Results for EDUCAÇÃO

Em greve, professores têm nova rodada de negociação com governo federal


Foto; José Cruz/Agência Brasil

Em greve, professores de universidades e institutos federais voltam a se sentar nesta quarta-feira (15/5) com o governo federal para negociar reajuste salarial. A nova rodada da Mesa Específica e Temporária da Educação com o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) é a quinta reunião com representantes dos docentes. Há expectativa de um avanço nas discussões, que acontecem às 10h30 no bloco C da Esplanada dos Ministérios.

O que está na mesa por parte do governo é a oferta de 9% de reajuste em 2025 e de 3,5% em 2026, sem nenhum percentual previsto para 2024. A proposta, portanto, é de reajuste de 12,5% em dois anos, que, somado ao reajuste linear de 9% dado em 2023, chega a 21,5%.

Nas últimas semanas, as entidades consultaram as bases e deverão levar ao governo contrapropostas demandando algum percentual de correção ainda neste ano. Nos bastidores, o governo já indicou que não deverá conceder nenhuma recomposição em 2024, em função das restrições orçamentárias.




#Fonte: Metrópoles

Em greve, professores têm nova rodada de negociação com governo federal Em greve, professores têm nova rodada de negociação com governo federal Reviewed by CanguaretamaDeFato on 15.5.24 Rating: 5

UFRN Oferta 268 Vagas Residuais para Graduação; Confira

 Foto: Arquivo

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com inscrições abertas para o Processo Seletivo para Reocupação de Vagas Residuais dos cursos de graduação até o dia 2 de junho. Ao todo, estão sendo ofertadas 268 vagas para o período letivo de 2024.2, nos campi de Natal, Caicó e Santa Cruz.

Oriundas de cancelamentos de programas dos estudantes ou de vagas não ocupadas pela forma principal de ingresso no curso, as vagas residuais são destinadas a candidatos que têm ou já tiveram vínculo com curso de graduação em Instituição de Ensino Superior.

A seleção dos candidatos será realizada em duas etapas, que são a Avaliação do Resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), de caráter eliminatório e classificatório, e a Avaliação Institucional e Acadêmica, de caráter classificatório.

O resultado final do Processo Seletivo está previsto para o dia 10 de julho. Os candidatos devem consultar o edital disponível no site do Núcleo Permanente de Concursos (Comperve).

 

 

 

#Fonte: Tribuna do Norte

UFRN Oferta 268 Vagas Residuais para Graduação; Confira UFRN Oferta 268 Vagas Residuais para Graduação; Confira Reviewed by CanguaretamaDeFato on 14.5.24 Rating: 5

Provas do Enem 2024 Serão em 3 e 10 de Novembro; Confira o Cronograma

 O cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024 foi divulgado nesta segunda-feira (13). As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, e o gabarito oficial será divulgado em 20 de novembro. A previsão é de que os resultados sejam divulgados em 13 de janeiro de 2025.

De acordo com o edital, as inscrições começam no próximo dia 27 e vão até 7 de junho. As taxas devem ser pagas até 12 de junho. As solicitações para tratamento por nome social e para atendimento especializado devem ser apresentadas até 7 de junho.

Resultado Enem sai hoje. Foto: Reprodução
Estudantes fazendo a prova do Enem - Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

O resultado inicial do pedido de atendimento especializado será publicado em 17 de junho, quando inicia o período para apresentação de recursos, que vai até o dia 21. Já o resultado final, em resposta aos recursos apresentados, está previsto para 27 de junho.

edital do Enem 2024 foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13), data que coincide com a divulgação dos resultados sobre os pedidos de isenção da taxa de inscrição, na Página do Participante, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) – entidade organizadora do certame.

 

 

 

#Fonte: AgenciaBrasil

Provas do Enem 2024 Serão em 3 e 10 de Novembro; Confira o Cronograma Provas do Enem 2024 Serão em 3 e 10 de Novembro; Confira o Cronograma Reviewed by CanguaretamaDeFato on 13.5.24 Rating: 5

Falta de Estrutura Inviabiliza Tempo Integral em Escola no RN

Por falta de instalações apropriadas para seus alunos, a Escola Estadual Tiradentes não foi capaz de implementar o ensino em tempo integral no ano de 2024. A escola tem problemas com infiltrações, goteiras espalhadas pelas salas e banheiros interditados por problemas nos encanamentos e na captação do saneamento básico. Além de dois banheiros da escola estarem desativados e sendo utilizados para depósito, um terceiro banheiro foi interditado após problema no seu sistema de fossa.

Já concluindo as atividades do ano letivo de 2023 com dificuldades nas instalações dos prédios da escola, para o ano de 2024 a escola aderiu ao programa da escola em tempo integral. A decisão foi tomada com o intuito de fornecer aos seus estudantes melhores condições de ensino, uma vez que ao manter o aluno em ambiente escolar por mais tempo favorece um maior aproveitamento dos planos pedagógicos propostos pelas instituições.

Segundo o diretor Ramon da Silva Jales, escola precisou adotar revezamento de horários/ Foto: Adriano Abreu


O sistema de tempo integral foi planejado para o ano de 2024, mas não chegou a ser posto em prática, uma vez que as melhorias acordadas pelo projeto não foram completamente implementadas. “O projeto garante melhorias além dos reparos já necessários na infraestrutura. É prometido uma agilidade na adequação do espaço, reconhecendo as condições mínimas necessárias para o conforto do aluno, porque ele vai precisar de um horário de descanso e de recreação. Chegamos a receber os eletrodomésticos necessários para melhor atender a maior demanda de alunos, como buffet self service e novos bebedouros. Eles não chegaram a tempo do início do ano letivo, mas chegaram e, além das melhorias na infraestrutura, nós também ainda estamos aguardando um novo freezer”, conta o diretor Ramon da Silva Jales.


Para poder continuar atendendo os 203 alunos matriculados na escola, o gestor precisou implementar um revezamento dos horários na escola, atendendo apenas alunos do 1º ao 5º ano ou alunos do 6º ao 9º ano por turno. “Foi necessária essa divisão dos alunos, e remanejar eles entre os horários, sendo alternado a cada semana, uma semana os alunos do 1º ao 5º vêm pela manhã, e na outra semana a tarde. E o mesmo para os alunos do 6º ao 9º ano. Assim eles continuam tendo as mesmas disciplinas, porém infelizmente cada aula com o espaçamento de 15 dias entre eles”, explica Ramon.

A dificuldade imposta pelo distanciamento entre os encontros é uma queixa da professora Janaina Lira, que atua na escola há 4 anos e reconhece que a necessidade da medida, mas percebe o distanciamento como prejudicial para a continuidade das aulas. “A quebra da constância e da continuidade quebra o raciocínio do aluno, e a cada aula que temos nós acabamos precisando revisar o que foi dado. Foi preciso reduzir a carga de conteúdo que havíamos planejado para ministrar, e isso vai acabar prejudicando o aluno lá na frente”, fala a professora.

