEM NOVO FÁRMACO PARA TRATAR GLAUCOMA PESQUISADORES DO RN DESENVOLVEM NOVO FÁRMACO PARA TRATAR GLAUCOMA Reviewed by Canguaretama De Fato on 8.9.20 Rating: 5

UFRN retoma aulas remotas com casos de alunos isolados no interior sem internet e estrutura para acompanhamento

FOTO: ILUSTRATIVA/© Marcelo Camargo/Agência Brasil

A UFRN retomou as aulas de modo remoto nesta data. Só que muitos alunos não tem condições de acompanhar as aulas devido a falta de estrutura. Chega ao Blog, como um exemplo, um caso de uma pessoa que mora na residencia da UFRN, e quando teve a pandemia, foi mandada de volta pra casa para o interior. O drama começa a partir de então. Nesse interior, a casa dela não tem acesso a uma estrutura minima de internet ou computador. No caso específico, já se foi mandado colocar internet várias vezes, mas as empresas que colocam na região dão a justificativa que a localização onde essa pessoa mora não é favorável.

Segundo o caso relatado ao Blog, desde junho pra cá a UFRN não tomou um posicionamento favorável ao retorno destes que apenas querem estudar. Ainda no caso como exemplo, essa pessoa solicitou o auxilio instrumental, mas, devido a greve dos Correios, o equipamento ainda não chegou.

“O retorno para a residência da UFRN foi solicitado de forma até humilhante, pois somente com ele é possível ter acesso as condições mínimas para estudo”, disse uma fonte ao Blog do Bg.

UFRN retoma aulas remotas com casos de alunos isolados no interior sem internet e estrutura para acompanhamento UFRN retoma aulas remotas com casos de alunos isolados no interior sem internet e estrutura para acompanhamento Reviewed by Canguaretama De Fato on 8.9.20 Rating: 5

Professores Ameaçam Iniciar Greve Caso Aulas Sejam Retomadas no RN

 

 
O Sindicato dos Trabalhadores de Educação do Rio Grande do Norte (Sinte) é contrário à retomada das aulas presenciais nas escolas potiguares a partir de 5 de outubro, que foi anunciada nesta quinta-feira 3 pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura (Seec). A categoria ameaça deflagrar greve caso a data seja referendada pelo governo.

Segundo o coordenador-geral do Sinte, Bruno Vital, as escolas públicas não estão preparadas para receber estudantes nem profissionais. “Somos contrários [ao retorno das aulas] e faremos greve se abrirem as públicas”,
disse ele Ainda de acordo com Bruno, a entidade sindical vai se reunir nos próximos dias com os representantes do governo do Estado para discutir o assunto.

O anúncio liberando aulas presenciais nas escolas públicas e privadas a partir do dia 5 de outubro foi feito pelo secretário estadual de Educação, Getúlio Marques, em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira 3. De acordo com ele, as atividades serão permitidas desde que as instituições sigam protocolos de saúde e os municípios estejam com uma situação epidemiológica para a Covid-19 controlada.

No entanto, uma das justificativas para o Sinte ir de encontro ao projeto estadual é a insegurança sanitária no ambiente físico das escolas da rede pública estadual. “Não há segurança. A escola é um espaço de alto contágio, Manaus está demonstrando isso”, citou ele, abordando o caso da capital do Estado do Amazonas.

Desde que as aulas foram retomadas pela rede pública amazonense, há pouco mais de 20 dias, mais de 300 professores já foram infectados pela Covid-19. Por conta disso, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas solicitou ao governo do Estado a suspensão das aulas. Não houve uma decisão sobre o assunto até o momento.

No caso do Rio do Grande do Norte, de acordo com levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado, um terço das escolas da rede pública não se preparou para a retomada das aulas durante a pandemia do novo coronavírus. O órgão recomendou aos gestores públicos – Estado e municípios – a elaboração de protocolos para quando houver o retorno às atividades presenciais, incluindo a realização de avaliação diagnóstica dos alunos e a adoção de medidas sanitárias e de higiene.

Os conselheiros também solicitaram ações para o cumprimento das 800 horas letivas obrigatórias, bem como sejam adotadas estratégias para oferecer aulas e conteúdos pedagógicos, on-line e off-line, durante o período de suspensão das atividades presenciais, a todos os alunos.