Para melhor atender os alunos em sistema de tempo integral, o Programa Escola em Tempo Integral ainda prevê o aumento no custo da alimentação por aluno. “Um cálculo feito pelo MEC prevê uma adequação na merenda escolar em que enquanto para o aluno de um único período custe R$0,23 por dia, para cada aluno de período integral o cedido pelo órgão para o custeio da alimentação diária é R$1,26. Nós precisamos devolver esse fomento ao governo, uma vez que nas atuais condições nós não conseguimos implementar o tempo integral na escola”, conta o diretor.

A escola possui 213 matrículas efetuadas, das 306 vagas oferecidas pela instituição. Tendo cerca de 20 alunos por turma, os turnos são ocupados cada um por 5 turmas. O diretor declara também que, das vagas ofertadas, dezenas foram canceladas no início do ano letivo, quando a escola informou que não seria possível oferecer o tempo integral no formato idealizado pelo programa estadual.

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer informa que “recebeu a direção da unidade de ensino nesta terça-feira (30) e ficou alinhado que a ordem de serviço para os serviços de manutenção será assinada nos próximos dias e as obras serão iniciadas até o final de maio”.

 

#Fonte: Tribunadonorte

Falta de Estrutura Inviabiliza Tempo Integral em Escola no RN Falta de Estrutura Inviabiliza Tempo Integral em Escola no RN Reviewed by CanguaretamaDeFato on 5.5.24 Rating: 5

Programa do Senac RN Visa Combater a Evasão Estudantil e Promover a Inclusão

O Senac RN marcou presença na Bett Brasil, o maior evento de educação e tecnologia da América Latina, com a apresentação do programa Perten.Ser. Implementada na instituição desde 2022, a iniciativa de acompanhamento psicopedagógico e inclusão tem reduzido significativamente a evasão estudantil.

O programa já recebeu o reconhecimento como prática educadora inovadora pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, a iniciativa também foi reconhecida por organizações relevantes na área como a Microsoft e o Senac Nacional.

Programa Perten.Ser foi apresentado no estande da Microsoft pela Gerente de Qualidade e Inovação do Senac RN, Priscilla Silveira, e o Especialista em Tecnologias Educacionais, Renato Rodrigues / Foto: Senac
Programa Perten.Ser foi apresentado no estande da Microsoft pela Gerente de Qualidade e Inovação do Senac RN, Priscilla Silveira, e o Especialista em Tecnologias Educacionais, Renato Rodrigues / Foto: Senac

O Perten.Ser foi apresentado no estande da Microsoft pela Gerente de Qualidade e Inovação do Senac RN, Priscilla Silveira, e o Especialista em Tecnologias Educacionais, Renato Rodrigues.

O sucesso se deve, entre outras coisas, à inovação no processo, com uso de ferramentas da Microsoft para registro de dados e decisões preventivas. “O processo de acompanhamento psicopedagógico do Senac RN utiliza diferentes ferramentas tecnológicas da Microsoft. Isso nos permite a tomada de decisão e planejamento preventivo em tempo real”, afirma a gestora Priscilla Silveira.

De acordo com o diretor Regional do Senac, Raniery Pimenta, a inclusão tem sido praticada visando à redução de barreiras à aprendizagem e à participação. “Tudo isso é possível com a inovação no processo de acompanhamento psicopedagógico onde utilizamos diversas ferramentas para apoiar o registro de dados e a tomada de decisão em ações preventivas de evasão”, explicou o gestor.

INTEGRAÇÃO COM IA. O programa vai assumir uma nova fase, onde receberá um upgrade com a integração de inteligência artificial dentro do processo por meio do Senac Labs, o Laboratório de Inovação do Senac RN.

 

 

#Fonte: Agorarn

Programa do Senac RN Visa Combater a Evasão Estudantil e Promover a Inclusão Programa do Senac RN Visa Combater a Evasão Estudantil e Promover a Inclusão Reviewed by CanguaretamaDeFato on 4.5.24 Rating: 5

Governo Federal prepara proposta para tentar encerrar greves em universidades

Foto: José Cruz/ Agência Brasil 

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) prometeu apresentar, nesta sexta-feira (19/4), uma proposta específica para o setor da Educação, como resposta à mobilização de servidores de universidades e institutos federais por reajuste salarial. Nas últimas semanas, o movimento foi fortalecido, com várias instituições de ensino superior do país aprovando paralisações e docentes entrando em greve.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se elegeu com a promessa de valorização da educação e dos professores. Essa promessa de campanha, somada à concessão de reajustes a categorias mais ligadas ao governo anterior, inflou a insatisfação dos servidores da Educação, e eles intensificaram as pressões sobre a gestão federal para mais investimentos e melhores condições de trabalho.

Ao mostrar expectativa com um acordo, o secretário de Gestão de Pessoas do MGI, José Celso Cardoso Jr., pediu aos servidores reconhecimento do esforço que o governo federal tem feito. As declarações dele foram dadas na última terça-feira (16/4), em audiência na Câmara dos Deputados.

“A gente espera conseguir oferecer uma proposta suficiente, ou próximo disso, para fechar o acordo. Porque é óbvio que a gente considera a greve legítima, em um contexto democrático. Mas é óbvio também que é preciso reconhecer o esforço que está sendo feito pelo governo para dar prioridade e, mais do que isso, centralidade política para esse tema, coisa que raramente aconteceu na história do Brasil”, afirmou ele.



#Fonte: Metrópoles

Governo Federal prepara proposta para tentar encerrar greves em universidades Governo Federal prepara proposta para tentar encerrar greves em universidades Reviewed by CanguaretamaDeFato on 19.4.24 Rating: 5

Gari inspira e se emociona ao falar do filho estudante de medicina: “Pobre também pode estudar”; Veja Vídeo


Foto: Reprodução

Em um vídeo que circula nas redes sociais, um gari identificado como Seu Isac foi entrevistado por um fotógrafo nas ruas de Curitiba.

Quando perguntado sobre que conselho ele daria aos mais novos, ele respondeu: “Um conselho que eu podia dar é a pessoa estudar, né? Não é só rico que estuda não, pobre também pode estudar”.

Após o conselho, Seu Isac revela que seu filho é estudante de medicina em uma universidade federal: “Meu piá faz medicina na federal. Tô com a camiseta dele aqui”. O gari então levanta seu uniforme, revelando uma camiseta de medicina da Universidade do Paraná (UFPR) e diz com orgulho: “Já tá no terceiro ano”.

Nos comentários do vídeo, o próprio filho de Seu Isac se manifestou, destacando o orgulho que também sente pelo pai:

“Seu Isac é o meu pai, meu maior orgulho e tesouro são os meus pais, sou eternamente grato por todo amor e por todo apoio” declarou o filho.




#Fonte: Metrópoles

Gari inspira e se emociona ao falar do filho estudante de medicina: “Pobre também pode estudar”; Veja Vídeo Gari inspira e se emociona ao falar do filho estudante de medicina: “Pobre também pode estudar”; Veja Vídeo Reviewed by CanguaretamaDeFato on 18.4.24 Rating: 5

Universidades e institutos federais marcam greve a partir de segunda-feira





Foto: Reprodução

Professores de diversas universidades e institutos federais aprovaram greve, reivindicando reajuste salarial e equiparação dos benefícios dos servidores públicos federais àqueles concedidos ao Legislativo e Judiciário, ainda em 2024. Os servidores técnico-administrativos de pelo menos 30 institutos federais já estão em greve há um mês.

Até o momento, são pelo menos dois institutos federais e uma universidade em greve. Além disso, há sete universidades em estado de greve (podem entrar em greve a qualquer momento) e 17 universidades e dois institutos com greve marcada para segunda.

Os professores de instituições federais pedem que o reajuste salarial seja de 22%, dividido em três parcelas iguais de 7,06% em maio de 2024, 2025 e 2026. Já os servidores técnico-administrativos pedem por um reajuste maior, de 34%, também dividido em três parcelas em 2024, 2025 e 2026.

Segundo o sindicato da categoria, os porcentuais correspondem às perdas salariais desde o governo do ex-presidente Michel Temer, em 2016, até dezembro de 2023, acrescidas das projeções inflacionárias de 2024 e 2025.

A proposta do governo é de que não haja reajuste salarial em 2024, mas há como contraproposta o aumento de benefícios e auxílios pagos aos funcionários públicos, sendo o principal deles o auxílio-alimentação com 52% de aumento, de R$ 658 para R$ 1.000.

Os valores do auxílio-creche e do auxílio-saúde seriam reajustados, conforme proposta do governo, em 51% para todos os servidores públicos federais ativos. “Apenas o aumento do auxílio-alimentação resultaria em ganho de renda de mais de 4,5% para mais de 200 mil servidores ativos – que são os que ganham até R$ 9 mil mensais”, afirma o Ministério de Gestão e Inovação

Sem acordo

O governo chegou a propor dois reajustes salariais de 4,5%, um em 2025 e outro em 2026, “que somados aos 9% já concedidos (no ano passado), representariam recomposição salarial de 19%, o que ficaria acima da inflação projetada para o período”, segundo informou a pasta.

A oferta dos dois reajustes de 4,5% para os próximos anos foi rejeitada pelo sindicato, que quer a recomposição salarial ainda em 2024.

Estadão Conteúdo
13/04/2024

por Ilma Emerenciano




Foto: Reprodução

Professores de diversas universidades e institutos federais aprovaram greve, reivindicando reajuste salarial e equiparação dos benefícios dos servidores públicos federais àqueles concedidos ao Legislativo e Judiciário, ainda em 2024. Os servidores técnico-administrativos de pelo menos 30 institutos federais já estão em greve há um mês.

Até o momento, são pelo menos dois institutos federais e uma universidade em greve. Além disso, há sete universidades em estado de greve (podem entrar em greve a qualquer momento) e 17 universidades e dois institutos com greve marcada para segunda.

Os professores de instituições federais pedem que o reajuste salarial seja de 22%, dividido em três parcelas iguais de 7,06% em maio de 2024, 2025 e 2026. Já os servidores técnico-administrativos pedem por um reajuste maior, de 34%, também dividido em três parcelas em 2024, 2025 e 2026.

Segundo o sindicato da categoria, os porcentuais correspondem às perdas salariais desde o governo do ex-presidente Michel Temer, em 2016, até dezembro de 2023, acrescidas das projeções inflacionárias de 2024 e 2025.

A proposta do governo é de que não haja reajuste salarial em 2024, mas há como contraproposta o aumento de benefícios e auxílios pagos aos funcionários públicos, sendo o principal deles o auxílio-alimentação com 52% de aumento, de R$ 658 para R$ 1.000.

Os valores do auxílio-creche e do auxílio-saúde seriam reajustados, conforme proposta do governo, em 51% para todos os servidores públicos federais ativos. “Apenas o aumento do auxílio-alimentação resultaria em ganho de renda de mais de 4,5% para mais de 200 mil servidores ativos – que são os que ganham até R$ 9 mil mensais”, afirma o Ministério de Gestão e Inovação

Sem acordo

O governo chegou a propor dois reajustes salariais de 4,5%, um em 2025 e outro em 2026, “que somados aos 9% já concedidos (no ano passado), representariam recomposição salarial de 19%, o que ficaria acima da inflação projetada para o período”, segundo informou a pasta.

A oferta dos dois reajustes de 4,5% para os próximos anos foi rejeitada pelo sindicato, que quer a recomposição salarial ainda em 2024.













#Fonte: Estadão
Universidades e institutos federais marcam greve a partir de segunda-feira Universidades e institutos federais marcam greve a partir de segunda-feira Reviewed by CanguaretamaDeFato on 13.4.24 Rating: 5

Ministro Alexandre de Moraes é aprovado para ocupar cargo de professor da USP com notas entre 9,5 e 10


Foto: LR Moreira/Secom/TSE

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes foi aprovado nesta sexta-feira (12) para ocupar o cargo de professor titular da USP (Universidade de São Paulo) com quatro notas 9,5 e uma 10 na defesa de tese, além de cinco notas 10 por seu memorial. A informação foi confirmada pelo R7 com a instituição. Em fevereiro, o ministro apresentou a tese final. Ele já era vinculado à universidade como docente associado.

O tema escolhido pelo ministro abordou temas eleitorais na internet e recebeu o título de “O direito eleitoral e o novo populismo digital extremista — liberdade de escolha do eleitor e a promoção da democracia”. No documento, Moraes fala da legislação sobre o combate à desinformação, notícias fraudulentas, discursos de ódio e liberdade de expressão.

“No ‘mundo virtual’ é inaceitável que as big techs não sejam responsabilizadas quando — não só cientes do conteúdo ilícito da desinformação, discurso de ódio, atos antidemocráticos — direcionem o usuário, preferencialmente, àquele conteúdo por meio de algoritmos ou ainda monetizem cada acesso realizado, tendo proveito econômico, principalmente por meio de publicidade realizada nas redes”, afirma o ministro, na tese.