Além do problema da segurança biossanitária na estrutura física das escolas potiguares, a volta às aulas presenciais no Rio Grande do Norte representa potencial risco para 212 mil potiguares, segundo dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O grupo é formado por idosos e os adultos com problemas crônicos de saúde que convivem diariamente com crianças e adolescentes em idade escolar (4 aos 17 anos).

Professores Ameaçam Iniciar Greve Caso Aulas Sejam Retomadas no RN Professores Ameaçam Iniciar Greve Caso Aulas Sejam Retomadas no RN Reviewed by Canguaretama De Fato on 4.9.20 Rating: 5

RN: ESCOLAS PRIVADAS E FAMÍLIAS FARÃO UM ‘MANIFESTO PELA EDUCAÇÃO’ NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA (8)

 

Um grupo formado por pais e gestores de escolas privadas, que têm se dedicado à luta para oferecer a opção de escolha para as famílias, no que se refere ao retorno das aulas presenciais, fará uma mobilização na próxima terça-feira, 08 de setembro, para chamar a atenção das autoridades sobre os inúmeros prejuízos causados pelo fechamento do ambiente escolar. O Sindicato das Escolas particulares do RN também participa do ato. 

De acordo com o grupo, as escolas que estão preparadas para seguir, rigorosamente, os protocolos de segurança sanitária, tendo em vista os inúmeros prejuízos causados pelo fechamento do ambiente escolar, podem voltar a funcionar com a modalidade presencial, oferecendo simultaneamente a modalidade remota, de forma que as famílias possam escolher a opção que mais atende às suas necessidades e limitações. O grupo defende ainda que, devidamente adaptadas à nova realidade, e seguindo protocolos de biossegurança, o retorno às aulas na rede privada oferecem ainda um espaço de experiência prévia para que as escolas públicas possam, sequencialmente, oferecer o direito à educação a todos, como preconiza nossa Constituição.

RN: ESCOLAS PRIVADAS E FAMÍLIAS FARÃO UM ‘MANIFESTO PELA EDUCAÇÃO’ NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA (8) RN: ESCOLAS PRIVADAS E FAMÍLIAS FARÃO UM ‘MANIFESTO PELA EDUCAÇÃO’ NA PRÓXIMA TERÇA-FEIRA (8) Reviewed by Canguaretama De Fato on 4.9.20 Rating: 5

GOVERNO DO RN ANUNCIA RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS A PARTIR DE 5 DE OUTUBRO

 

O governo do Rio Grande do Norte anunciou deverá liberar retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do estado a partir do dia 5 de outubro, desde que as escolas sigam protocolos de sanidade e distanciamento. A afirmação foi feita pelo secretário de Educação, Getúlio Marques, em entrevista coletiva realizada no início da tarde desta quinta-feira (3) em Natal.

As aulas estavam suspensas desde o dia 18 de março e o último decreto editado pelo governo do estado mantinha a suspensão até o próximo dia 18. De acordo com o governo o novo decreto do estado deve ser publicado até a próxima semana.

“São duas semanas após a data prevista (do fim do decreto atual), para termos a possibilidade de todas as escolas se preparem para este retorno. Públicas e privadas vão estar nesse decreto”, afirmou Getúlio.

 

 

 

#Fonte: G1

GOVERNO DO RN ANUNCIA RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS A PARTIR DE 5 DE OUTUBRO GOVERNO DO RN ANUNCIA RETORNO DAS AULAS PRESENCIAIS A PARTIR DE 5 DE OUTUBRO Reviewed by Canguaretama De Fato on 3.9.20 Rating: 5

Ação popular Pede à Justiça Retorno de Aulas Presenciais nas Escolas Particulares do RN

 

Uma ação popular com pedido de liminar contra o Governo do Rio Grande do Norte para a retomada das aulas presenciais nas escolas particulares foi protocolada na segunda-feira 31 na 1ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

O pedido é para autorizar o imediato retorno às aulas presenciais da rede privada de ensino no Rio Grande do Norte, seguindo os Protocolos de Biossegurança necessários, tomando-se por analogia o Protocolo de Biossegurança para Retorno das Atividades nas Instituições Federais divulgado pelo MEC.