#Fonte: R7

Ministro Alexandre de Moraes é aprovado para ocupar cargo de professor da USP com notas entre 9,5 e 10 Ministro Alexandre de Moraes é aprovado para ocupar cargo de professor da USP com notas entre 9,5 e 10 Reviewed by CanguaretamaDeFato on 13.4.24 Rating: 5

Canguaretama: Após reunião sobre greve, IFRN suspende calendário de aulas

O Instituto Federal do Rio Grande (IFRN) anunciou a suspensão do calendário acadêmico de aulas deste ano. Em comunicado, a Instituição informou que a medida resulta de uma recomendação emitida pelo Colégio de Dirigentes do Instituto (Codir/IFRN), após reunião realizada nessa segunda-feira (8) para tratar da greve dos profissionais técnico administrativos e professores. Ao todo, os 22 Campi do Estado serão afetados pela suspensão das aulas.

O IFRN informou que a suspensão do calendário teve início ainda na última segunda-feira (8) em 10 campi: : Caicó, Ceará-Mirim, João Câmara, Lajes, Macau, Mossoró, Natal-Centro Histórico, Natal-Zona Norte, Nova Cruz e São Paulo do Potengi.

Já a partir desta terça-feira (9), a medida passa a vigorar nas unidades de Canguaretama, Currais Novos, Jucurutu, Natal-Central, Parnamirim, Santa Cruz e São Gonçalo do Amarante. Na quarta-feira (10), o Campi de Parelhas também entra na suspensão. Na próxima segunda-feira (15), por último, é a vez das unidades do IFRN em Ipanguaçu e Pau dos Ferros.

A suspensão das aulas no IFRN integra uma mobilização nacional liderada pelo Sindicato Nacional dos Servidores da Educação Básica, profissionais e tecnológica (SINASEFE), que aprovou a realização de uma greve por tempo indeterminado, envolvendo servidoras(es) docentes e técnico-administrativos(as) tanto da Rede Federal de Educação quanto de instituições de ensino ligadas ao Ministério da Defesa.

O movimento reivindica, dentre suas principais pautas, a reestruturação das carreiras, recomposição salarial, revogação de medidas que prejudicam a educação e recomposição do orçamento das instituições educacionais, com reajuste imediato dos auxílios e bolsas de estudantes. A deflagração da greve foi ratificada na 188ª PLENA, realizada em 27/03.



#Fonte: Tribuna do Norte 

Canguaretama: Após reunião sobre greve, IFRN suspende calendário de aulas Canguaretama: Após reunião sobre greve, IFRN suspende calendário de aulas Reviewed by CanguaretamaDeFato on 9.4.24 Rating: 5

Estrutura de cuidado para autistas precisa avançar no RN


Uma das causas que tem ganhado cada vez mais apelo frente ao Poder Público e sociedade civil, a luta pela inclusão da pessoa com autismo está cada vez mais presente em discussões e ações no debate social, embora ainda careça de ações práticas e inclusivas para as pessoas com autismo, condição que pode afetar 1 a cada 36 crianças, segundo o último levantamento do Centers for Disease Control and Prevention (CDC). Nesta semana, no dia 02 de abril, foi comemorado o Dia Mundial da Conscientização sobre o Autismo.


Pais e mães são enfáticos ao alegarem que o tema está sim mais presente nas discussões sociais, no entanto, as judicializações por terapias e acesso à escolaridade, por exemplo, são realidades constantes. No interior do Estado, por exemplo, as situações são ainda mais complexas e desafiadoras, segundo mães ouvidas pela TN.

O número divulgado pelo CDC em 2023, referente a crianças dos Estados Unidos, mostra um aumento no número de casos de autismo no mundo, já que em 2000 essa proporção era de um caso a cada 150 crianças. Entre as principais hipóteses apontadas estão o maior acesso da população aos serviços de diagnóstico, formação de profissionais capazes de detectar o transtorno e ampliação da compreensão do que é o autismo.

Segundo Priscila Oliveira, mãe de Piero, 12 anos, os primeiros sinais do seu filho a serem identificados foram o atraso na fala, com o diagnóstico vindo aos 5 anos. A avaliação precoce, inclusive, foi essencial para dar início aos tratamentos, que precisaram de ida à justiça. No entanto, o desenvolvimento do seu filho veio atrelado a outro obstáculo: o acesso à escola, que ela também só foi conseguir após judicialização, mesmo sendo para uma escola pública. A luta foi para ter direito a um Atendimento Educacional Especializado (AEE).

“Do ano passado para cá judicializamos para que ele pudesse ter um professor que pudesse fazer educação especial para fazer intermediação com o conteúdo da sala de aula, já que ele não tem autonomia e são várias matérias. Conseguimos isso, mas esse ano, apesar de termos feito renovação de matrícula, começamos o ano letivo sem esse professor. Ele está indo duas vezes por semana para 50 minutos na sala de AEE, que é um suporte pedagógico”, explica.

A mãe chegou a fazer uma denúncia em sua rede social sobre as situações pelas quais seu filho passou, como ter sido colocado num canto da sala de aula assistindo vídeos no Youtube, e atestados apresentados pelos docentes impossibilitando sua ida à escola. Atualmente, Piero faz três sessões de terapias numa clínica privada em Natal, além de ir à escola em dois dias na semana. A evolução, segundo a mãe, é constante.

“O que procuramos é a busca pela estimulação. A ideia é a autonomia da pessoa com deficiência para que ele possa se desenvolver e ter uma vida adulta funcional. Piero é autista de nível de suporte três, não oralizado, e várias atividades como alimentação, dormir bem, não andar de ponta de pé, as crises dele conseguimos ter previsibilidade e a terapia tem sido um divisor de águas”, acrescenta. Segundo ela, seu filho gosta de assistir desenhos japoneses e tem hiperfoco em marcas de carros, uma das características da pessoa com autismo.

Segundo a coordenadora do grupo Mães Corujas Batalhadoras, Rochelle Barbalho, que conta com mais de 170 participantes de todo o Estado, o acesso à educação e terapias têm sido os grandes desafios de mães atípicas no Rio Grande do Norte. Rochelle é mãe de Alberto, de 17 anos, e relata que seu filho tem conseguido ir à escola e é bem acolhido pelos colegas. Atualmente, ele está em processo de alfabetização. “A interação com os colegas é grande! Eles gostam muito dele”, comemora.

“É comum demais os meninos não irem às escolas pela falta de auxiliares. Por outro lado, às vezes não são professores, são estagiários, com remuneração baixíssima, então às vezes eles não querem”, comenta. “Essa capacidade dos autistas se organizarem não é do mesmo jeito. Há todo um planejamento feito por eles, por isso a rotina é importante”, reflete.