O pedido reforça que a retomada será feita em sistema de oferta híbrido de aulas telepresenciais e presenciais. Com isso, apontam os responsáveis pela ação, haveria a manutenção de até 50% dos alunos em sala de aula, uso obrigatório de máscaras por alunos, professores e colaboradores, fornecimento de álcool gel 70% (setenta por cento), além de distanciamento entre as mesas de cada aluno, dentre outras medidas de prevenção previstas no mencionado protocolo e recomendadas pela OMS.

O autor da ação é o economista Werner Jost. Ele alega, entre outros pontos, que os dados epidemiológicos da Covid-19 apresentam queda nas últimas semanas em todo o Rio Grande do Norte.

“Conforme se depreende das recomendações acima elencadas, é possível o retorno seguro às atividades normais com a adoção das medidas alhures, aliadas com a diminuição da Taxa de Transmissão e da Taxa de Ocupação de Leitos Clínicos e Críticos no RN. Nesse sentido, as escolas particulares, atentas e em consonância com as recomendações e orientações dos Órgãos de Saúde, já vêm elaborando os seus planos de retorno de atividades presenciais, de maneira a reabrir as suas portas tão logo seja autorizado”, diz a peça.

A ação também apresenta os protocolos de segurança que serão utilizados nas escolas privadas para a retomada segura das atividades. “Já houve praticamente o retorno presencial de todas as atividades econômicas e sociais, de modo que, certamente, os adultos que estão trabalhando fora de casa, frequentando bares e restaurantes, academias, praias e outros ambientes, poderão servir até mais como potenciais fontes de transmissão do que os alunos que passam parte do dia em um ambiente escolar controlado”, diz a peça.

A ação popular caiu nas mãos da juíza Patrícia Gondim Moreira Pereira, da 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal. No entanto, nesta terça-feira 1º, ela determinou que o processo seja redistribuído por sorteio.

Ação popular Pede à Justiça Retorno de Aulas Presenciais nas Escolas Particulares do RN Ação popular Pede à Justiça Retorno de Aulas Presenciais nas Escolas Particulares do RN Reviewed by Canguaretama De Fato on 2.9.20 Rating: 5

RN: Prefeitura de Natal prorroga suspensão das aulas na Rede Municipal de Ensino até 30 de setembro

 

Ilustrativa

O prefeito Álvaro Dias prorrogou a suspensão das aulas na Rede Pública Municipal de Ensino de Natal até o dia 30 de setembro de 2020. O novo decreto nº. 12.040, de 30 de agosto de 2020, foi publicado na edição extra do Diário Oficial do Município, desta segunda-feira (31). De acordo com a Prefeitura do Natal, este prazo poderá ser revisto a qualquer tempo, antecipado ou prorrogado.

A necessidade de se manter a suspensão das aulas dá-se em razão da grave crise de saúde pública decorrente da pandemia da Covid-19 (novo coronavírus), reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS).  Considerando o decreto municipal nº. 11.923, de 20 de março de 2020, que declarou estado de calamidade pública no Município de Natal, e o decreto de nº 11.967, de 28 de maio de 2020, que tratou da suspensão das aulas, é necessário manter o adiamento das atividades escolares.

Hoje, a rede municipal de ensino de Natal conta com 146 unidades de ensino, sendo 74 Centros Municipais de Educação Infantil e 72 Escolas de Ensino Fundamental, atendendo no total 58.478 estudantes matriculados.

RN: Prefeitura de Natal prorroga suspensão das aulas na Rede Municipal de Ensino até 30 de setembro RN: Prefeitura de Natal prorroga suspensão das aulas na Rede Municipal de Ensino até 30 de setembro Reviewed by Canguaretama De Fato on 1.9.20 Rating: 5

Volta às Aulas no RN Será Discutida Nesta Quarta-feira (2)

 Créditos: Magnus NascimentoEscolas particulares adotaram protocolo rígido e estão prontas para o retornoEscolas particulares adotaram protocolo rígido e estão prontas para o retorno


O Rio Grande do Norte voltará a discutir a possibilidade de retorno às aulas esta semana. O comitê técnico-científico de Enfrentamento à Covid-19 da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) se reúne na quarta-feira (2) para dar um parecer sobre o retorno das aulas presenciais no Rio Grande do Norte. Os cientistas farão uma análise do atual cenário epidemiológico da pandemia e do protocolo de segurança apresentado pelas escolas privadas na última semana. As aulas presenciais estão suspensas desde o dia 18 de março por um decreto em vigor até 14 de setembro.