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação e Cultura (SEEC-RN) disse que, sobre a denúncia na Escola Estadual Augusto Severo, a pasta convocou professores para atuarem no atendimento da Educação Especial. No entanto, o número de profissionais que compareceram ao chamado foi menor do que o esperado pela pasta. A pasta disse ainda em nota que a oferta da educação especial na rede estadual de educação cresceu no comparativo entre os últimos dois anos letivos, saindo de 7.911 em 2022 para 8.622 no último ano letivo.

“A secretaria está organizando as demandas para uma nova convocação de professores em substituição aos que não compareceram ao primeiro chamado. Na escola estadual Augusto Severo, uma das professoras da educação especial, teve que se afastar por motivo de doença, no início do ano letivo, que começou no dia 4 de março. Mas a escola conta com professores da base comum curricular, de atendimento educacional especializado e cuidador”, disse.

Mobilização avançou, mas é preciso mais

Mesmo com os desafios presentes diários, pais e mães apontam que a causa tem ganhado cada vez mais apelo na sociedade, apesar de apontarem que são necessárias ações mais efetivas do Poder Público para para a pessoa com autismo. Nessa semana, por exemplo, ocorreu a 9ª edição da caminhada da pessoa com autismo. “Com essa mobilização social e todas essas informações, plantamos essa sementinha e criamos pontes da inclusão, pois há muros altos do capacitismo”, explica Priscila Oliveira.

Outras das ações elencadas pelas mães são algumas legislações recentes aplicadas no Estado, como a Lei Complementar nº 685/2021, conceder o direito a horário especial ao servidor público considerado pessoa com deficiência ou que tenha cônjuge, filho ou dependente com deficiência de qualquer natureza, incluindo-se os responsáveis por pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Nessa semana, a Assembleia Legislativa aprovou projeto de lei que assegura o direito ao atendimento psicossocial prioritário aos responsáveis que se dedicam integralmente ao cuidado de pessoas com deficiência. Uma lei semelhante foi aprovada na Câmara Municipal de Natal.

Decisões judiciais
Com um aumento considerável no número de judicializações, as decisões precisariam serem uniformes, segundo análise e avaliação do advogado Airton Romero Ferraz, especialista no tema e a frente de vários casos de judicializações sobre autismo no Rio Grande do Norte.



#Fonte: Tribuna do Norte 

Estrutura de cuidado para autistas precisa avançar no RN Estrutura de cuidado para autistas precisa avançar no RN Reviewed by CanguaretamaDeFato on 7.4.24 Rating: 5

RN: Potiguar ganha medalha de ouro em olimpíada de matemática e está entre 10 melhores professores da disciplina no Brasil




Professor de matemática, Kácio Cardoso — Foto: Reprodução

O potiguar Kácio José Cardoso foi um dos 10 medalhistas de ouro da 1ª Olimpíada de Professores de Matemática de Ensino Médio (OPMbr). O resultado foi divulgado na noite desta quarta-feira (27) pela organização do evento.

Como parte do prêmio, os primeiros classificados na olimpíada serão levados para uma viagem de duas semanas a Xangai, cidade chinesa que lidera rankings mundiais de ensino da matéria.

Kácio José Cardoso Santos, de 34 anos, aprendeu a gostar de matemática ao receber uma missão de seu pai quando tinha apenas nove anos de idade. Líder entre os cortadores de cana de Baía Formosa, no litoral Sul do estado, o pai do menino terminava o dia na lavoura, mas ainda levava os cálculos da produção dos trabalhadores para casa.

Todos os dias os dois se reuniam para fazer contas e garantir o pagamento adequado a dezenas de profissionais da lavoura.


“Ele fazia as contas de cabeça e eu tinha que confirmar tudo na calculadora. Com o tempo, fui passando a me interessar pelos cálculos e por aprender todas as regras da matemática”, conta o professor da rede estadual de educação do Rio Grande do Norte, atuando no Centro Estadual de Educação Profissional Professora Lourdinha Guerra.

Kácio é o único dos quatro filhos que cursou o ensino superior. O pai frequentou a escola por poucos anos. “Ainda no ensino fundamental, passei a ir à escola à noite para acompanhar minha mãe, que havia parado de estudar para criar a mim e aos meus três irmãos”, relatou o professor.

“A minha sensação é de gratidão. Eu queria agradecer a todo mundo que de alguma forma me ajudou a conquistar isso. Ainda não caiu a ficha, ainda estou incrédulo, mas a sensação é de gratidão pelos meus pais, que fizeram de tudo para que eu me mantivesse na escola, que eu tivesse educação; pelos professores de matemática que passaram na minha vida, que me inspiraram a seguir nessa área que amo tanto e que quero contribuir bastante; e à minha equipe, meus colegas de trabalho. Sem dúvida, eu não estaria aqui sem eles”, disse o professor.

A apresentação dos vencedores das olimpíadas ocorreu de forma online e os 10 vencedores foram apresentados por ordem alfabética (veja o vídeo abaixo).

Dos 15 aos 17 anos, o professor dividiu o Ensino Médio com a rotina de descascador de coco. Ganhava R$ 18 reais a cada mil cocos descascados. Por dia, recebia cerca de R$ 25 reais. Sabendo do talento de Kácio e da importância da educação, o professor de matemática Cláudio Palhano incentivou o aluno a se inscrever no vestibular para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Kácio fez a prova e passou no vestibular para matemática. Ingressou no curso em 2008 e se formou em 2011.

No mesmo ano em que concluiu o curso, o professor passou em um concurso para a rede estadual de educação e no mestrado da UFRN. Por causa da rotina de trabalho, ele não conseguiu concluir a pós-graduação, mas retornou à instituição e cursa o mestrado atualmente.

Olimpíada

O professor conta que soube da olimpíada de professores por meio de uma divulgação feita pela direção da escola onde trabalha. No princípio, ele acreditava que a competição envolveria provas sobre conhecimentos matemáticos, mas descobriu que, na verdade, os profissionais seriam avaliados pela didática usada nas suas aulas. E nisso ele se destaca.

As etapas de avaliação incluíram uma prova, um vídeo relatando sua carreira profissional e uma entrevista.

Na atuação como professor, Kácio criou jogos de xadrez e até levou alunos a competições estaduais, também desenvolveu o jogo “Defina matematicamente” para ensinar a teoria por trás de elementos matemáticos e criou a disciplina “Matemática e arte”.

Na disciplina, ele ensina os alunos sobre como as obras de arte carregam estilos geométricos diferentes. Da mesma forma que uma dança também pode conter elementos diversos. Ao final da disciplina, os alunos protagonizam uma obra de arte usando os conceitos aprendidos.

“A matemática amplia nossa forma de ver o mundo. Minha busca é sempre tornar o aprendizado mais próximo ao dia a dia, mais interdisciplinar e, assim, eles se conectam com o assunto, e o aprendizado acontece naturalmente”, destaca o professor.

Segundo a organização das olimpíadas, um dos objetivos do evento é reconhecer iniciativas de professores que têm feito os alunos perderem o medo da disciplina e alcançarem sucesso na matemática. Segundo a organização, o Brasil ocupa a 65ª posição no ranking de 81 países que participaram do último Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), divulgado no final do ano passado, levando em conta os resultados da área de Matemática.

Por outro lado, o Brasil alcançou o nível 5 na avaliação da International Mathematical Union (IMU), que reconhece pesquisadores e professores mundialmente. A viagem a Xangai é uma oportunidade, segundo a organização, se melhorar o trabalho dos profissionais brasileiros. Xangai é destaque, há anos, pelo seu desempenho no Pisa.

“Será uma oportunidade ímpar de imersão, aprendizado e troca de conhecimento, impulsionando a melhorar a qualidade do ensino da disciplina para alavancar a posição do Brasil no ranking mundial, a médio e longo prazo”, disse Adauto Caldara, membro do Conselho Gestor da Olimpíada.




#Fonte: G1/RN



RN: Potiguar ganha medalha de ouro em olimpíada de matemática e está entre 10 melhores professores da disciplina no Brasil RN: Potiguar ganha medalha de ouro em olimpíada de matemática e está entre 10 melhores professores da disciplina no Brasil Reviewed by CanguaretamaDeFato on 28.3.24 Rating: 5

RN: Campus Canguaretama recebe homenagem na 13° Noite dos Tambores da comunidade quilombola de Sibaúma


O distrito de Sibaúma - reconhecida como “remanescente de quilombo” pela Fundação Cultural Palmares, do município de Tibau de Sul, sul do Estado do Rio Grande do Norte, é uma praia que juntamente com a praia de Tibau Centro e principalmente a Praia da Pipa constituem-se como destino do turismo sol e praia, consolidado como um dos principais polos indutores de turismo do estado. Além disso, Sibaúma resguarda um significativo patrimônio histórico-cultural para a região.

Na noite do último dia 03 de fevereiro de 2024, a comunidade quilombola de Sibaúma realizou a 13° Noite dos Tambores realizada pelo Grupo Cultural "Herdeiros de Zumbi", também conhecido por promover o resgate do coco de zambê na região. O evento conta com diversas atrações como capoeira, maracatu, coco entre outras manifestações culturais.

Na ocasião, representado pelo Diretor Geral, professor Flávio Ferreira, o Campus Canguaretama recebeu uma homenagem pelos 8 (oito) anos de trabalho prestado à comunidade daquele distrito.
Projetos realizados

Confira abaixo alguns dos projetos realizados com a comunidade
Livro - Quilombo Sibaúma: A tradição do coco de Zambê e os herdeiros de Zumbi

Organizado pelos professores Isaac Melo e Flávio Ferreira, o livro publicado pela Editora IFRN, o livro é uma coletânea de textos que tem como objetivo apresentar, a partir dos olhares de pesquisadores de diferentes áreas (professores e estudantes) e membros da comunidade local, aspectos da história, cultura e arte do Quilombo de Sibaúma.


Livro publicado pela Editora IFRN


Documentário "Herdeiros de Zumbi"

O documentário é fruto da parceria entre a comunidade quilombola, o IFRN Campus Canguaretama, sobretudo através dos projetos de pesquisa e extensão ligados ao NEABI (Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas do IFRN), dos trabalhos do Tempo-Comunidade da Licenciatura em Educação do Campo (IFRN/CANG) e da UFRN. As filmagens aconteceram entre os anos de 2018 e 2019, e a temática central do filme é o coco de Zambê como forma de resistência.

O documentário foi produzido e editado por Ricardo Amaral, professor de Geologia da UFRN e especialista em cinema


CD com músicas do Coco de Zambê

O trabalho fez o registro de 21 músicas, a maioria de autoria própria, como “É história, é história do Quilombo que eu vou falar”. Foram reproduzidas ainda sete canções de domínio público, como “Quero tomar banho, quero me banhar”.

O projeto foi coordenado pelo professor de música Isaac Melo em parceira com a Escola de Música da UFRN (EMUFRN).

Lendas, Mitos e Contos de Sibaúma: oportunidades de desenvolvimento do Turismo Histórico-cultural

Projeto de Extensão coordenado pela professora Paula Wabner Binfare que teve como objetivo propor alternativas de diversificar o produto turístico local a partir do levantamento do seu patrimônio cultural imaterial, constituído de lendas, mitos e contos da comunidade de Sibaúma.

Grupo "Herdeiros de Zumbi": registros sobre o Coco de Zambê da comunidade quilombola de Sibaúma do município de Tibau do Sul/RN

Projeto de Extensão coordenado pelo professor Isaac Samir Cortez de Melo, teve por objetivo analisar as respectivas trajetórias e aspectos específicos à sua produção musical do grupo "Herdeiros de Zumbi".

Observatório da Diversidade e Ações Patrimoniais: educação patrimonial com base em acervos do Campus Canguaretama e de museus comunitários (Catu e Sibaúma)

Projeto de Extensão coordenado pelo professor Flávio Rodrigo Freire Ferreira, o projeto tem por objetivo fomentar e divulgar estudos e experiências relacionadas à educação para a diversidade, sob diferentes aspectos – tem articulado projetos e ações de ensino, pesquisa e extensão em conjunto com as comunidades étnicas e tradicionais da região do litoral sul potiguar. As atividades relacionadas à educação para as relações étnico-raciais ocorrem junto ao Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) do Campus Canguaretama.


#Fonte: IFRN CANGUARETAMA 

RN: Campus Canguaretama recebe homenagem na 13° Noite dos Tambores da comunidade quilombola de Sibaúma RN: Campus Canguaretama recebe homenagem na 13° Noite dos Tambores da comunidade quilombola de Sibaúma Reviewed by CanguaretamaDeFato on 21.3.24 Rating: 5

RN: Aplicativo, Desenvolvido por Alunos da UnP, pode ajudar a tratar pacientes renais


A união de saúde e tecnologia fez surgir uma nova forma de acompanhar pacientes com problemas renais. Reunindo conhecimentos de diversas áreas, o objetivo é solucionar problemas de saúde por meio da inovação tecnológica. É neste âmbito alunos de uma universidade particular elaboraram um aplicativo chamado “Nefrontec” que auxilia no tratamento de Doenças Renais Crônicas (DRC).