Um elemento novo nessa discussão é a liberação para retorno de escolas particulares no Ceará, estado vizinho cujo quadro de covid foi muito mais grave que no Rio Grande do Norte. No estado governado  por Camilo Santana (PT) foi autorizado o retorno das aulas presenciais na rede particular a partir desta terça-feira, 1º de setembro. Apenas creches e aulas da pré-escola voltariam na data, em Fortaleza e outros municípios da região metropolitana. As instituições poderão funcionar com 30% da capacidade, e os pais precisam ter a opção de manter o ensino remoto.

De acordo com a jornalista Laurita Arruda, que mantém na Tribuna do Norte o blog Território Livre, "uma fonte bem informada do Governo Fátima Bezerra" teria informado que a decisão de Camilo deve influenciar na definição com relação ao Rio Grande do Norte. 

Os representantes das escolas particulares do Rio Grande do Norte, principalmente de Natal, afirmam que o retorno proposto segue um modelo semelhante, com revezamento de alunos e opção do ensino remoto para os pais que não se sentirem seguros em enviar seus filhos. “As escolas particulares não querem voltar por cima de forma irresponsável. Temos um protocolo rígido”, afirmou no dia 17 de agosto Gustavo Matias, participante do comitê científico formado pela rede privada.

De acordo a infectologista Marise Reis, participante do comitê científico, o retorno das aulas ainda está em discussão porque a situação atual da pandemia ainda é considerada preocupante pela continuidade do surgimento de novos casos e óbitos. Até a noite desta sexta-feira, 28, o Rio Grande do Norte possuía 61.211 casos confirmados do novo coronavírus e 2.224 óbitos. “A grande preocupação hoje é que ainda há novos casos e óbitos causados pela Covid-19. Enquanto houver casos e óbitos, não estaremos tranquilos. O retorno das aulas pode significar uma maior veiculação do vírus”, disse.
 
 
 
 
 
#Fonte: Tribuna norte
Volta às Aulas no RN Será Discutida Nesta Quarta-feira (2) Volta às Aulas no RN Será Discutida Nesta Quarta-feira (2) Reviewed by Canguaretama De Fato on 31.8.20 Rating: 5

Escolas Privadas Entregam Proposta a Comitê Científico Para Retomada de Aulas com ‘ensino híbrido’ no RN

 Foto: divulgação

O sindicato que representa as escolas privadas do Rio Grande do Norte entregou ao comitê científico, criado no estado durante a pandemia do coronavírus, uma proposta de protocolo elaborado para retomada das aulas presenciais em formato “híbrido”. A ideia é que cada família escolha entre mandar seus filhos para aulas presenciais ou manter o ensino remoto. O estado ainda não tem data para retomada das aulas.

Uma cópia do documento foi enviado na quinta-feira (27) ao comitê científico, que deverá analisar a proposta. De acordo com o sindicato, o protocolo lista as medidas necessárias para um funcionamento mais seguro. A entidade alega que as instituições estão preparadas para o ensino híbrido.

O plano de retorno às aulas nas escolas privadas prevê normas como:

– fazer retorno gradual dos níveis de ensino;

– manter os ambientes arejados e com ventilação;

– realizar a limpeza da escola de forma mais cuidadosa e constante;

– disponibilizar, na entrada, corredores e salas de aulas, álcool em gel 70%.

– os alunos só devem chegar na hora da aula e não permanecer na escola após o fim do turno.

– eles não poderão compartilhar comidas ou objetos e devem levar a própria garrafa de água

– os bebedouros das escolas ficarão interditados.

Leia a matéria completa aqui, no G1-RN.

Escolas Privadas Entregam Proposta a Comitê Científico Para Retomada de Aulas com ‘ensino híbrido’ no RN Escolas Privadas Entregam Proposta a Comitê Científico Para Retomada de Aulas com ‘ensino híbrido’ no RN Reviewed by Canguaretama De Fato on 29.8.20 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.