O aplicativo foi concluído em 2023 e em março deste ano foi publicado na “Research, Society and Development”, uma revista científica multidisciplinar focada em promover o desenvolvimento social, científico e tecnológico. O artigo apresenta uma plataforma que, além de monitorar pacientes pós-hemodiálise, pode também gerar uma redução de custo, ajudar a otimizar o trabalho de profissionais da saúde e melhorar o atendimento e cuidado com os pacientes.

Desenvolvido pelos alunos José Lucas Santos, Fabielle Gimenes, Erivan Filho, Victor Gustavo Castro, Heloísa Matias, Samuel Paranhos, a plataforma apresenta uma nova forma de acompanhar doenças renais. O protótipo também possibilita o acesso a diagnósticos, orientações de saúde, consultas, evolução clínica e entre outros. Além disso, também é possível acessar o serviço móvel de urgência, bem como consulta vídeos educativos acerca do autocuidado, cuidados com fístulas e cateteres.

O aplicativo surge em meio ao aumento significativos de pacientes em diálise. Na última década, entre 2009 e 2020, o Censo Brasileiro de Diálise (CBD) apontou que houve um aumento de 86,5% de pacientes nesta condição, passando de 77 mil casos para 144 mil. Além disso, de acordo com a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), as doenças renais crônicas afetam mais de 10 milhões de pessoas no país. A última atualização de pacientes em diálise foi divulgada em 2022, pelo SBN, que mostra 155 mil pessoas nesta condição no Brasil. Diante deste cenário, os alunos do projeto pensaram em como usar a tecnologia para ajudar as pessoas que vivem nesta condição.

Aplicativo foi desenvolvido por alunos da UnP, com resultado publicado em revista científica – Foto: Magnus Nascimento

A estudante de medicina Heloísa Matias explica que o Nefrontec surgiu da problemática sobre a observação de pacientes dialíticos em casa. O tratamento da hemodiálise pode ser exaustivo, intrusivo e alguns pacientes podem sentir dor de cabeça, desidratação, câimbras, reações alérgicas, enjoos e calafrios. A partir destes efeitos, surgiu a ideia de criar um meio que tornasse possível monitorar quais as complicações e o que pode ocorrer com o paciente em casa.

“Nesse semestre, focaremos na divulgação do projeto, bem como, auxílio nesse processo de criação de um produto mínimo viável. Caso obtenhamos sucesso com o aplicativo, expandi-lo é algo que pode ser pensado futuramente”, declarou a estudante.

Líder do projeto, José Lucas Santos, aluno de Enfermagem, explica que a ideia surgiu junto com Samuel Paranhos, também integrante da pesquisa, com a proposta de diminuir os casos de agravamento da doença. “Hoje, no mercado não existem aplicativos voltados para pacientes dialíticos (que possuem insuficiência renal crônica), principalmente em homecare, esse app visa diminuir a incidência de agravamento das complicações da hemodiálise, bem como idas desnecessária à Unidade de Pronto Atendimento (UPA)”, explicou Santos.



#Fonte: Tribuna do Norte 

RN: Aplicativo, Desenvolvido por Alunos da UnP, pode ajudar a tratar pacientes renais RN: Aplicativo, Desenvolvido por Alunos da UnP, pode ajudar a tratar pacientes renais Reviewed by CanguaretamaDeFato on 17.3.24 Rating: 5

IFRN CANGUARETAMA: Curso Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis

 


Estamos com *Inscrições abertas* para as *turmas 04 e 05* do *Curso de Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis*, dentro do projeto Qualifica Mais EnergIFE, no IFRN Campus Canguaretama. 

É uma excelente oportunidade para quem deseja qualificação na área de energias renováveis, com foco na Instalação de Sistemas Fotovoltaicos (Energia Solar). Para inscrição, basta acessar o link abaixo e apertar em INSCREVA-SE. 

https://energifecang.meutrairi.com/

É necessário ser maior de 18 anos e ter concluído os anos iniciais do Ensino Fundamental (até o 5º ano). 

Maiores informações no edital e no site. O cronograma para a turma 04 foi atualizado.


*CRONOGRAMA - TURMA 04*

*Inscrições pelo site*

Inscrições em andamento


*Resultado da Turma 04*

27 de março de 2024


*Matrículas (presenciais ou on-line)*

28 de março a 03 de abril de 2024


*Início das aulas - Turma 04*

08 de abril de 2024

IFRN CANGUARETAMA: Curso Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis IFRN CANGUARETAMA: Curso  Eletricista de Sistemas de Energias Renováveis Reviewed by CanguaretamaDeFato on 16.3.24 Rating: 5

RN Vai Receber Três Novos Institutos Federais, Anuncia Governo Federal

O governo federal pretende inaugurar mais 100 campi dos institutos federais (IFs) no país até o final do atual mandato, em 2026. No Rio Grande do Norte, as cidades de Touros, São Miguel e Umarizal são as cidades potiguares que receberão novas unidades.

O anúncio foi feito pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na abertura da 4ª Conferência Nacional de Juventude, nessa quinta-feira 14. “Nós vamos fazer mais 100 institutos federais neste país para que a gente possa suprir a ausência de vagas para a juventude aprender uma profissão, ter um emprego digno e um salário justo”, afirmou.

Os institutos federais são instituições especializadas na educação profissional e tecnológica, oferecendo também educação básica e superior. Os cursos são gratuitos. Os IFs constituem a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, criada em 2008. Os institutos têm como obrigatoriedade legal garantir um mínimo de 50% de suas vagas para a oferta de cursos técnicos de nível médio, prioritariamente na forma integrada, ou seja, junto ao ensino médio.  

Atualmente, a rede federal conta com 38 institutos federais, dois centros federais de Educação Tecnológica (Cefets) e o Colégio Pedro II, além de escolas técnicas ligadas a universidades federais. Cada uma destas instituições é composta por campi que atuam como unidades descentralizadas de ensino, dessa forma, o ensino das IFs chega a mais locais. Atualmente, o país conta com mais de 680 unidades. São mais de 1,5 milhão de estudantes matriculados tanto nos grandes centros quanto no interior do país.

Para o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), que reúne essas instituições, o anúncio é positivo e é uma pauta que vem sendo discutida há um tempo. As instituições demandam tanto a expansão, criando novas unidades, quanto a consolidação, ou seja, a finalização de obras em curso e a contratação de pessoal em locais onde isso ainda não foi feito.

“Receber a expansão é um fator importante porque vamos chegar a novos espaços e novas cidades pelas cinco regiões do país, levando a educação profissional e tecnológica pública, gratuita, de qualidade e inclusiva, que vem abarcando e recebendo a diversidade da sociedade como um todo”, diz o vice-presidente de Relações Parlamentares do Conif e reitor do Instituto Federal Sul-Rio-Grandense (IF SUL), Flávio Nunes.

Segundo ele, o Conif aguarda ainda as definições de como se dará essa expansão, de como serão selecionados os novos locais e também de como se dará a consolidação.

Os recursos tanto para a expansão quanto para a consolidação estão previstos no Novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ao todo, estão previstos R$ 3,9 bilhões para ambos. Ainda falta, portanto, definir quanto será destinado a cada uma das rubricas.

 

 

 

#Fonte: Agência Brasil

RN Vai Receber Três Novos Institutos Federais, Anuncia Governo Federal  RN Vai Receber Três Novos Institutos Federais, Anuncia Governo Federal Reviewed by CanguaretamaDeFato on 12.3.24 Rating: 5

Presidente Lula: "Quero que os Filhos dos Trabalhadores Tenham Aquilo que os Filhos da Elite Têm"

Cerimônia de anúncio de 100 novos Institutos Federais
Cerimônia de anúncio de 100 novos Institutos Federais (Foto: Ricardo Stuckert)

O presidente Lula discursou nesta terça-feira (12) por ocasião do anúncio de 100 novos Institutos Federais, em cerimônia realizada em Brasília. Em sua fala, o presidente destacou o papel central da educação para as mulheres.

Segundo o presidente Lula, a educação de qualidade para as mulheres lhes confere mais liberdade. "O que é importante é ter uma profissão e andar de cabeça erguida na rua, porque mulher não é inferior a nenhum homem. Elas têm muito mais coragem do que o homem".

"Por isso eu proibi falar que dinheiro de educação é gasto. Dinheiro de educação é o mais importante investimento. Gasto é dinheiro em cadeia", disse Lula.

Em seu discurso, Lula também anunciou o objetivo de construir um total de 1000 institutos federais, oferecendo uma educação de primeira classe.



"Nossos 1000 gols vai ser construir 1000 institutos federais nesse país".

"Não percam essa oportunidade. Por isso criamos o pé-de-meia", disse Lula, ao referir-se ao programa que dará R$ 2 mil por ano a alunos de baixa renda.

"Eu quero que os filhos dos trabalhadores tenham aquilo que os filhos da elite têm. Quero que a menina da periferia possa ser médica, enfermeira, filósofa, o que ela quiser. Para vencer a luta não é fácil, porque tem muita gente acostumada que o dinheiro vá para apenas uma parte da população", criticou Lula. 
 
 
 
#Fonte: Brasil247
Presidente Lula: "Quero que os Filhos dos Trabalhadores Tenham Aquilo que os Filhos da Elite Têm" Presidente Lula: "Quero que os Filhos dos Trabalhadores Tenham Aquilo que os Filhos da Elite Têm" Reviewed by CanguaretamaDeFato on 12.3.24 Rating: 5

Servidores da UFRN vão entrar em greve a partir desta quinta-feira (14)

O Sindicato Estadual dos Trabalhadores em Educação no Ensino Superior (Sintest-RN) aprovou por unanimidade a decisão de iniciar uma greve na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). A assembleia geral ocorreu nesta segunda-feira 11, com os técnicos-administrativos solicitando aumentos salariais e nos auxílios. A greve está programada para começar na quinta-feira 14, após um aviso prévio de 72 horas dado à Reitoria da Universidade.

Segundo o Sintest, o Governo não acatou o plano de reestruturação do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação (PCCTAE). A proposta do Executivo consistia em um aumento de 9%, dividido em 4,5% para 2025 e 4,5% para 2026. Os servidores argumentam que esse reajuste não está alinhado com os aumentos salariais concedidos a outras categorias.

 

 

#Fonte: Agorarn

Servidores da UFRN vão entrar em greve a partir desta quinta-feira (14) Servidores da UFRN vão entrar em greve a partir desta quinta-feira (14) Reviewed by CanguaretamaDeFato on 11.3.24 Rating: 5

IFRN abre mil vagas para mulheres em situação de vulnerabilidade social


O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) oferta, em 2024, um total de mil vagas, distribuídas entre 22 campi, para o Programa Mulheres Mil, que oferece uma formação abrangente para mulheres em vulnerabilidade social e cursos gratuitos de qualificação profissional em diversas áreas, utilizando toda a estrutura da instituição.

Os cursos disponíveis, em seus respectivos campi, são:
Agente de Desenvolvimento Cooperativista: Canguaretama
Espanhol Básico: Lajes, Natal-Centro Histórico
Vendedora: Caicó, Jucurutu, Natal-Zona Norte, Parelhas, Santa Cruz e São Gonçalo do Amarante
Assistente Administrativo: João Câmara, Natal-Zona Leste e Nova Cruz
Produtor de Derivados Do Leite: Apodi, Currais Novos
Artesã de Biojóias: Ipanguaçu
Costureiro de Máquina Reta e Overloque: Pau dos Ferros
Operador de Computador: Macau, Mossoró e Parnamirim
Cuidador de Idoso: Ceará-Mirim e Natal-Central
Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão: São Paulo do Potengi


Os Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) serão ofertados em todos os campi da instituição no primeiro e segundo semestres deste ano. As vagas e os requisitos para participar estarão disponíveis nos editais específicos de cada Campus e podem ser encontrados na página dos campi do Portal IFRN.

Inclusão educacional
Para a professora Luciana Rabêlo, que coordena o projeto em âmbito sistêmico, o Programa Mulheres Mil tem o objetivo de compor uma série de iniciativas vinculadas ao Bolsa Formação, e busca consolidar as Políticas Públicas governamentais de inclusão educacional, social e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade social: “As mulheres passam por experiências transformadoras, promovendo não apenas a oportunidade de se qualificar profissionalmente, mas também diversos outros impactos, como a descoberta da cidadania, a melhora das relações familiares, o resgate da autoestima e o retorno às atividades escolares”, disse.

Mulheres Mil
O Programa, instituído pela Portaria nº 1.015, de 21 de julho de 2011, faz parte de um conjunto de ações que visam à consolidação das políticas públicas e diretrizes governamentais de inclusão educacional, social e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade. Além disso, funciona como uma porta para o mundo do trabalho e um retorno ao mundo educacional onde muitas mulheres também optam por seguir no mundo acadêmico.

As participantes têm acesso a uma formação completa, que inclui capacitação profissional em áreas com alta demanda no mercado de trabalho, aulas de cidadania, direitos da mulher e outros temas relevantes para o empoderamento feminino, além de bolsa-auxílio para o custeio de transporte e alimentação, e utilização de toda a estrutura do IFRN, que conta com laboratórios, bibliotecas e acesso à internet.



#Fonte: Tribuna do Norte 

IFRN abre mil vagas para mulheres em situação de vulnerabilidade social IFRN abre mil vagas para mulheres em situação de vulnerabilidade social Reviewed by CanguaretamaDeFato on 8.3.24 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.